fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Segunda, 19 Outubro 2020

SÃO PAULO/SP - A Justiça bloqueou R$ 29,4 milhões em bens do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), em processo que apura suposta improbidade administrativa na época em que era prefeito da capital paulista.

O bloqueio foi determinado pela 14ª Vara de Fazenda Pública de São Paulo na 2ª feira (19). A decisão foi expedida pelo juiz Randolfo Ferraz de Campos e tem caráter provisório.

Imóveis, veículos e valores em banco de Doria foram incluídos no bloqueio. De acordo com o juiz, a medida tem o objetivo de ressarcir o município caso o atual governador seja condenado.

A defesa de Doria disse nesta 3ª feira (20.out) ao jornal Folha de S.Paulo que vai recorrer da decisão.

O MP-SP (Ministério Público de São Paulo), em novembro de 2018, acusou o político de autopromoção em propaganda do programa Asfalto Novo, que tinha o objetivo de recapear as vias da cidade.

De acordo com o MP-SP, a campanha do programa Asfalto Novo causou prejuízo de R$ 29,4 milhões aos cofres públicos.

A ação, apresentada pelo promotor Nelson Sampaio de Andrade, sustenta que Doria utilizou indevidamente verbas públicas para promoção pessoal.

O juiz que ordenou o bloqueio de bens do hoje governador afirmou ser “duvidosa a existência de caráter educativo, informativo ou de orientação social em publicidades pertinentes a programa de recapeamento”.

O magistrado lembrou ainda que Doria divulgou “em suas redes sociais pessoais o programa de governo, inclusive com sua imagem incluída em uma das peças publicitárias utilizada na campanha de publicidade”. Para o juiz, o então prefeito “parece ter violado […] o princípio da impessoalidade”.

 

Outro lado

Em sua defesa no processo, o tucano afirmou que “todas as peças publicitárias tiveram caráter informativo e de orientação social apenas”.

Em seu perfil no Twitter, Doria classificou a ordem de bloqueio como “descabida” e reafirmou que a ação contestada pelo MP-SP não o trouxe “benefício pessoal algum”.

“Considero descabida a decisão do Juiz da 14ª Vara da Fazenda Pública, referente ao programa Asfalto Novo, que realizamos na Prefeitura de SP. Pela primeira vez na história da cidade, utilizamos recursos das multas de trânsito para o recapeamento de ruas e avenidas da Capital. Vamos recorrer da decisão junto ao Tribunal de Justiça. Não houve benefício pessoal algum, mas sim o benefício para milhões de pessoas. Entre ficarmos de braços cruzados e tapar buracos da cidade, decidimos agir e cumprir nosso dever: melhorar a vida dos brasileiros SP“, escreveu o governador.

 

 

*Por: PODER360 

Publicado em Política

Iniciativa da UFSCar recebe desenhos, pinturas, dança e música de crianças e jovens entre 0 e 17 para exposição virtual

 

SÃO CARLOS/SP - O Festival cultural virtual SemeAR-TE, organizado pelo InformaSUS da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), tem como objetivo apresentar diferentes vivências cotidianas de crianças e adolescentes durante a pandemia de Covid-19, valorizando a multiplicidade de formas de expressão artístico-cultural, a partir da voz desse público e da sensibilidade e percepção dos seus cuidadores. A iniciativa recebe obras como desenhos, pinturas, dança, música e outros tipos de expressão artística para a exposição virtual. O Festival acontece até o dia 28 de novembro e a inscrição das peças é gratuita.

A ideia do SemAR-TE é dar cor, voz e forma aos sentimentos, ações e pensamentos de crianças e adolescentes a partir da arte. O Festival está dividido em três eixos: Agir, para crianças entre 0 e 6 anos; Pensar, para o público entre 7 e 12 anos incompletos; e Sentir, para adolescentes entre 12 anos completos e 17 anos.

As obras devem ser inscritas conforme as orientações do edital, disponível no site do InformaSUS (www.informasus.ufscar.br/festival-semear-te). Todas as informações do SemeAR-TE estão no site e nas redes sociais do Festival - Facebook (facebook.com/festivalsemearte) e Instagram (instagram.com/festivalsemearte).

Publicado em Coronavírus

SÃO PAULO/SP - Maraisa, da dupla com Maiara, impressionou seus mais de 5 milhões de seguidores do Instagram ao publicar uma sequência de fotos de um ensaio fotográfico recente. A sertaneja mostrou seu corpo pra lá de sarado, posando com um look revelador e aproveitou para deixar uma mensagem inspiradora na legenda.

“‘Seu corpo molda sua mente. Sua mente molda seu comportamento. E seu comportamento molda seu futuro. Deixe seu corpo informar que você é poderoso e merecedor, e você se tornará presente, empolgado e autenticamente você mesmo. Portanto, encontre o caminho para se aprumar!’ Aprume-se menina, no caso eu”, escreveu.

 

As fotos da sertaneja contaram com mais de 141 mil curtidas, incluindo nomes famosos como a apresentadora Maisa e a cantora Naiara Azevedo.

“Tá podendo hein…”, comentou um fã da cantora. “Meu deusssss, é muita perfeição para uma pessoa só”, elogiou outra internauta. “Isso é hora de fazer eu chorar, Maraisa?”, brincou uma terceira.

 

 

*Por: Gabriela Ellin / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

Drogas estavam distribuídas em tabletes e foram localizadas nas malas dos presos, em um ônibus

 

PIRASSUNUNGA/SP - A Polícia Militar Rodoviária prendeu dois homens, de 20 e 24 anos, após localizar 99 tabletes de maconha em suas bagagens, em um ônibus com destino a Fortaleza (CE). A ação aconteceu na noite desta última segunda-feira (19), em Pirassununga, na região de Limeira, no interior do Estado.

Pms rodoviários abordaram o veículo na rodovia Anhanguera e, após vistorias em malas, localizaram quatro contendo diversos tabletes de entorpecente, somando 98,1 quilos.

A equipe localizou os proprietários das bagagens - dois passageiros - e os detiveram em flagrante. Toda a substância foi apreendida para perícia e R$ 1.470, encontrados com um dos presos, recolhido.

A dupla foi levada à Delegacia Sede da cidade, onde foi indiciada por tráfico e associação ao tráfico de entorpecentes. Posteriormente, os dois homens foram encaminhados à Cadeia Pública local, permanecendo à disposição da Justiça.

Publicado em Outras Cidades

BRASÍLIA/DF - O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), usado no reajuste de contratos de aluguel no país, registrou inflação de 2,92% na segunda prévia de outubro. A taxa é inferior aos 4,57% da segunda prévia de setembro.

Mesmo assim, o índice acumulado em 12 meses subiu de 18,20% na segunda prévia de setembro para 20,56% na segunda prévia de outubro, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), que fez a pesquisa.

A queda da taxa de setembro para outubro foi provocada pelos preços no atacado, medidos pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo, cuja taxa de inflação recuou de 6,36% na prévia de setembro para 3,75% na prévia de outubro.

E o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, subiu de 0,38% para 0,71%. O Índice Nacional de Custo da Construção também cresceu de 0,98% para 1,50%.

 

 

 

*Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - Com a ajuda da cachorra K9 a Guarda Municipal conseguiu encontrar drogas em um pasto na Rua São Francisco, no bairro Jóquei Clube, em São Carlos, na tarde desta última 2ª feira (19).

Segundo consta, os GMs realizavam patrulhamento preventivo, quando avistaram vários sujeitos em atitude suspeita, porém a avistarem a viatura cada um correu em direções diferentes. Os Guardas desceram com a cachorra K9 que em uma busca rápida localizou uma sacola contendo 28 invólucros de maconha, 14 eppendorfs de cocaína e 16 pedras de crack.

Toda droga foi apreendida e levada até a DISE, porém ninguém foi preso.

Publicado em Policial

Com a mudança, o serviço vai ser oferecido das 8h às 20h de segunda a sexta-feira

 

SÃO CARLOS/SP - A Santa Casa ampliou o atendimento da Ouvidoria e o serviço passa a ser chamado de Central de Relacionamento do hospital. Com a mudança, a equipe passa a receber as sugestões, dúvidas, críticas e elogios em horário mais amplo, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h (até então, os atendimentos eram feitos das 8h às 17h).

A Ouvidoria da Santa Casa foi criada em 2015. O objetivo do serviço é medir a satisfação dos pacientes e acompanhantes atendidos pelo hospital, a fim de aprimorar os serviços oferecidos. As dúvidas, sugestões, críticas ou elogios são encaminhados ao gestor da área em questão. Essas informações são compartilhadas, mensalmente, com o Centro Integrado de Humanização. A partir desses dados, a equipe discute ações para melhoria dos serviços. Todo esse processo contribui para a redução de queixas e possibilita a implantação de novas práticas. Para se ter uma ideia, neste ano, de janeiro a agosto, das 1159 reclamações recebidas pela Ouvidoria, 98% foram resolvidos.  

“O nosso trabalho é conhecer melhor a opinião da população em relação à Instituição e buscar, junto à Diretoria, aprimorar ainda mais a qualidade do atendimento, com base nas informações manifestadas. Por isso, decidimos ampliar o horário de atendimento e criar um canal de Comunicação, para fortalecer o serviço”, explica a Supervisora da Central de Relacionamento, Cleonice Faria.

 

SERVIÇO:

CENTRAL DE RELACIONAMENTO DA SANTA CASA

Segunda a sexta-feira – 8h às 20h

Telefone: (16) 3509-1379

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Site: www.santacasasaocarlos.com.br

Resultados dos estudos serão divulgados, na íntegra, no Seminário Policiamento Ostensivo e Relações Raciais, nos dias 21 (hoje) e 22/10

 

Uma pesquisa sobre desigualdades raciais produzidas em abordagens policiais, coordenada por Jacqueline Sinhoretto, docente do Departamento de Sociologia (DS) e líder do Grupo de Estudos Sobre Violência e Administração de Conflitos (GEVAC) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), apontou que pessoas negras sofrem de três a sete vezes mais punições do que pessoas brancas. O estudo, realizado durante três anos, analisou dados quantitativos de prisões em flagrante e letalidade policial por cor/raça. Também foram feitas entrevistas em profundidade com policiais militares sobre o tema polícia e racismo, permitindo conhecer o que policiais brancos e negros, oficiais e praças, pensam sobre a temática.
De acordo com Sinhoretto, a proporção de prisões em flagrante de pessoas negras em relação às brancas chega a ser até quatro vezes maior, ponderando o número de brancos e negros na população. "As pessoas negras são alvo mais frequente de uso letal da força. A depender do ano e do distrito, a chance matemática de uma pessoa negra ser morta pela polícia é de três a sete vezes maior do que a chance de um branco receber o mesmo tratamento", explica a pesquisadora. 
Os relatos dos policiais apontam que seu trabalho é baseado na busca ativa de atitudes suspeitas, que a grande maioria descreve como sendo características corporais, de vestimenta, de gestual, de modo de andar e olhar, e até de cortar o cabelo. O estudo mostra que eles associam pessoas negras a essas atitudes suspeitas. "Dessa forma, não são atitudes impessoais que eles procuram, mas tipos físicos estigmatizados, estereótipos sobre o corpo e características culturais forjadas pelo racismo", esclarece Sinhoretto.
Segundo a docente, esse quadro foi obtido por meio de dados oficiais de São Paulo e Minas Gerais, pois a deficiência das estatísticas dificulta fazer o acompanhamento em todos os estados que foram analisados - além desses, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. Além disso, as instituições negam a existência de evidências de discriminação racial na atuação policial, o que dificulta a discussão de soluções para reverter o quadro e melhorar as técnicas de trabalho policial. 
A pesquisa foi realizada em rede com a Universidade de Brasília (UnB), a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e a Fundação João Pinheiro, núcleos ligados ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Estudos Comparados em Administração de Conflitos (INCT-InEAC). O relatório sobre a pesquisa pode ser acessado em https://bit.ly/31bXltm.

Seminário Policiamento Ostensivo e Relações Raciais
Os resultados na íntegra da pesquisa serão divulgados e debatidos no Seminário Policiamento Ostensivo e Relações Raciais, que é gratuito, aberto ao público e acontece nos dias 21 (hoje) e 22 de outubro, sem necessidade de inscrição prévia. O evento terá duas mesas, intituladas "Policiamento ostensivo e filtragem racial" e "Policiais e desigualdades raciais", e contará com a exposição de pesquisadores e comentários de policiais sobre os resultados encontrados. 
Informações detalhadas sobre os participantes estão no site do GEVAC (http://www.gevac.ufscar.br). A iniciativa será transmitida a partir das 16 horas, pelo canal do YouTube do INCT-InEAC (https://bit.ly/3k5lsBB) e pelo Facebook do GEVAC (facebook.com/ufscargevac).

Publicado em Educação

ARARAQUARA/SP - O Governador João Doria anunciou nesta última segunda-feira (19) investimentos de R$ 6 bilhões na reestruturação da malha ferroviária de São Paulo. A expectativa é que essa modernização gere cerca de 134 mil empregos diretos e indiretos ao longo da concessão. Grande parte das obras deverá ser concluída nos seis primeiros anos e vai proporcionar a expansão de capacidade da ferrovia de 35 milhões para 75 milhões de toneladas por ano.

A boa notícia para Araraquara é que a retirada da oficina da área central da cidade foi incluída no pacote. Essa é a etapa final do projeto de retirada dos trilhos do perímetro urbano, que teve início em 2008 com o contorno ferroviário. O projeto não especificou o cronograma de realização dessa nova etapa.

O empreendimento será realizado pelo Grupo Rumo Logística. Além de Araraquara, os investimentos na nova malha ferroviária vão atender 71 municípios paulistas, entre eles Campinas, Catanduva, Cubatão, Limeira, São Carlos, São José do Rio Preto e Votuporanga.

 

As obras

Estão previstas duplicações e reativações de trechos, ampliação de pátios, modernização da via e melhora na mobilidade nas cidades cortadas pela ferrovia (contornos ferroviários, viadutos, passarelas). Essa modernização irá gerar mais segurança e eficiência operacional, maior capacidade para o sistema ferroviário, redução no tempo de trânsito das composições e redução do custo operacional.

Além disso, os investimentos eliminarão os conflitos entre ferrovia e zonas urbanas em 32 municípios do estado, entre eles Campinas, Catanduva, Cubatão, Limeira, São Carlos, São José do Rio Preto e Votuporanga.

Entre as intervenções previstas, destacam-se:

 

  • Ampliação e implantação de pátios de cruzamento entre Rubinéia e Itirapina
  • Duplicação de trechos entre Itirapina, Boa Vista Velha e Perequê, passando por municípios como Sumaré, Limeira, Rio Claro e Americana
  • Retirada de oficina de manutenção da área urbana de Araraquara
  • Retirada de oficina de manutenção da área urbana de Rio Claro
  • Contorno ferroviário atendendo os municípios de Mirassol, São José do Rio Preto e Cedral. O contorno ferroviário que ficará a 10 km da área central de São José do Rio Preto. Serão feitas 25 obras de artes (5 pontes e 20 viadutos ferroviários)
  • Contorno ferroviário em Catanduva: serão cerca de 18 km de trilhos e um novo pátio
  • Reativação do ramal ferroviário Colômbia-Pradópolis (158,6 km), que passa por entroncamentos logísticos em Bebedouro e Barretos
  • Reativação do ramal ferroviário Panorama-Bauru (369,1 km), que atravessa cidades importantes como Bauru e Dracena
  • Passarelas, viadutos e pontes (rodoviárias e/ou ferroviárias) em várias cidades paulistas

 

Trechos reativados

A Malha Paulista forma junto com a Malha Norte o principal corredor de exportação do agronegócio brasileiro. Essas duas malhas conectam a cadeia produtiva do Centro-Oeste do País ao Porto de Santos. Com os investimentos anunciados em São Paulo, serão recuperados dois ramais desativados: Colômbia-Pradópolis (185,6 km) e Panorama-Bauru (369,1 km), que cortam o estado em direção ao Porto de Santos. No primeiro caso, o ramal passa por entroncamentos logísticos em Bebedouro e Barretos; no segundo, atravessa cidades como Bauru e Dracena.

"Com os investimentos e modernização da Malha Paulista, São Paulo volta ao protagonismo como principal eixo de ferrovia do país", destacou João Alberto Abreu, Presidente da Rumo.

 

 

*Por: Luís Antonio / PORTAL MORADA

Publicado em Araraquara

MUNDO - O governo argentino anunciou na segunda-feira medidas para aliviar a pressão sobre sua moeda e afastar as expectativas de desvalorização, no momento em que a cotação do peso frente ao dólar no mercado ilegal registrou um novo recorde, uma decisão apoiada pelo FMI.

A moeda argentina foi negociada na segunda-feira a 83,21 pesos por dólar, mas chegou a ser vendida pela cotação recorde de 181 pesos no mercado ilegal.

Entre as medidas anunciadas estão uma licitação de bônus por 750 milhões de dólares em novembro e a revogação da proibição que era aplicada aos investidores não residentes na Argentina de vender títulos a serem liquidados em moeda estrangeira.

A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Geogieva, respaldou as medidas.

"Continuaremos apoiando as autoridades enquanto trabalham para aliviar as pressões cambiais, ancorar a estabilidade econômica e estabelecer as bases para a recuperação", escreveu no Twitter.

A mensagem foi publicada depois de uma conversa telefônica entre a diretora do FMI e o ministro da Economia da Argentina, Martín Guzmán.

"Conversa muito valiosa hoje com a diretora geral do Fundo Monetário Internacional @KGeorgieva. Obrigado! No âmbito de um diálogo produtivo, o FMI compartilha nossa visão de que a Argentina precisa transitar o caminho para a estabilidade e o crescimento econômico", respondeu o ministro na mesma rede social.

A Argentina mantém desde o fim de 2019 um sistema de restrição para a compra de divisas imposta no final do governo do liberal Mauricio Macri para frear a fuga de divisas, sistema fortalecido por seu sucessor, o peronista Alberto Fernández.

Desde 2019 existe uma cota para a compra de moeda estrangeira para a captação de 200 dólares por mês com uma cotação sobre a qual incide uma taxa de 30% e desde 15 de setembro foi acrescentada outra retenção de 35% para desestimular a poupança em moeda estrangeira e conter a saída de divisas.

Publicado em Economia

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31