fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 14 Outubro 2020

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos informa nesta quinta-feira (15/10) os números da COVID-19 no município.
São Carlos contabiliza neste momento 3.280 casos positivos para COVID-19 (44 resultados positivos foram divulgados hoje), com 48 óbitos confirmados e 82 descartados.
Dos 3.280 casos positivos, 3.038 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 239 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 171 receberam alta hospitalar e 45 positivos internados foram a óbito. 3.127 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 13.423 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (123 resultados negativos foram divulgados hoje).
Estão internadas neste momento 33 pessoas, sendo 17 adultos na enfermaria (13 positivos e 4 negativos). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (11 positivos, 2 suspeitos e 1 negativo). Na enfermaria 2 crianças estão internadas, 1 com suspeita da doença e outra com resultado negativo para COVID-19. Na UTI pediátrica nenhuma criança está internada neste momento. Três pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 39,3% (11 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS).

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 16.682 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 15.875 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 807 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre (mesmo que referida), calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos). 9.992 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 7.859 tiveram resultado negativo para COVID-19, 2.078 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 55 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus
Quinta, 15 Outubro 2020 16:41

Vem aí o Tradicional Doguinho Vicentino

SÃO CARLOS/SP - A Sociedade São Vicente de Paulo na Vila Prado, em São Carlos, vai realizar no mês de novembro o Tradicional Doguinho Vicentino.

Os doguinhos serão vendidos no valor unitário de R$4,50, mas existe a possibilidade de levar um combo de 5 unidades por apenas R$20,00.

De uma forma diferente para evitar aglomerações, os confrades e consócias vão entregar os doguinhos no sistema DriveThru e seguir todas as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Portanto, fale com os amigos e amigas e anotem na agenda, dia 14 de novembro, das 11h às 15h, na sede vicentina na travessa 4, Nº 530, esquina com a Rua Bernardino de Campos, na Vila Prado.

Compareça e se delicie.

Publicado em Cidadania

SÃO CARLOS/SP - Durante a Campanha Outubro Rosa, o Fundo Social de Solidariedade de São Carlos arrecadará alimentos não perecíveis e, na troca, entregará aos participantes uma máscara facial de proteção na cor rosa. Todos os itens recebidos serão destinados a pessoas de baixa renda e em situação de vulnerabilidade social. Para apoiar a iniciativa, a Via Armênia, no Iguatemi São Carlos, também é um ponto de coleta e fará a entrega da máscara a todos que fizerem a doação de alimentos. Os interessados poderão colaborar com a ação ao longo de todo o mês, ou enquanto durarem os estoques de máscaras.

É o oitavo ano consecutivo que o Fundo Social de Solidariedade promove a Campanha Outubro Rosa, que visa compartilhar informações sobre o câncer de mama, conscientizar quanto aos riscos da doença, proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

 

Serviço

Shopping Iguatemi São Carlos

Endereço: Passeio dos Flamboyants, 200, São Carlos

Informações: www.iguatemi.com.br/saocarlos

Publicado em Comércio

Homem confessou que entorpecentes seriam comercializados a usuários

 

RIBEIRÃO PRETO/SP - A Polícia Civil prendeu um homem, de 25 anos, por tráfico de drogas, nesta quarta-feira (14), em Ribeirão Preto, no interior do Estado. Na ação, quase mil porções de maconha foram apreendidas.

Equipes da 2ª Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da cidade, após apurações, descobriram que um imóvel era usado para o armazenamento de drogas que seriam distribuídas pelo bairro Vila Virginia.

Os agentes foram até o local, na travessa Caviúna, verificar e abordaram o suspeito. Questionado, ele confessou a existência de entorpecentes na casa. Após vistorias, foram localizadas 990 porções de maconha, R$ 205 em notas diversas, sacos plásticos, adesivos, anotações e um celular.

Toda a substância foi apreendida para perícia e o dinheiro e outros objetos recolhidos. O homem foi preso em flagrante e levado à especializada, onde foi indiciado. Posteriormente ele foi encaminhado ao cárcere, permanecendo à disposição da Justiça.

Publicado em Ribeirão Preto

BRASÍLIA/DF - A confiança dos empresários brasileiros recuou 1,1 ponto na prévia de outubro deste ano, na comparação com o número final de setembro, e chegou a 96,4 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Também houve uma queda na confiança dos consumidores no período: redução de 3,9 pontos para 79,5 pontos.

Os dados foram divulgados hoje pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Entre os empresários, foram observadas quedas nos setores de comércio (-5,1 pontos) e de serviços (-1,4 ponto). A confiança da construção manteve-se estável, enquanto a indústria teve alta de 5,4 pontos e atingiu 112,1 pontos, o maior valor desde março de 2011 (112,5 pontos).

O Índice de Situação Atual dos Empresários, que mede a confiança no presente, aumentou 2,9 pontos, para 95,9 pontos, enquanto o Índice de Expectativas Empresarial, que mede a percepção sobre o futuro, caiu 3,8 pontos, para 97,2 pontos.

Entre os consumidores, o índice que mede a percepção sobre a situação atual caiu 1,9 pontos, para 70,7 pontos, enquanto o indicador que capta as perspectivas para os próximos meses teve queda de 5 pontos para 86,5 pontos.

 

 

*Por Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - Policiais Militares conseguiram prender um homem por tráfico de drogas próximo a Praça Itália, em São Carlos, nas primeiras horas de hoje (15).

Os PMs Cabo Ludugerio e Cabo Neto, realizavam patrulhamento, quando avistaram o indivíduo que ao ver a viatura saiu correndo sentido linha férrea, porém foi detido. Ao ser realizada a revista corporal foi localizado no bolso da bermuda 335 pedras de crack e R$420,00 em espécie.

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao indivíduo no artigo 33 da lei 11.343/06 e conduzido até o plantão policial. Pelo plantão policial o delegado de polícia formalizou o auto em prisão em flagrante delito.

O indivíduo foi recolhido ao centro de triagem de São Carlos.

Publicado em Policial

BRASILÍA/DF -  O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) retirou o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), flagrado com dinheiro na cueca, da vice-liderança do governo no Senado.

A saída do parlamentar foi oficializada em edição do Diário Oficial da União nesta quinta-feira (15).

 "Nos termos do art. 66-A do Regimento Interno dessa Casa do Congresso Nacional, em atenção ao pedido do Senhor Senador Francisco de Assis Rodrigues, solicito providências para a sua dispensa da função de Vice-Líder do Governo no Senado Federal", diz o documento.

Rodrigues foi alvo de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira (14), em Boa Vista. O então vice-líder escondeu cerca de R$ 30 mil na cueca durante a abordagem dos policiais - notas, inclusive, estavam entre as nádegas do parlamentar. Ao todo, os valores descobertos na residência do parlamentar chegariam a R$ 100 mil.

 A investigação, sob sigilo, apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso.

A CGU (Controladoria-Geral da União), que também faz parte da investigação, disse que a operação Desvid-19, realizada em Roraima, apura o “desvio de recursos públicos por meio do direcionamento de licitações”. Ainda segundo a CGU, as contratações suspeitas de irregularidades, realizadas no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde, envolveriam aproximadamente R$ 20 milhões que deveriam ser utilizados no combate ao novo coronavírus.

Em nota, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) afirmou que "a ação da Polícia Federal e da GCU, respeitando os princípios constitucionais, é a comprovação da continuidade do Governo no combate à corrupção em todos os setores da sociedade brasileira, sem distinção ou privilégios".

Mais cedo, diante da pressão vinda do Palácio do Planalto, o senador pediu para sair do cargo. A informação foi repassada ao R7 Planalto pelo líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-PE).

 A investigação, sob sigilo, apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A ordem de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso.

A CGU (Controladoria-Geral da União), que também faz parte da investigação, disse que a operação Desvid-19, realizada em Roraima, apura o “desvio de recursos públicos por meio do direcionamento de licitações”. Ainda segundo a CGU, as contratações suspeitas de irregularidades, realizadas no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde, envolveriam aproximadamente R$ 20 milhões que deveriam ser utilizados no combate ao novo coronavírus.

Em nota, a Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) afirmou que "a ação da Polícia Federal e da GCU, respeitando os princípios constitucionais, é a comprovação da continuidade do Governo no combate à corrupção em todos os setores da sociedade brasileira, sem distinção ou privilégios".

Mais cedo, diante da pressão vinda do Palácio do Planalto, o senador pediu para sair do cargo. A informação foi repassada ao R7 Planalto pelo líder do governo, senador Fernando Bezerra (MDB-PE).

Fonte: R7.com

Publicado em Política

BRASÍLIA/DF - Pesquisa PoderData divulgada nesta última 4ª feira (14) mostra que o governo do presidente Jair Bolsonaro é aprovado por 52% dos brasileiros. Outros 41% desaprovam, e 7% não souberam ou não responderam.

Os percentuais apresentam estabilidade desde a 2ª quinzena de agosto. Eis os números:

A pesquisa foi realizada pelo PoderData, divisão de estudos estatísticos do Poder360. A divulgação do levantamento é feita em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes.

Os dados foram coletados de 12 a 14 de outubro, por meio de ligações para celulares e telefones fixos. Foram 2.500 entrevistas em 503 municípios, nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

HIGHLIGHTS DEMOGRÁFICOS

O PoderData destacou, também, os recortes para as respostas à pergunta sobre a percepção dos brasileiros sobre o governo.

Dessa forma, fica clara a discrepância de percepção em relação à administração bolsonarista entre os sexos. Dos homens, 60% aprovam. Mas a proporção cai para 45% quando as respostas vêm das mulheres. Desde 2018 avaliam de modo mais negativo o governo de Bolsonaro.

Quem mais aprova

  • pessoas de 25 a 44 anos (56%);
  • os que estudaram até o ensino médio (58%);
  • moradores da região Norte (64%);
  • quem ganha até 2 salários mínimos (56%).

Quem mais desaprova

  • jovens de 16 a 24 anos (62%);
  • quem tem ensino superior (52%);
  • moradores da região Nordeste (46%);
  • os que recebem de 5 a 10 salários mínimos (60%).

Como indicam os infográficos acima, a popularidade de Bolsonaro e a de seu governo podem ter batido no teto. O efeito do auxílio emergencial parece ter se esgotado. A incógnita agora é como se comportará a opinião pública com o fim do pagamento das parcelas de R$ 300 (antes R$ 600). Quase 68 milhões recebem o benefício.

TRABALHO DE BOLSONARO

O PoderData também perguntou o que os entrevistados acham do trabalho de Bolsonaro como presidente: ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo.

Os percentuais se mantiveram estáveis em 15 dias. A rejeição ao trabalho do presidente (“ruim”“péssimo”) variou 3 p.p. desde o último levantamento, dentro da margem de erro. Passou de 30% para 33%.

Os que ganham de 2 a 5 salários mínimos são aqueles que mais rejeitam o trabalho de Bolsonaro (49% de “ruim” e “péssimo”). Os desempregados ou sem renda fixa estão na outra ponta (42% de “ótimo” ou “bom”). O grupo, que abarca quase metade dos brasileiros, também concentra os beneficiários do auxílio emergencial.

 

 

Highlights demográficos
Os homens (46%) e os moradores do Centro-Oeste e do Norte (49% e 46%, respectivamente) são os que mais consideram o trabalho do presidente “ótimo” ou “bom”.

Já os que têm de 16 a 24 anos (41%) e aqueles que ganham de 2 a 5 salários mínimos e de 5 a 10 salários mínimos (49% e 48%, respectivamente) são os que mais acham Bolsonaro “ruim” ou “péssimo”.

Leia a estratificação completa:

OS 25% QUE ACHAM BOLSONARO “REGULAR”

No Brasil, pergunta-se aos eleitores se acham que o governante faz 1 trabalho ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. A “turma do regular” (25%) é sempre uma incógnita.

O PoderData faz 1 cruzamento das respostas desse grupo com os que aprovam ou desaprovam o governo como 1 todo. Os dados mostram que a proporção daqueles que enxergam o trabalho de Bolsonaro como “regular” e hoje aprovam seu governo é de 50%.

Do grupo dos que acham o presidente “regular”,  44% disseram desaprovar o governo há 15 dias. Agora, 34% fizeram essa afirmação.

O fato mais relevante: metade dos que acham o trabalho de Bolsonaro regular aprovam sua administração.

BOLSONARO NO NORDESTE

Há 15 dias, 55% dos moradores da região disseram aprovar o governo. Agora, são 50% desse grupo. Já a desaprovação cresceu de 33% para 46% desde o último levantamento.

Percebe-se no infográfico abaixo que a percepção positiva sobre o governo federal aumentou entre os nordestinos. Em junho, a aprovação ao governo era só de 27%.

Já quando questionados sobre o trabalho pessoal de Bolsonaro, 39% dos entrevistados da região disseram que a atuação é “ótima” ou “boa“. A curva de rejeição (“ruim” + “péssimo”) apresentou tendência de queda desde junho. Nesta rodada, no entanto, a variação foi positiva dentro da margem de erro, indo de 28% para 31%.

*Por: Rafael Barbosa / PODER360

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - Kelly Bonde, a irmã de Juliana Caetano, divulgou uma foto em que aparece usando uma lingerie pequena demais. A imagem contou com mais de 7,5 mil curtidas na tarde desta quarta-feira (14).

“Como foi o feriado de vocês bebê?”, questionou na legenda da publicação.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Como foi o feriado de vocês bebê?

Uma publicação compartilhada por Kelly Bonde (@kellybonde01) em

Recentemente, Kelly Bonde mostrou toda a saudade que está sentindo de sua irmã, Juliana Caetano. A celebridade surgiu na cama ao lado da vocalista e a foto deu o que falar.

“Saudades Irmã”, escreveu na legenda da publicação.

 

 

*Por: Alefy Soares / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

RIO DE JANEIRO/RJ - As cantoras brasileiras Ivete Sangalo e Anitta estão entre as atrações confirmadas no Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa, que acontecerá em junho de 2021. As datas das apresentações foram divulgadas através de um post no Twitter na manhã desta última quarta-feira (14).

Ivete se apresentará no primeiro fim de semana do evento, em 20 de junho. Já Anitta é atração do segundo fim de semana, com show marcado para o dia 27 de junho.

Vale lembrar que o Rock in Rio Lisboa, em Portugal, aconteceria nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho deste ano, mas foi adiado para 2021. Em um comunicado oficial, Roberta Medina, vice-presidente executiva do evento, falou sobre a decisão, devido à pandemia do novo coronavírus.

“Temos ao longo destes últimos dias estudado vários cenários que nos possibilitem continuar a levar a alegria às pessoas, criando momentos inesquecíveis. Das várias opções avaliadas, todas implicariam retomar as montagens da Cidade do Rock num momento que acreditamos ainda não ser favorável (maio), pelo que tomámos a decisão de alterar as datas da 9ª edição do Rock in Rio Lisboa para os dias 19, 20, 26 e 27 de junho de 2021, com a certeza de que esta será uma edição ainda mais mágica e especial”, disse o aviso.

Além desta edição em Lisboa, que foi adiada, o evento de música também acontecerá no Rio de Janeiro em 2021. As datas divulgadas até o momento são 24, 25, 26 e 30 de setembro; 1, 2 e 3 de outubro, na Cidade do Rock.

 

 

*Por: Shayane Medina / FAMOSIDADES

Publicado em Pop & Arte

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Outubro 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31