fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Sábado, 03 Julho 2021

ÁUSTRIA - Não teve para ninguém. De novo. Max Verstappen dominou como quis e venceu com enorme folga o GP da Áustria, nona etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Neste domingo (4), o holandês fez a festa do mar laranja nas arquibancadas lotadas do Red Bull Ring e faturou sua quinta vitória no campeonato, a terceira consecutiva.

A corrida deste domingo foi marcada por uma série de punições, seja por manobras em disputas por posição, como com Lando Norris e Sergio Pérez, duas vezes, seja por infrações ao cruzar a faixa branca na entrada do pit-lane, como com Yuki Tsunoda, também duas vezes.

Valtteri Bottas cruzou a linha de chegada em segundo depois de passar Lewis Hamilton, com problemas nos pneus. O heptacampeão foi o quarto, terminando atrás também de um impressionante Norris, que marcou seu terceiro pódio na Áustria e segue sendo o único competidor a pontuar em todas as provas da temporada até aqui.

A décima etapa da temporada 2021 da Fórmula 1 acontece daqui a duas semanas: o GP da Inglaterra, no ‘templo’ de Silverstone, vai receber a histórica primeira corrida de classificação da categoria no fim de semana entre 16 e 18 de julho.

Corrida

Corrida (Foto: Corrida)

 

*Por: Fernando Silva / GRANDE PRÊMIO

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - Passados pouco mais de sete meses das eleições 2020, ocorrido em 15 de novembro, os holofotes estão voltados ao prefeito reeleito Airton Garcia (PSL). O paradeiro de quem venceu o pleito é bem conhecido: o Paço Municipal “Sesquicentenário de São Carlos”.

Mas onde estão os outros 11 candidatos que disputaram o posto de chefe do Executivo Municipal?

Leandro Guerreiro

Guerreiro como é mais conhecido terminou o mandato de vereador ajudando uma mãe que estava com o bebê precisando do seu auxílio. E em 2021 continuou ativo na rede social facebook (quando facebook deixou) com muitas curtidas em cada postagem, assuntos como Covid-19, contra lockdowm, cobrando o poder público em vários assuntos... Em fevereiro, continuou na Rádio São Carlos e conduzido o Programa ‘Fala São Carlos’, enquanto o nosso amigo Tucura se recupera do Covid-19. Sobre a política, está com grandes chances em ir para o MDB, onde o presidente do partido João Mulher disse que vai lançar candidatos a deputados estadual e federal e segundo Guerreiro, “eu quero disputar as eleições do ano que vem. Mas é apenas um convite”.

Leandro está bloqueado no facebook, que segundo ele, “deve ser os esquerdistas que ficam me denunciando meu perfil”, está usando também o TikTok que está indo bem com mais 20 mil seguidores, e tem vídeo de aproximando de 1 milhão de visualizações, sem falar no WhatsApp que tem mais de 3 mil contatos e 1 mil pessoas que veem o status.

Guerreiro afirma que continua sendo procurado pelo povo e que tenta ajudar o máximo possível e que ouve na rádio e pela rua que ele está fazendo muita falta na atual câmara municipal.

 

ANTONIO SASSO

Antonio Sasso é advogado, com pós-graduação em direito empresarial e especialista em relações sindicais. Continua advogando, filiado ao PODEMOS e ouvindo a população e encaminhando as demandas ao partido a nível estadual e federal.

“Prezado Ivan, boa tarde. Em primeiro lugar gostaria de agradecer pelo convite que me foi apresentado, para que eu pudesse falar um pouco sobre a trajetória que venho tomando após as eleições de 2020. Refleti muito sobre a minha participação nas referidas eleições e acredito que concorrer ao cargo de prefeito municipal da minha amada São Carlos/SP, tenha sido uma experiência muito importante para mim: pude conhecer melhor a nossa cidade, pude aprender mais sobre a nossa gente e pude entender melhor como funciona a política ‘pelo lado de dentro’. Juntamente com os membros da Direção local do partido, com o meu candidato a vice e com os candidatos a vereadores, também nos foi possível protagonizar uma maior consolidação da “Podemos” aqui em São Carlos. Por outro lado, o fato de não ter sido eleito não me desanima na luta que todos temos que travar por uma cidade mais moderna, mais humana e melhor gerida! Por isso, desde o encerramento das eleições de 2020, tenho me dedicado integralmente não apenas à família e à profissão (como você sabe, sou advogado e faço parte de um escritório de Advocacia daqui da nossa querida São Carlos/SP), mas também a acompanhar a política local sempre imaginando como teria agido frente a este ou àquele desafio, se tivesse sido eleito. No meu ministério privado, tenho sempre conjugado as três principais características da (boa) política, quais sejam: a arte de bem conviver, de bem articular e de agir com boa fé no trato da “coisa pública”! Nisso tudo é onde tenho colocado foco na minha atuação institucional e no fortalecimento “Podemos” aqui em São Carlos, secundado pelos demais membros da Direção local do partido e pelos valorosos cidadãos que integraram o nosso quadro de candidatos”.

 

MARINA MELO

Marina Melo é formada em direito e empresária. Nós entramos em contato pelo WhastApp, onde foi ouvido o áudio, mas não tivemos a resposta.

 

SERGIO FERRÃO

Nascido em São Carlos, Sérgio Ferrão é formado em publicidade e propaganda, pós-graduado em administração pública. Tem uma agência de comunicação há mais de 15 anos e é ex-presidente do Country Club. Segundo Ferrão, ele cumpre o que disse em campanha, não se sustenta com dinheiro público, está fazendo cursos de atualização política. Continua trabalhando com terceiro setor ajudando as entidades que precisam. Os trabalhos junto a população continuam, que inclusive, está sendo desenvolvido um portal de notícias onde irá fiscalizar o poder público e apresentando propostas. E dentro das conversas políticas o futuro à Deus pertence.

 

AIRTON GARCIA

Airton Garcia conhecido como O homem do boné é político e empresário, casado e tem dois filhos e filiado ao Partido Social Liberal (PSL).

No último pleito, Airton foi reeleito com 54.573 votos (48,88%) dos votos válidos, continua trabalhando para o desenvolvimento do município.

 

CHICO LOCO

Francisco Márcio de Carvalho, mais conhecido como Chico Loco nasceu em Santo André, é médico neurologista e intensivista, atuando em São Carlos desde 1992. O candidato continua exercendo normalmente sua atividade profissional como médico, assim como fez em toda a campanha política. Em relação ao futuro político, afirma que depende da possibilidade de ser aceito pela legenda PSB, para novas candidaturas, considerando-se que sua votação pouco expressiva para prefeito (3347 votos) indica que seu projeto de governança corporativa, não agradou ao eleitor são-carlense.

 

MESTRE TAROBA CAPOEIRA

Em entrevista, Mestre Taroba fala sobre os resultados pós eleições municipais. “Estou muito feliz pelo reconhecimento que tenho da população caminhando pelas ruas de São Carlos. Posso sentir o carinho das pessoas em cada conversa, em cada pedido que fazem. A política transformou minha vida. Já recebi convites de alguns partidos políticos para concorrer às eleições de 2022. Estou estudando a possibilidade, mas continuo afiliado ao partido do Avante. Lugar tive a oportunidade de concorrer à Prefeitura de São Carlos. É bom ressaltar que pela primeira vez, nossa cidade, teve os únicos candidatos negros a prefeito e vice-prefeito.

O trabalho não para. Sigo firme em torno dos projetos sociais. São mais de 40 anos ajudando nossas crianças e adolescentes a vencer a barreira das drogas e da violência através do projeto social da capoeira.

Outro ponto positivo é o projeto da Capoterapia. Estou trabalhando online em razão da pandemia e mesmo a distância o projeto entrega benefícios a população como: auto estima, combate a depressão e outros de caráter físico e mental aos nossos idosos da nossa querida São Carlos.” Finaliza Mestre Taroba.

 

NETTO DONATO

Donato é casado e advogado com especialização em direito público e mestrado em gestão e políticas públicas. Netto está como coordenador estadual de Cidades Inteligentes. Nossa redação entrou em contato com assessoria do coordenador que disse que iria responder no mesmo dia (01/07), mas até fechamento desta matéria não fomos respondidos.

 

RONALDO MOTA

Nascido em São Paulo, é professor da rede pública e particular, militante da educação e das causas sociais como direção da Apeoesp (sindicato dos professores) e membro do PSOL-RESISTÊNCIA E TRAVESSIA. Com o fim das eleições retomou as aulas na escola pública estadual que estava afastado por imposição da lei e continuou com as aulas particulares. Professor Ronaldo considera positiva a participação nas eleições, o que lhe obrigou a dividir ainda mais o tempo destinado ao trabalho e a família com a organização dos movimentos sociais.

“Com poucos recursos financeiros, conseguimos apresentar o programa do PSOL na defesa dos direitos de 99% da população, isto é, os grupos oprimidos como a população negra; as mulheres; a comunidade LGBTQIA+; trabalhadores desempregados, uberizados e sem teto. O partido se afirmou como o defensor dos serviços e servidores públicos ao lutar, por exemplo, por melhores condições de trabalho e salário para garantir atendimento a toda população no que diz respeito às suas demandas em saúde, educação, habitação, transporte e meio ambiente.

Acumulamos a grande vitória de ocuparmos pela primeira vez uma cadeira na Câmara dos Vereadores por meio do nosso amigo e companheiro Djalma Nery, que está garantindo a implementação de projetos de grande alcance social e, ao mesmo tempo, mantém a fiscalização do poder executivo municipal.

Ademais, nossas vitórias aumentam o nosso compromisso com as bandeiras defendidas pelo PSOL e, consequentemente, intensificam a nossa obrigação de manter o trabalho de acompanhamento e de organização, sobretudo, dos setores periféricos que continuam sendo negligenciados pelo atual prefeito e seu grupo político. O maior exemplo disso é a forma como ocorre o controle da pandemia, ou seja, sucumbe-se às pressões dos grandes setores econômicos que forçam a manutenção da abertura da economia irresponsável e, simultaneamente, abandona-se os pequenos empresários e trabalhadores autônomos que estão falindo por falta de apoio econômico. Também estamos participando dos movimentos sociais de solidariedade ativa aos setores mais vulneráveis e também estamos cobrando os executivos municipal, estadual e nacional para que tomem todas as medidas indicadas pela ciência para minimizarmos o número de mortos e para garantir a dignidade dos brasileiros com renda por meio da luta pelo auxílio emergencial no valor de no mínimo R$600,00, além da  continuidade da não  volta das aulas presenciais enquanto a população não estiver vacinada.

Em suma, o governo de Bolsonaro boicotou a compra das vacinas, única forma de controle da pandemia e da economia voltar a normalidade. Aliás, pior que isso, o presidente incentiva a população a abandonar os protocolos de segurança como o uso de máscara e o distanciamento social.

Levando tudo isso em conta, continuamos militando nos movimentos sociais e movimentos institucionais (na câmara municipal) contra os bolsonaristas de São Carlos que imitam as atitudes grosseiras e ignorantes do Presidente. A cidade da ciência e tecnologia é rodeada por grupos que desprezam e odeiam a produção universitária e discriminam a população periférica.

SÃO CARLOS precisa mudar e isso será resultado de luta e organização”.

 

JÚLIO CESAR

Nascido em São Carlos, Júlio Cesar é professor universitário, mestre em ciência política pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e gestão pública pela Fundação Getúlio Vargas, bacharel em direito e possui licenciatura plena em história.

Foi vereador por três oportunidades. Foi secretário de Planejamento, presidente da Câmara e deputado estadual.

Entramos em contato com o Júlio, através de áudio enviado via WhatsApp, e o mesmo reproduziu o áudio, porém não retornou ou se manifestou.

 

ERICK SILVA

Erick Silva, é metalúrgico, formado em Ciências Sociais com mestrado em gestão pública. Atualmente metalúrgico na Volkswagen, Dirigente do Sindicato na VW, Presidente do PT São Carlos e Diretor Executivo da FEM (Federação Estadual dos Metalúrgicos/SP).

 

DEONIR

Deonir nasceu em Ciríaco (RS) é empresário, formado em magistério, engenharia química e processos gerenciais. Foi candidato a vereador por duas vezes, em 2012 e 2016, e secretário municipal de Agricultura e Abastecimento do município entre os anos de 2017 e 2019.

"Após as eleições de 2020 eu voltei a administrar minha empresa, pois não vivo da política, entretanto moro e fui bem acolhido por São Carlos, então decidi que irei continuar fiscalizando. Estou de olho no que vem acontecendo com relação ao Ginásio de Esportes, aos 120 leitos que foram prometidos e só ficaram no papel, e vou cobrar!  Primeiramente como cidadão, depois como um lutador pela dignidade do povo de São Carlos e pelas pessoas que acreditam em meu trabalho. Irei dedicar ainda mais tempo para fiscalizar e mesmo não estando na prefeitura, irei cuidar de São Carlos mostrando o que deve ser feito de melhor para a cidade".

 

 

*Colaboração: Rodrigo Stein

Publicado em Política

Inscrições estão abertas e devem ser feitas até o dia 7 de julho

 

SÃO CARLOS/SP - A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está promovendo a segunda oferta do curso de extensão intitulado "Ciência e Cidadania: desmistificando fake news". A iniciativa é de Karina Paes Delgado, estudante de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática (PPGEdCM-Ar), e de sua orientadora Tathiane Milaré, docente do Departamento de Ciências da Natureza, Matemática e Educação (DCNME-Ar), do Campus Araras da UFSCar.

O curso - online e gratuito - pretende discutir conhecimentos científicos relacionados às informações divulgadas diariamente na Internet, via redes sociais. O pressuposto é que esses conhecimentos ajudem na reflexão sobre as informações disseminadas indiscriminadamente e na identificação de conteúdos enganosos, as chamadas fake news.

A intenção é que os participantes se tornem capazes de diferenciar notícias falsas daquelas verídicas e tomem decisões diárias pautadas em conhecimentos científicos e em informações confiáveis. A proposta é voltada a pessoas que estejam cursando ou já tenham concluído o Ensino Médio, além de estudantes de graduação.

As atividades serão realizadas entre os dias 2 de agosto e 8 de outubro, com encontros síncronos (às quintas-feiras, sempre das 16 às 18 horas, via Google Meet) e tarefas assíncronas, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) - Moodle da UFSCar. A carga horária total é de 60 horas.

As inscrições estão abertas até o dia 7 de julho e devem ser feitas neste formulário online (https://bit.ly/35Xm7iX), em que são dadas mais informações sobre a iniciativa. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail desmistificandofakenews.Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Publicado em Educação

São Carlos/SP – De acordo com as novas determinações da Prefeitura de São Carlos, o Shopping Iguatemi São Carlos terá alteração em seu funcionamento a partir desta segunda-feira (05). Os novos horários são:

Lojas e quiosques: todos os dias, das 10h às 16h, sendo opcional a abertura das 9h às 10h.

Restaurantes, praça de alimentação e lazer: todos os dias, das 11h às 16h, sendo opcional a abertura das 16h às 19h.

O centro de compras segue com o máximo cuidado todos os protocolos e as medidas sanitárias vigentes, como uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura, reforço das rotinas de limpeza e disponibilização de álcool em gel.

Para mais informações, acesse o site www.iguatemisaocarlos.com.br.

 

Serviço

Shopping Iguatemi São Carlos

Endereço: Passeio dos Flamboyants, 200, São Carlos

Informações: www.iguatemisaocarlos.com.br

Publicado em Comércio

SÃO PAULO/SP - O inverno nos convida a preparar e apreciar pratos e bebidas que ajudam a aquecer o corpo e a alma neste período de temperaturas baixas. As tradicionais receitas das festas de São João se estendem por todo o mês de julho e, desta vez, trouxemos uma versão um pouco diferente do quentão, para você se inspirar, inovar na cozinha, aquecer suas noites e realizar o seu próprio festejo em casa. Veja a receita oferecida pela Therra Aromas e Sabores:

 

Ingredientes:

 

  • 1 litro de vinho seco ou suave
  • Meio litro de água
  • 1 xícara de chá de açúcar
  • Cravo da índia a gosto
  • Canela em pau a gosto
  • Metade de uma maçã picada
  • 3 gotas de óleo essencial de gengibre CO2

Modo de preparo:

 

1) Coloque em uma panela o açúcar e o cravo-da-índia. Leve ao fogo médio e mexa até que se forme uma calda de caramelo

2) Em seguida, adicione a água, a maçã e a canela em pau. Misture e adicione em seguida o vinho. Mexa sem parar até começar a ferver e deixe por cerca de 05 minutos

3) Desligue o forno, retire a panela com a bebida do fogo, aguarde uns instantes e adicione 3 gotas de óleo de gengibre CO2

4) Sirva em seguida

 

 

*Por: ENCONTROBH

Publicado em Culinária

São Carlos, com a maior população, será a sede da Aglomeração Urbana Central

 

SÃO CARLOS/SP - O presidente da Câmara Municipal de São Carlos, vereador Roselei Françoso (MDB), participou na manhã de sexta-feira (2) da audiência pública promovida pelo governo do Estado de São Paulo em São Carlos para criar a região chamada de Aglomeração Urbana Central, que reúne 26 municípios e cerca de 1 milhão de habitantes, e tem São Carlos como sede.

O vice-governador Rodrigo Garcia e o Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, o prefeito de São Carlos, Airton Garcia, entre outras autoridades locais e regionais, também participaram do evento.

O objetivo da audiência foi apresentar o estudo que originou a Aglomeração Urbana Central. “O debate para apresentar esse novo modelo de regionalização é bastante importante, afinal já faz 40 anos que o Estado funciona sob a divisão atual”, comentou Roselei.

“São Carlos é a maior cidade da região, uma das mais importantes do Estado, e merece ser sede dessa região metropolitana”, destacou o presidente da Câmara Municipal. São Carlos é o maior pólo habitacional desta região, com 254 mil habitantes na estimativa do IBGE para 2020, e Araraquara, em segundo lugar, com 238 mil moradores.

“São Carlos é um importante polo logístico e industrial com um perfil tecnológico reconhecido no Brasil todo”, frisou o presidente da Câmara. De acordo com a Fundação Seade, 58,4% do  Produto Interno Bruto (PIB) de São Carlos vem do setor de serviços e outros 27,3% das indústrias.

“Essa nova região vai ter um papel importante para discutir investimentos e melhorias na qualidade de vida da nossa população”, frisou o vice-governador Rodrigo Garcia.

 

Demandas – O presidente da Câmara Municipal de São Carlos aproveitou a oportunidade para entregar ao vice-governador, Rodrigo Garcia, três solicitações do município que dependem do empenho e apoio do governo do Estado de São Paulo. A criação da terceira faixa e a construção de avenidas marginais à rodovia Washington Luís entre os quilômetros 227 e 241, perímetro urbano de São Carlos; uma unidade de saúde da rede Lucy Montoro; e recursos para a implantação de usinas fotovoltaicas nas escolas instaladas em São Carlos. Outros vereadores de São Carlos participaram do evento e entregaram seus pleitos ao governo estadual.

Publicado em Política

Voluntários devem atuar no SUS de São Carlos e serão acompanhados por um ano

 

SÃO CARLOS/SP - Uma pesquisa desenvolvida pela parceria entre os departamentos de Fisioterapia (DFisio) e de Enfermagem (DEnf) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) pretende levantar as condições de trabalho dos profissionais de saúde que atuam na rede pública de São Carlos (SP), incluindo as atenções primária, secundária e terciária do município. Os participantes responderão breves questionários online e receberão acompanhamento da equipe de pesquisadores durante um ano. 

O estudo "Associação entre aspectos psicossociais e características do sono com sintomas musculoesqueléticos e depressão em trabalhadores de saúde - estudo longitudinal" é coordenado pelas professoras Tatiana de Oliveira Sato, do DFisio, e Vivian Aline Mininel, do DEnf, e tem a participação do Laboratório de Fisioterapia Preventiva e Ergonomia (Lafipe) e do Grupo de Pesquisa Gestão, Formação, Saúde e Trabalho, que são coordenados respectivamente pelas docentes. A pesquisa, nomeada de Heroes - acrônimo para a expressão "Health conditions of healthcare workers" -;  também conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

De acordo com Tatiana Sato, os trabalhadores do Sistema Único de Saúde (SUS) vivenciam situações de trabalho que podem predispor à ocorrência de problemas relacionados a depressão, sintomas musculoesqueléticos e qualidade do sono, tais como: longas jornadas de trabalho; necessidade de possuir mais de um vínculo de trabalho para complementação de renda; o fato de as mulheres, maior parte desse grupo de trabalhadores, possuírem duplas jornadas de trabalho; o trabalho em turnos; a exposição a situações de ameaças, violência e bullying; a necessidade de manusear pacientes para realizar os procedimentos; dentre outros. "Todos esses fatores, agora adicionados os agravos da pandemia, podem predispor estes trabalhadores à depressão e aos sintomas musculoesqueléticos. A qualidade do sono também é relevante, pois pode potencializar esses problemas de saúde", acrescenta Sato. A ideia da pesquisa foi concebida antes da pandemia de Covid-19, mas a docente explica que o contexto atual dificulta ainda mais o trabalho desses profissionais, incluindo riscos adicionais e sofrimento mental intenso.

Segundo Sato, do ponto de vista científico, o estudo é importante por propor uma avaliação prospectiva (ao longo do tempo) dos fatores que podem predispor os profissionais aos problemas de saúde analisados. "Nossa ideia de fazer um estudo longitudinal é superar a dificuldade metodológica para futuramente propor intervenções que auxiliem os trabalhadores no enfrentamento desses problemas", expõe. Além desse desenho longitudinal, outro diferencial do estudo é incluir todas as categorias profissionais que podem estar vivenciando de forma distinta os efeitos da pandemia, englobando, portanto, trabalhadores da atenção básica, ambulatorial, urgência, emergência e hospitalar do município de São Carlos.

A expectativa da pesquisa é obter ampla participação dos profissionais de saúde que atuam no SUS do município e oferecer, futuramente, a possibilidade de atuação para o controle dos problemas levantados. Além disso, Tatiana Sato reforça que os resultados do estudo poderão ser divulgados internacionalmente, ampliando a publicação do levantamento.

Para participar da pesquisa os profissionais devem responder este questionário (https://bit.ly/3qwWteu) até o mês de setembro deste ano. Os participantes receberão acompanhamento online (e-mail ou WhatsApp) durante doze meses. Mais informações sobre o estudo podem ser solicitadas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 39705320.9.0000.5504).

ITIRAPINA/SP - Neste último sábado (dia 3), a Prefeitura de Itirapina realizou mais uma edição gratuita de castração de cães e gatos no Ginásio Municipal de Esportes Lázaro de Oliveira.

A castração é uma das prioridades das ações da Prefeitura para evitar crias indesejadas e doenças como câncer e infecções nos animais do município.

Durante a manhã, a ação foi acompanhada pela prefeita Graça Zucchi Moraes e o vice-prefeito Lemão Sanches. "Neste ano de 2021 já castramos quase mil animais entre cães e gatos. E ainda teremos mais um mutirão em outubro. Trata-se de um ato de amor àqueles que não sabem pedir ajuda e que ficam doentes e abandonados!", afirmou a prefeita.

 

 

*Por: PMI 

Publicado em Itirapina

Copom centraliza as ligações das 52 cidades

 

PIRACICABA/SP - As 11 cidades atendidas pelo 10º BPM/I da região de Piracicaba correspondem a 19,12%, do total de ocorrências geradas, por meio do telefone 190. Somente em 2021, cerca de 23 mil foram registrados. Atrás somente da região de Limeira (36º BPM/I) com 26 mil ocorrências e representa 21,35% e Sumaré (48º BPM/I) com 25 mil chamados).

O chefe do Copom, capitão Glauber Von Gal de Almeida Stamato disse que o número de ligações recebidas pelo Copom (Centro de Operações da Polícia), que centraliza e administra o telefone 190, é bem maior, pois no mesmo período foram registradas 112 mil ligações, que nem sempre terminam em ocorrências, pois muitas estão relacionadas à pedidos de informações, ou atendimentos, que não necessariamente chegam a gerar ocorrências.

Atualmente, o Copom conta com uma tecnologia de ponta que garante que a frequências das comunicações da corporação sejam copiadas. Centralizada na sede do CPI-9 (Comando de Policiamento do Interior), desde 2009, o sistema do telefone 190 recebe todas as ligações dos 52 municípios da região.

No entanto, nem sempre as pessoas realizam um bom uso do telefone que é destinado apenas para situações de emergência como situações de risco de pessoas, ou crimes com eminência de acontecer ou ocorridos. “A Polícia Militar atua na prevenção de crimes e também na repressão, nas situações em que a polícia possa deter o infrator”, relatou Stamato.

O policial explicou que existem situações em que a mesma pessoa liga seguidas vezes para informar o mesmo caso. No entanto, outros chamados mais urgentes podem deixar de ser atendidos. Mas todas as ligações do 190 são atendidas e gravadas pelos atendentes.

“O 190 deve ser usado para informar ocorrências que estão acontecendo ou prestes a ocorrer, como um roubo em andamento, uma pessoa estranha na casa do vizinho, pessoas suspeitas perto de estabelecimento. Como alguém com capuz e blusa perto de algum estabelecimento ou caso em um dia muito quente, por exemplo”, relatou o chefe do Copom.

 

COVID-19

Stamato disse que de maneira geral, a Polícia Militar vem reforçando os cuidados necessários para evitar o contágio da covid-19 entre o efetivo. A PM também realiza a higienização periódica dos sistemas de climatização e refrigeração.

“Todas as estações de trabalho são individuais e cada policial é responsável pelo seu local de trabalho. Todos os atendentes usam máscaras e contam com álcool em gel disponíveis durante o seu turno de serviço, além de manterem o distanciamento”, enfatizou o chefe do Copom.

 

 

 

*Por: Cristiani Azanha / JORNAL DE PIRACICABA

Publicado em Outras Cidades

JAÚ/SP - O Governador João Doria esteve em Jaú na última quinta-feira (1º) para acompanhar o início das obras de duplicação de 23,8 km da rodovia Otávio Pacheco de Almeida Prado (SP-255). Doria também anunciou investimentos em estradas vicinais, aporte de recursos do Programa Nossa Casa – Apoio, que somam R$ 7 milhões, para fomentar a construção de 700 moradias em Jaú e em Pederneiras, entregou ônibus escolares e participou da audiência pública sobre a criação da microrregião de Jaú.

“São muito importantes as vantagens e os benefícios desta microrregião e o que vai gerar de facilidades não só para Jaú, como para o conjunto de cidades que gravitam aqui em torno. Vai facilitar o acesso a investimentos, a financiamentos, a programas de educação, de saúde, de segurança pública, de habitação popular e outros programas institucionais, proteção à população mais vulnerável da região, programas de cultura, turismo e lazer”, afirmou Doria.

O trecho contemplado vai do km 155,770 ao km 179,600, de Jaú a Barra Bonita, e contará com a implantação de dois dispositivos de retorno, um no km 161+250m e outro no km 167+610m, resultando no investimento de R$ 136,34 milhões aportados pela iniciativa privada.

O investimento é de R$ 136,3 milhões, aportados pela iniciativa privada, e as melhorias beneficiarão diretamente cerca de 7 mil usuários que trafegam diariamente por este trecho da rodovia. Serão gerados 380 postos de trabalho. A previsão de término das obras é até o fim de 2024.

Além desta obra, está em andamento a duplicação de outro trecho da SP-255, o da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros, entre Bocaina e Jaú, do km 137,95 ao 147,300, com implantação de dispositivos no km 138 e no km 142+530. A previsão de término é até o fim de 2022, com investimento de R$ 50 milhões e 200 postos de trabalho gerados.

As obras são de responsabilidade da concessionária Via Paulista, que administra o corredor viário, sob a regulação da ARTESP – Agência de Transportes do Estado de São Paulo. Com a modernização, as rodovias terão maior segurança e fluidez no tráfego, reduzindo os riscos de acidentes, principalmente as colisões frontais. Além disso, a nova infraestrutura trará ganhos de mobilidade e logística também no transporte de cargas, o que beneficiará economicamente os municípios por onde passa a malha concedida. Esse lote terá 275 km de duplicação ao longo do contrato.

 

Novas Estradas Vicinais

Durante o evento, por meio do Programa Novas Estradas Vicinais, fase 2, o Governador autorizou obras de modernização em quatro estradas vicinais da região, em um total de 64 km. O investimento é de mais de R$ 35 milhões, financiados pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Serão beneficiados os municípios de Bocaina, Bariri, Jaú e Pederneiras.

 

Habitação

Os recursos do Programa Nossa Casa – Apoio serão disponibilizados na forma de subsídio para que famílias de baixa renda possam ter acesso à aquisição da casa própria. Jaú recebeu aporte no valor de R$ 4,8 milhões para fomentar a produção de 481 unidades do empreendimento Altos da Cidades. Em Pederneiras, o Conjunto Habitacional Jacarandá terá um aporte de R$ 2,2 milhões, destinados a 219 moradias.

 

Entrega de ônibus

O Governador anunciou ainda a entrega de três ônibus escolares para os municípios de Pongaí, Reginópolis e Sabino, no valor de R$ 743 mil. Com esta entrega, sobe para 424 o número de veículos entregues em 2021.

Os ônibus são do modelo ORE 3, da Volkswagen, e possuem capacidade máxima para transportar 59 estudantes sentados, além do condutor. São equipados com dispositivo para transposição de fronteira, do tipo poltrona móvel (DPM), para embarque e desembarque de estudante com deficiência, ou com mobilidade reduzida, que permite realizar o deslocamento de uma ou mais poltronas, do salão de passageiros, do exterior do veículo, ao nível do piso interno.

 

Audiência pública

Doria participou da audiência pública sobre o projeto de desenvolvimento regional do Estado para debater a criação da microrregião de Jaú.

Um dos objetivos da criação da microrregião, proposta da Secretaria de Desenvolvimento Regional em parceria com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (SEADE), é facilitar o desenvolvimento de projetos regionais em benefício dos municípios locais.

Os municípios participantes são Barra Bonita, Bocaina, Boracéia, Brotas, Dois Córregos, Igaraçu do Tietê, Itajú, Itapuí, Jaú, Mineiros do Tietê e Torrinha.

 

 

*Por: GOVERNO DE SP

Publicado em Outras Cidades

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Julho 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31