fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Terça, 13 Outubro 2020

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quarta-feira (14/10) os números da COVID-19 no município. 

São Carlos contabiliza neste momento 3.236 casos positivos para COVID-19 (13 resultados positivos foram divulgados hoje), com 48 óbitos confirmados e 82 descartados.

Dos 3.236 casos positivos, 2.995 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 238 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 170 receberam alta hospitalar e 45 positivos internados foram a óbito. 3.101 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.300 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (37 resultados negativos foram divulgados hoje).

Estão internadas neste momento 37 pessoas, sendo 22 adultos na enfermaria (15 positivos, 3 suspeitos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (10 positivos, 3 suspeitos e 1 negativo). Na enfermaria 1 criança está internada, porém com resultado negativo para a doença. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Dois pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 35,8% (10 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.614 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 15.791 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 823 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos). 9.922 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.739 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.039 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 144 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Uma colisão entre um Fiat Palio Weekend na cor prata, com um Chevrolet Celta, também na cor prata, deixou a frente do Palio destruida na tarde desta quarta-feira (14) em frente ao Colégio São Carlos, no centro.

Segundo o apurado pela nossa equipe, o condutor do Celta seguia pela Rua Padre Teixeira, quando no cruzamento com a rua 9 de Julho, ele se destraiu e avançou o pare, neste momento o condutor do Palio que seguia pela 9 de Julho não conseguiu evitar a colisão.

A batida foi tão forte que afundou a frente do Palio e quebrou o eixo da roda dianteira do lado esquerdo, impossibilitado a passagem de veiculos.

Os agentes de transito estiveram no local e organizaram o trânsito, ninguém se feriu.

Publicado em Trânsito

Unidade do Cidade Aracy também será reaberta com oferta de marmitex

SÃO CARLOS/SP - Os moradores do São Carlos VIII vão ter uma nova opção de cardápio na hora do almoço a partir da próxima segunda-feira, dia 19 de outubro. A refeição de qualidade, nutritiva e barata, composta por arroz, feijão, carne, verduras, legumes, suco de polpa de fruta e sobremesa vai ser ofertada na nova unidade do Restaurante Popular instalada no bairro pela Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Agricultura e Abastecimento.
A unidade do Restaurante Popular do São Carlos VIII tem capacidade para fornecer 500 refeições/dia no horário do almoço para a comunidade em geral. A refeição vai custar R$ 1,00 para a população, mesmo valor cobrado nas unidades do Cidade Aracy e do Antenor Garcia.
Os equipamentos para montagem da cozinha e mobiliários da nova unidade, como pratos, talhares, copos, bandejas, máquina de lavar louças e pista para acondicionamento das refeições foram transferidos do restaurante da Vila Irene, fechado desde o início da pandemia do novo coronavírus.
“Vamos iniciar os serviços oferecendo 500 marmitex por dia na hora do almoço. Em virtude da COVID-19 não é possível retomarmos o atendimento para que a população faça a refeição no local. Já estamos trabalhando dessa maneira na unidade do Antenor Garcia e vamos reabrir o restaurante do Cidade Aracy também no dia 19, com oferecimento de marmitex no jantar”, explica Caio Solci, secretário de Agricultura e Abastecimento.
Quanto ao fechamento da unidade da Vila Irene o secretário justificou que a demanda no bairro não era grande. “A procura não chegava a 300 refeições por dia já que ali na Vila Irene tem muitas empresas e as pessoas buscam outras alternativas para se alimentar já que a região oferece restaurantes que aceitam o ticket refeição das empresas, por isso resolvemos transferir a unidade para o São Carlos VIII”, finaliza Caio Solci.
Portanto a partir da segunda-feira (19/10) os restaurantes populares vão funcionar da seguinte forma: Restaurante Popular do Cidade Aracy vai funcionar das 18h às 20h com oferecimento de 400 marmitex; Restaurante Popular do Antenor Garcia também vai funcionar das 17h às 19h com oferecimento de 500 marmitex no jantar e o Restaurante Popular do São Carlos VIII vai funcionar das 11h às 13h com oferecimento de 500 marmitex no almoço. O cardápio é o mesmo para as três unidades.
O atendimento dos restaurantes será pelo sistema de senha, com o preço normal da refeição no valor de R$ 1,00. Crianças menores de 5 anos, idosos e pessoas com deficiência não pagam, porém devem apresentar documento de identificação. Somente será permitida a retirada de senha e depois do marmitex por pessoas que estiverem na fila usando máscaras faciais. O distanciamento de segurança também deverá ser mantido. As unidades disponibilizam álcool em gel.
A Prefeitura de São Carlos também está retomando o fornecimento de kits de café da manhã para os trabalhadores rurais. A partir da próxima semana serão servidos, gratuitamente, 50 kits no restaurante popular do Cidade Aracy e 150 kits na cozinha comunitária de Santa Eudóxia. Café com leite, suco de polpa natural de frutas, bolo, pão com presunto e mussarela fazem parte do cardápio do café da manhã.

Ouça a entrevista com o Secretário Caio Solci:

Publicado em Outras Notícias

BRASÍLIA/DF - O medo do desemprego entre as mulheres é bem superior ao dos homens, mostra indicador da Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgado nesta quarta-feira (14). O Índice de Medo do Desemprego e Satisfação com a Vida é uma publicação trimestral da CNI e nesta edição entrevistou 2 mil pessoas em 127 municípios do país, entre os dias 17 e 20 de setembro.

O indicador de medo do desemprego no público feminino ficou em 62,4 contra 46,8 no público masculino, uma diferença de 15,6 pontos. O medo do desemprego também é maior entre os jovens, especialmente aqueles na faixa dos 16 aos 24 anos (57,9), e o da faixa seguinte, entre 25 e 34 anos (57,3). Esse indicador também é maior entre a população que reside no Nordeste (61,2) e os que recebem até um salário mínimo (65).

Apesar dos graves impactos econômicos da pandemia de covid-19, o medo do desemprego na população em geral ficou em 55 pontos, uma queda de 1,1 ponto na comparação com dezembro de 2019.

"A partir do fim do primeiro trimestre de 2020, as medidas de proteção adotadas no período contribuíram para conter o desemprego e aumentar a segurança no emprego. Possivelmente, a transferência de renda às famílias também contribuiu para esse resultado. Por fim, a retomada gradual das atividades comerciais e produtivas nos últimos meses tem impactado positivamente a formação de expectativas dos agentes, que, em um primeiro momento, esperavam por uma recuperação econômica mais lenta", avalia a CNI.

 

Satisfação com a vida

Já o índice de satisfação com a vida cresceu ligeiramente entre dezembro do ano passado e setembro deste ano, passando de 68,3 para 68,5 pontos. A satisfação com a vida aumenta à medida que a renda também aumenta. Entre os que ganham mais de cinco salários mínimos, esse valor é 72,8 pontos, enquanto quem tem renda de até um salário mínimo registrou pontuação de 65,7.

O indicador também é melhor entre os homens (70 pontos) na comparação com as mulheres (97,1).

 

 

*Por Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - Três menores foram detidos pela Polícia Militar nas primeiras horas de hoje, na Avenida José Pereira Lopes, em São Carlos.

Segundo consta, os Militares realizavam patrulhamento, quando ficaram sabendo de um roubo ocorrido contra um motorista de aplicativo e teriam fugido sentido Bicão. Os Policiais realizaram uma varredura pela região e encontraram três sujeitos com as características passadas. Ao serem revistados foi localizado a faca utilizada para o roubo, o aparelho celular e o dinheiro roubado da vítima.

Desta forma todos foram conduzidos ao Plantão Policial, onde foram ouvidos e encaminhados ao NAI. Os pertences foram devolvidos a vítima.

Publicado em Policial

Devido ao estoque baixo, as cirurgias eletivas de pacientes com essa tipagem sanguínea precisaram ser suspensas por 3 dias

 

SÃO CARLOS/SP - Os estoques do Banco de Sangue da Santa Casa despencaram na última semana. A situação mais crítica é dos tipos O positivo e negativo: as doações diminuíram 80%. A queda foi tão grande que, com a falta de sangue, as cirurgias eletivas para essa tipagem sanguínea precisaram ser suspensas na última sexta-feira (9) e foram retomadas nesta terça-feira (13).

“É um problema que não apenas o nosso Banco de Sangue está enfrentando. Nós entramos em contato com vários bancos de sangue da região e também de São Paulo. Nenhum deles tinha estoque de sangue do tipo O. As cirurgias eletivas aqui em São Carlos foram retomadas hoje, porque um grupo de Descalvado se mobilizou e veio doar sangue. Mas a agenda de doações para os próximos dias ainda não está completa. Então, estamos preocupados com a possibilidade de que o hospital tenha que suspender as cirurgias eletivas de novo", explica a coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

As quedas no estoque vêm acontecendo com frequência por vários motivos. Em função da pandemia da COVID-19, a Associação Brasileira de Hematologia e o Ministério da Saúde determinaram que as doações passassem a ser agendadas para evitar as aglomerações, e isso fez com que as doações diminuíssem. Além disso, muitos doadores continuam agendando as doações e não comparecendo. E o terceiro motivo é a retomada das cirurgias eletivas, o que aumentou de novo a demanda por sangue.

“Por conta de todas essas dificuldades, ampliamos os horários para doações para conseguir aumentar o estoque. E a partir desta semana, vamos abrir o Banco de Sangue para doações às terças e quintas à tarde. Com alguns períodos a mais para doação, o objetivo é incentivar outros voluntários a virem doar e, assim, conseguirmos manter os nossos estoques equilibrados”, afirma coordenadora do Banco de Sangue, Ariane Iazorli.

 

SERVIÇO:

BANCO DE SANGUE DA SANTA CASA

AGENDAMENTO DE DOAÇÕES:

(16) 99104-6748 (WhatsApp) e (16) 3509-1230 (fixo)

De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

Segunda a sexta-feira –  7h30 às 12h

Terças e quintas – 13h30 às 15h30

Sábados – 8h às 11 h

SÃO PAULO/SP - Clara Aguilar deixou os fãs impressionados na tarde desta segunda-feira (12) ao publicar uma foto em que aparece na banheira.

“Olha a onça!”, escreveu na legenda publicação.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Olha a onça!! ? @pahbaker

Uma publicação compartilhada por Clara (@clara) em

Recentemente, a influencer Clara Aguilar, conhecida por ser ex-BBB, atraiu olhares em` suas redes sociais e nesta postagem mais de 19 mil likes e dezenas de comentários.

 

 

*Por: Alefy Soares / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

SÃO PAULO/SP - Gusttavo Lima recebeu o apoio e carinho de alguns amigos após postar um desabafo sobre o término do seu casamento com Andressa Suita na noite de terça-feira (13).

“Que a bondade de Deus prevaleça na vida de vocês, irmão. Toda tempestade vai passar e no final sempre ficarão as boas lembranças e o mais importante: duas vidas maravilhosas que vocês trouxeram ao mundo. Que seja sempre feita a vontade de Deus”, escreveu Felipe Araújo. “Deus abençoe vocês”, disse Hudson, da dupla com Edson. “Que Deus te abençoe. meu irmão”, escreveu Thiago Abrava. “Que Deus abençoe vocês e a família de vocês”, postaram João Bosco e Vinicius.

Cesar Menotti ainda aconselhou Gusttavo a não ficar se justificando. “Não teve escândalo, não teve nada que desabonasse o caráter de vocês. Muitos casais passam por isso, vocês não são os primeiros nem serão os últimos. Que vocês sejam felizes e criem bem seus filhos. No mais meu irmão, não tente explicar pra quem está predisposto a não entender”, opinou.

 

 

*Por: ISTOÉ GENTE

Publicado em Celebridades

Curso é aberto para profissionais e amadores que queiram aperfeiçoar técnicas de fotografia.

Mais informações no site www.belladasemana.com.br/curso

 

SÃO CARLOS/SP - Após anos escutando pedidos dos assinantes e fãs, o empresário Alexandre Peccin, CEO do Bella da Semana, maior revista masculina do país, lançou nesta semana o Curso Online de Fotografia de Ensaio Nu e Sensual com dois de seus mais renomados fotógrafos, Walmor Oliveira e Alex Ribeiro. O curso traz para fotógrafos profissionais e amadores as principais técnicas  para se fotografar uma modelo nua e a parte prática é ilustrada por Suelen Kusinsky, uma das modelos mais acessadas do Bella da Semana

Estamos preparando este curso há bastante tempo. Foram muitos pedidos por parte dos nossos assinantes, usuários do site e fotógrafos. Com certeza essa é uma grande oportunidade para quem busca conhecimento no mercado de fotografia nu e sensual,  por se tratar de um curso inédito e exclusivo”, comenta Alexandre Peccin.

Líder de segmento no Brasil, o Bella da Semana publica, há 19 anos, ensaios fotográficos e vídeos feitos por renomados fotógrafos e belíssima modelos, assim como o melhor do universo masculino com matérias sobre entretenimento, lifestyle, esporte, moda, cultura, além de reportagens e entrevistas.

ACESSE O VÍDEO INSTITUCIONAL DO CURSO CLICANDO AQUI

São três opções de compra que incluem o curso completo ou com um dos dois fotógrafos:

Link para o curso completo por R$999,00 - Clique aqui

Link para o curso com Walmor de Oliveira por R$599,00 - Clique aqui

Link para o curso com Alex Ribeiro por R$599,00 - Clique aqui

No Curso Online de Fotografia de ensaio nu e sensual será possível aperfeiçoar as técnicas de fotografias em áreas como iluminação, direção, posicionamento da modelo, história da fotografia, composição, ética, entre outros. As aulas são dividias em teóricas e práticas assistidas, com o aluno tendo a oportunidade de acompanhar a uma sessão fotográfica com Suelen Kusinsky, modelo oficial do Bella da Semana.

 

Sobre os fotógrafos:

Walmor de Oliveira: Walmor de Oliveira é um fotógrafo catarinense com cinquenta anos de experiência na área. Iniciou sua carreira em Florianópolis, com 15 anos. Morou no Rio de Janeiro de 84 a 95, onde fotografou para as principais publicações da época, tendo seu estúdio se tornado um ponto obrigatório para as modelos. Retornou à Florianópolis, dedicando-se à fotografia de moda, publicidade e ensaios sensuais. 

Tem seu nome reconhecido como um dos melhores fotógrafos de ensaios sensuais do país, com fotos publicadas em revistas como a Playboy (brasileira, americana, polonesa), Trip, VIP. Fotografa para o Bella da Semana desde o início do site, há 19 anos, tendo como características marcantes a sua luz e a direção das modelos.

 

Alex Ribeiro: Alex Ribeiro é um fotógrafo especializado em Ensaio Sensual Feminino, reconhecido nacionalmente tanto por suas fotos, como também pela forma com que fotógrafa, utilizando única e exclusivamente a luz natural para compor suas obras.

No início de sua carreira, com apenas dois anos de atuação,  foi convidado para palestrar para mais de 700 fotógrafos no Congresso Brasileiro de Fotografia a convite da Editora Iphoto. No mesmo recebeu o convite para dirigir e assinar um dos ensaios da maior revista masculina do Brasil, o Bella da Semana. Desde então vem fotografando os ensaios recordistas em acesso do Bella da Semana.

Publicado em Entretenimento

 

SÃO CARLOS/SP - Em essência, a atuação dos docentes sempre envolveu uma entrega descomunal. Entretanto, essa constatação ficou escancarada para a sociedade brasileira, sobretudo para os pais e responsáveis, durante a pandemia. O exercício profissional, diante da necessidade de aulas remotas, tornou-se uma verdadeira maratona de superação e amor pela educação. Para se ter uma ideia, um levantamento que questionou o quanto os docentes estavam preparados para usar, no ensino, as Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) mostrou que, no Brasil, somente 64,2% se sentiam confortáveis com a temática. Ou seja, a cada três professores, um teve que superar muitas barreiras para continuar ministrando aulas. Aliás, antes da covid-19, muitos deles já defendiam que o desenvolvimento profissional de alta qualidade era uma prioridade. 

Com convicção, digo que essa conduta dos professores não me surpreendeu, porque eu sempre soube da dedicação que envolve a decisão de se tornar um educador no Brasil. Quer uma evidência disso? A Pesquisa Internacional sobre Ensino e Aprendizagem (Talis) – conduzida pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) – aponta que, no país, entre as principais motivações para ingressar na profissão de docente estão a possibilidade de contribuir com a sociedade (97,2%); a chance de influenciar o desenvolvimento de jovens e crianças (95,4%); e pelo fato de a atividade permitir ao profissional beneficiar as pessoas menos favorecidas socialmente (93,7%). Na prática, aqui reside a resposta para essa dedicação tão intensa e firme. Os professores – ao lado dos profissionais da saúde – são alguns dos protagonistas do momento que vivemos. Uma inspiração que ultrapassa as palavras que eu possa usar. 

Diante das histórias de superação que ouvimos sobre os professores – alguns decidiram caminhar quilômetros para levar as atividades para os alunos sem internet; outros, tiveram que conciliar a vida profissional e a dinâmica familiar em um mesmo ambiente; e houve os que abriram diálogo com os pais e responsáveis para juntos encontrarem a melhor alternativa educacional para o momento – confesso que a solidariedade entre os docentes foi algo que me comoveu, especialmente. A pesquisa da OCDE mostrou que 39% deles utilizaram sugestões de conteúdo ou dinâmicas dadas por outros professores; 38% pesquisaram temas na internet. Ou seja, a troca entre eles foi muito grande; um amparo e empatia entre pares. Em uma perspectiva mais contemporânea e com olhar na ancestralidade, eles mostraram que é preciso uma aldeia para educar uma criança; se apoiaram neste trabalho colaborativo e nos conteúdos produzidos por eles e para eles na internet para não deixar essa missão fracassar.

Mas, claro, o período não envolve apenas superação; engloba outras preocupações, sobretudo o equilíbrio emocional dos professores. Desde 2018, um levantamento conduzido pela Nova Escola já mostrava a importância de ficarmos atentos à saúde mental do educador, ou seja, em um contexto anterior à pandemia, o estudo apontava um alto estresse envolvido na atividade: 63% relataram dores de cabeça constante e 68% sofriam de ansiedade. Hoje, diante do novo e do inesperado, é percebido que se intensificou a tensão. O risco de voltar às aulas presenciais em um contexto sem vacina também é uma grande preocupação. Vejo que, como sociedade, estamos todos aprendendo juntos. Entretanto, é fato que alguns de nós estão se doando e sofrendo um impacto muito maior.

No livro Antifrágil - Coisas que se beneficiam com o caos – best-seller do The New York Times, escrito por Nassim Nicholas Taleb – há um conceito que ilustra muito bem esse momento que vivenciamos. O antifrágil está para além do que é resiliente e robusto; o resiliente resiste a impactos e permanece o mesmo. O antifrágil fica melhor, porque enfrenta choques e cresce com eles, ou seja, melhora diante de uma situação inesperada. Enxergo os educadores brasileiros, sendo pautados por essa conduta.

Por isso, a eles, a minha admiração e o agradecimento!

 

 

| Claudio Sassaki é mestre em Educação pela Stanford University e cofundador da Geekie.

Publicado em Educação

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31