fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 30 Junho 2021

SÃO CARLOS/SP - Um novo decreto municipal vai ser publicado na edição do próximo sábado (03/07) no Diário Oficial do Município com novas medidas temporárias de prevenção à disseminação da COVID-19.

As novas restrições foram sugeridas e aprovadas pelo prefeito Airton Garcia pelo Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus considerando a elevação no número de óbitos e casos. Somente no último mês de junho foram registradas 88 mortes, 3.423 novos casos, sendo que a média de novos casos chegou a 168 (entre 22 a 29 de junho) e a média diária de óbitos a 2,93.

O Decreto Municipal que entra em vigor na próxima segunda-feira, dia 5 de julho, estabelece adequação no horário de atendimento presencial e consumo local, além da redução na capacidade de ocupação pelas atividades econômicas e religiosas. 

O comércio poderá funcionar das 9h às 16h; restaurantes, bares e similares entre 6h e 19h, ficando proibido música ao vivo. As atividades culturais, academias de esporte, salão de beleza, barbearias e educação não regulada também poderão atender somente das 6h às 19h. Já as atividades religiosas poderão ser realizadas das 6h às 20h.

Após as 19h o setor de serviços como restaurantes e similares (lanchonetes, casas de sucos, bares com função de restaurante e lojas de conveniência) somente poderá atender os clientes pelo sistema delivery. Pelo sistema drive-thru está autorizado também até 19h. O toque de recolher permanece das 20h às 05h.

A capacidade máxima de ocupação nos estabelecimentos liberados passa de 40 para 30%, podendo diminuir gradativamente. A Força Tarefa permanece nas ruas fiscalizando, orientando e coibindo as aglomerações e desobediência aos protocolos sanitários adequados impostos para combater a COVID-19.

“Com os números em alta não é possível flexibilização neste momento. Agradecemos o apoio da Câmara Municipal que tem nos ajudado muito nas decisões e sobretudo dos comerciantes da nossa cidade que mais uma vez compreenderam a gravidade da situação e nunca deixaram de dialogar com a Prefeitura. Se cada um fizer a sua parte, não precisaremos impor mais restrições, porém se as pessoas insistirem no descumprimento dos protocolos sanitários, isso será inevitável”, ressalta o prefeito Airton Garcia.

Mateus de Aquino, coordenador do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus e secretário de Comunicação, disse que os membros do comitê avaliaram medidas mais restritivas também baseados na Nota Técnica emitida pelo Centro de Contingência do Governo do Estado que aponta a necessidade de aumentar as medidas restritivas nos municípios com mais de 90% de ocupação de leitos. 

“No último mês de junho a nosso média de ocupação de leitos de UTI/SUS ficou em 97,7% e foram registrados 13 óbitos de pessoas em leitos de estabilização aguardando transferência via CROSS”, afirma o coordenador.

As medidas restritivas serão válidas por no mínimo 14 dias consecutivos, portanto até 18 de julho.

Publicado em Comércio

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta quinta-feira (01/07) mais duas mortes por COVID-19 no município, totalizando 444 óbitos. Trata-se de um homem de 64 anos, internado em hospital público desde 02/06 e de um homem de 50 anos, internado em hospital público desde 22/06.

São Carlos contabiliza neste momento 23.131 casos positivos para COVID-19 (88 resultados positivos foram divulgados hoje), com 444 óbitos confirmados e 130 descartados. 

Dos 23.131 casos positivos, 21.164 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 44 óbitos sem internação, 1.923 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.433 receberam alta hospitalar e 400 positivos internados foram a óbito. 22.290 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 40.816 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (114 resultados negativos foram liberados hoje).

Estão internadas neste momento 107 pessoas, sendo 26 adultos na enfermaria. 8 pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI - Santa Casa), 5 estão em Unidades de Suporte Ventilatório (USV – HU/UFSCar). No total na UTI adulto estão internadas 60 pessoas, sendo 41 em leitos de UTI/SUS e 19 em leitos de UTI da rede particular. Na enfermaria SUS 5 crianças estão internadas neste momento. Três crianças ocupam vagas de UT/SUS. 10 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos neste momento. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 93,18% (41 adultos estão internados). 

Neste momento o município disponibiliza 44 leitos adulto de UTI/SUS para COVID-19, já que a Santa Casa voltou a operar com 30 leitos adulto para UTI/SUS, 20 leitos de UCI, 6 de UTI infantil e 8 de enfermaria o Hospital Universitário (HU/UFSCar) opera com 14 leitos de UTI/SUS adulto, 6 de Unidade de Suporte Ventilatório (USV) e 15 de enfermaria.

UPA – 11 pessoas estão neste momento sendo atendidas em leito de estabilização da UPA do Santa Felícia e do Centro de Triagem. Os pacientes já estão cadastrados e aguardam transferência via CROSS.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 75.744 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 73.070 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 2.674 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal sendo que 50.482 pessoas já realizaram coleta de exames, 34.908 tiveram resultado negativo para COVID-19, 15.342 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 232 aguardam resultado de exame.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Dois funcionários do setor de zeladoria e manutenção da secretária municipal de saúde foram afastados por testar positivo para covid-19.

Nossa reportagem recebeu denúncia afirmando que as pessoas que tiveram contato com os positivados teriam sido orientados a continuar trabalhando sem realizar exames. O Sindspam ficou sabendo da situação, onde interveio e fez com que os funcionários que tiveram contato com os colegas positivados ficassem em casa e realizassem os exames.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - No artigo de hoje trago um assunto que se tornou um hábito para o consumidor brasileiro. Se não podemos pagar à vista, nosso primeiro pensamento é o financiamento, mas devemos antes termos alguns cuidados. Vamos lá!

O mais importante é termos ciência que ao pensarmos em contratar um financiamento, devemos compreender que a quantia disponibilizada a título de empréstimo pela instituição financeira haverá de ser paga com juros, podendo comprometer drasticamente a nossa renda mensal.

Aí está a importância de pesquisar e obter informações sobre as condições de empréstimos e juros. 

Trago abaixo as principais dúvidas que surgem ao consumidor no momento exato de realizar um financiamento:

Durante a elaboração do contrato, é comum a instituição financeira incluir a chamada taxa de abertura de cadastro. Tal taxa é considerada abusiva pelos órgãos de proteção do consumidor, podendo ainda ser questionada judicialmente.

É comum ainda a instituição embutir outros produtos no contrato como, por exemplo, um seguro de vida. A prática é vedada, abusiva e caracteriza “venda casada”.

Outra situação que nos deparamos é o consumidor querer antecipar as parcelas do financiamento e ouvir do representante da instituição financeira que nenhum desconto será concedido. Pois bem, o artigo 52 do código de proteção e defesa do consumidor garante desconto proporcional de juros e acréscimos caso o consumidor antecipe o pagamento parcial ou total da dívida.

Nestes tempos de crise, é comum não conseguirmos honrar com o financiamento assumido, sendo as vezes a única saída transferirmos o financiamento para outra pessoa. Caso ocorra essa situação, se faz necessário entrar em contato com a instituição financeira e analisar as condições para se realizar a transferência, bem como quais serão os documentos necessários.

Jamais repasse o bem financiado para terceira pessoa sem concretizar de forma definitiva a transferência da dívida, seja do bem móvel ou imóvel.

Podemos também precisar de alterar a data do vencimento do financiamento, o que de fato pode ser realizado pela instituição, no entanto, poderá ser cobrada taxa para a mudança das datas de vencimento das parcelas. Saliento que a financeira não é obrigada a mudar a data do pagamento, por isso é importante analisar a data do vencimento das parcelas antes de firmar o empréstimo.

Por fim, qualquer contrato que o consumidor firmar e posteriormente for verificado que existem cláusulas abusivas, o mesmo poderá ser contestado judicialmente. 

Por hoje é só, use máscara e álcool gel, siga as recomendações médicas e sanitárias.

 

 

*Dr. Joner Nery é advogado inscrito na OAB/SP sob o n° 263.064, pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho e Especialista em Direito do Consumidor, ex-diretor do Procon São Carlos/SP e ex-representante dos Procons da Região Central do Estado de São Paulo, membro da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da OAB/SP

Publicado em Comércio

Flagrante ocorreu na cidade de Martinópolis, no interior do Estado; produtos, que também não tinham nota fiscal, seriam revendidos na região de Birigui (SP)

 

MARTINÓPOLIS/SP - A Polícia Militar, por meio do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), prendeu um homem que transportava 12,5 mil maços de cigarros contrabandeados e sem nota fiscal. O flagrante ocorreu na quarta-feira (30/6), na rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Martinópolis, no interior do Estado.

Uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) participava da operação “Paz e Proteção” quando abordou uma caminhonete e desconfiou do motorista pelo nervosismo apresentado.

Diante da suspeita, foi realizada uma busca minuciosa no veículo, resultando no encontro de várias caixas de cigarros de origem Paraguaia, desprovidos de documentação fiscal.

Questionado, o homem contou que buscou a mercadoria em Maringá (PR) para revender na região de Birigui (SP).

A caminhonete e os produtos foram apreendidos, assim como dois celulares, e o homem preso em flagrante.

O caso foi apresentado na sede da Polícia Federal de Presidente Prudente, onde o autor foi indiciado e permaneceu detido à disposição da Justiça.

Publicado em Outras Cidades

Copenhagen - A presença de público nos estádios de futebol durante a Eurocopa e nos pubs e bares das cidades-sede dos jogos estão impulsionando o atual aumento nas infecções pelo novo coronavírus (covid-19) na Europa, disse a Organização Mundial de Saúde (OMS), nesta quinta-feira (1º de julho).

Um período de dez semanas de queda nas novas infecções por coronavírus em toda a região chegou ao fim e uma nova onda de infecções é inevitável caso torcedores e demais pessoas baixem a guarda, segundo a OMS.

Na semana passada, o número de novos casos aumentou 10%, impulsionado pelas multidões nas cidades-sede da Eurocopa, viagens e pela flexibilização das restrições em combate à covid-19, afirmou a OMS.

"Temos que olhar para muito além dos próprios estádios", disse Catherine Smallwood, autoridade responsável pelas situações de urgência da OMS, a jornalistas. "Precisamos ver como as pessoas chegam lá, será que viajam em grandes trens e ônibus lotados? E quando saem dos estádios, vão a bares e pubs cheios de gente para assistir aos jogos?". "São esses pequenos eventos recorrentes que estão impulsionando a propagação do vírus", disse Smallwood.

O ministro de Interior da Alemanha, Horst Seehofer, chamou de "totalmente irresponsável" a decisão da Uefa, entidade reguladora do futebol europeu, de permitir grandes públicos durante a Eurocopa.

 

 

*Por Nikolaj Skydsgaard e Jacob Gronholt-Pedersen / REUTERS

Publicado em Esportes

SÃO PAULO/SP - A bandeira tarifária vermelha patamar 2, a ser aplicada nas contas de luz neste mês de julho, terá um custo adicional 52% superior ao cobrado nas tarifas de junho. O peso no bolso das famílias será sentido pelas coletas realizadas neste mês e sinalizadas nos boletos que vencem em agosto.

Conforme decisão da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a cobrança extra para as contas neste mês será de R$ 9,49 a cada 100 quilowatts-hora consumidos, ante R$ 6,243 cobrados até o mês passado.

Para o presidente da Aneel, André Pepitone, o aumento no valor da bandeira tarifária corresponde a um “sinal claro de que consumir energia até a chegada do próximo período úmido está mais caro” devido à pior crise hídrica dos últimos 91 anos.

Agora, a Aneel já abriu consulta pública e prepara um novo reajuste para ser julgado no mês de agosto, quando a bandeira vermelha nível 2 pode subir para até R$ 12 a cada 100 kWh consumidos, valor quase 92% superior ao cobrado no mês passado.

A incidência dos adicionais de bandeiras tarifárias na conta de luz dos consumidores que possuem direito à Tarifa Social de Energia Elétrica segue com os mesmos percentuais de descontos, entre 10% e 65%, dependendo da faixa de consumo das famílias.

O sistema de bandeiras tarifárias, criado em 2015, visa alertar a população sobre o custo da energia produzida no Brasil e trazer um consumo mais consciente para a população em períodos com maior uso das usinas térmicas, que produzem uma energia mais cara.

Com as atualizações, a bandeira verde continua sem cobrança adicional. Na bandeira amarela, a taxa extra passa a ser de R$ 1,874 a cada 100 kWh consumidos, alta de 39,5%. Já a bandeira vermelha 1 teve redução de 4,75% e passou a custar R$ 3,971 a cada 100 kWh consumidos. No entanto, a Aneel aposta na manutenção da bandeira vermelha patamar 2 até novembro.

 

 

Do R7

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, foi incluída pelo Governo do Estado de São Paulo no Programa SP Acolhe, que vai oferecer auxílio de R$ 300,00 para famílias em situação de vulnerabilidade social que perderam ao menos um membro da família para a COVID-19 desde o início da pandemia do novo coronavírus. O programa faz parte do Bolsa do Povo, benefício de proteção social também oferecido pelo Estado de São Paulo.

A iniciativa vai beneficiar famílias inscritas no CadÚnico (Cadastro Único) até 19/02/21 com renda mensal de até três salários mínimos que tenham perdido ao menos um familiar vítima de COVID-19, podendo ser pai, mãe, avô, avó, filho, filha ou outro parente, desde que a morte tenha ocorrido dentro do núcleo familiar. O programa considera todas as estruturas familiares, exceto a unifamiliar (uma única pessoa), com filhos de todas as idades.

De acordo com Glaziela Solfa Marques, secretária de Cidadania e Assistência Social de São Carlos, 25 famílias serão beneficiadas pelo SP Acolhe em São Carlos. “Temos 15 mil famílias cadastradas no CadÚnico e 25 se enquadram no perfil do programa. O valor será pago diretamente pelo Governo do Estado por meio de voucher com senha e login gerado no Portal Bolsa do Povo, que permitirá o saque nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil e Banco 24 Horas. Gradualmente, os beneficiários receberão cartão magnético do programa”, explica a secretária, lembrando que as famílias podem confirmar a elegibilidade e confirmação de cadastro no Portal Bolsa do Povo no https://www.bolsadopovo.sp.gov.br/ disponibilizando o número do NIS (Número de Identificação Social).

O programa vai beneficiar 11.026 famílias em todo o estado, com 11.143 auxílios, totalizando repasse estadual de R$ 20 milhões. O benefício de R$ 1,8 mil será pago em seis parcelas mensais de R$ 300,00 entre os meses de julho e dezembro de 2021.

Publicado em Cidadania

GRAMADO/RS - O inverno chegou com tudo na Serra Gaúcha, onde pelo menos dez cidades registraram temperaturas negativas essa semana. São José dos Ausentes, por exemplo, teve as sensações térmicas mais baixas do ano, com os termômetros marcando -2,9°C na terça-feira (29). O grande destaque, no entanto, foram os primeiros flocos de neve de 2021 caindo sobre Gramado, cena registrada e compartilhada por moradores nas redes sociais:

Enquanto isso, Caxias do Sul teve neve e chuva congelada, dois fenômenos meteorológicos diferentes. O primeiro acontece quando toda a atmosfera está próxima ou abaixo dos 0ºC, o que faz com que a água caia já no formato de pequenos flocos de neve. O segundo acontece quando as temperaturas atmosféricas estão um pouco mais elevadas: os pingos despencam das nuvens em formato líquido, mas congelam antes de tocar no solo, formando pequenos cristais de gelo.

A possibilidade de ver neve é um dos motivos que levam tantos turistas para a Serra Gaúcha durante o inverno. É durante essa estação, porém, que o trânsito e a dificuldade de encontrar lugar para estacionar são dignos de metrópole nas queridinhas Gramado e Canela. Mesmo durante a pandemia, os municípios inauguraram novas atrações a tempo da alta temporada, como o parque aquático indoor Acquamotion e a nova passarela de vidro Skyglass. Confira os nossos guias atualizados de Gramado e Canela.

Serra Catarinense

A neve também está caindo na Serra Catarinense. Desde o início da semana, as baixas temperaturas estão fazendo com que os municípios de Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Urubici e Urupema amanheçam com neve acumulada nas ruas. Veja as imagens:

 

 

*Por: Bruno Chaise / VIAGEM E TURISMO

Publicado em Natureza

SÃO CARLOS/SP - Jair Chagas Furquim, 65 anos, foi encontrado morto com marcas de violência na noite de ontem, 30, na Rua José Quatrochi, no bairro São Carlos V.

Segundo informações, o Copom (190), foi acionado, pois a casa estava com sinais de arrombamento. A PM foi ao local e encontrou o corpo de da vítima estirado no chão. Imediatamente a Polícia Cientifica foi chamada, onde realizou a perícia na residência.

O corpo foi levado ao IML de São Carlos.

O caso será investigado pela DIG (Delegacia de Investigações Gerais).

Publicado em Policial

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Julho 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31