fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Sexta, 07 Agosto 2020

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma neste sábado (08/08) a 27ª morte por COVID-19 no município. Trata-se de uma mulher de 81 anos, residente em instituição privada de longa permanência para idosos. Ela foi internada em 31/07 com resultado positivo para a doença e faleceu neste sábado (08/08). Essa é a 4ª morte por COVID-19 de pacientes dessa clinica particular. São Carlos contabiliza neste momento 1.613 casos positivos para a doença (65 resultados positivos foram liberados hoje), com 27 mortes confirmadas. 69 óbitos já foram descartados. Dos 1.613 casos positivos, 1.478 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 3 óbitos sem internação, 132 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 93 receberam alta hospitalar, 15 estão internadas, 1 paciente de São Carlos está internado em outro município e 24 positivos internados foram a óbito. 1.173 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 5.850 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (152 resultados negativos foram liberados hoje). Estão internadas neste momento 45 pessoas, sendo 21 adultos na enfermaria (11 positivos – sendo 3 de outros municípios, 6 suspeitos - sendo 2 de outros municípios, 5 negativos – sendo 1 de outro município). Na UTI adulto estão internadas 14 pessoas (10 positivos - sendo 6 de outros municípios, 3 suspeitos, 1 negativo). Na UTI uma criança está internada com suspeita da doença. 9 crianças estão na enfermaria, sendo 4 com resultado positivo para COVID-19 (2 de outros municípios), 1 com resultado negativo para a doença e 4 com suspeita da doença. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje em 52%. Neste momento São Carlos disponibiliza 25 leitos de UTI/SUS, sendo 15 na Santa Casa (10 adultos e 5 na ala infantil) e 10 para adultos no Hospital Universitário (HU-UFSCar). Na rede privada estão internados 2 pacientes na UTI adulto, todos com resultado positivo para COVID-19. Já na enfermaria adulto 4 pacientes estão internados na rede particular, sendo 3 com resultado positivo para a doença e 1 com suspeita da COVID-19. Esses números já estão contabilizados no total de internações.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 9.583 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 7.886 pessoas já cumpriram o período de isolamento de 14 dias e 1.697 ainda continuam em isolamento. A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (febre, acompanhada de um ou mais sintomas como tosse, dor de garganta, coriza, falta de ar). 5.229 pessoas já realizaram coleta de exames, sendo que 4.193 tiveram resultado negativo para COVID-19, 1.034 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos positivos). 2 pessoas ainda aguardam o resultado. O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

SÃO PAULO/SP - De maneira dramática, o Palmeiras conquistou a edição de 2020 do Campeonato Paulista na tarde deste sábado. Derrotado pelo Corinthians na tumultuada decisão de 2018, o time dirigido por Vanderlei Luxemburgo venceu a revanche contra o arquirrival ao ganhar nos pênaltis por 4 a 3 após empate por 1 a 1 no tempo normal.

Em um primeiro tempo de poucas emoções, Willian chutou para grande defesa de Cássio. Na etapa complementar, após cruzamento de Matias Viña, Luiz Adriano marcou. Jô empatou de pênalti nos acréscimos e, nas cobranças, o jovem Patrick de Paula marcou o gol que garante o primeiro título estadual do Palmeiras desde 2008.

Os finalistas do Campeonato Paulista estrearão já na segunda rodada do Brasileiro, uma vez que os primeiros jogos acabaram adiados. Às 19h15 (de Brasília) de quarta-feira, o Corinthians enfrenta o Atlético-MG, no Mineirão. Já o Palmeiras pega o Fluminense às 21h30 do mesmo dia, no Maracanã.

O Jogo - A única chance de gol do primeiro tempo foi criada pelo Palmeiras logo no começo. Zé Rafael recebeu de Luiz Adriano pela esquerda e se enrolou com marcação, mas conseguiu cruzar. Willian completou com um chute forte e Cássio fez grande defesa.

Em uma saída errada de Zé Rafael com Matias Viña pela esquerda, Luan recuperou a bola, avançou pelo meio e tocou para Jô por trás da zaga. O atacante bateu na saída de Weverton e chegou a mandar a bola para as redes no rebate, mas a arbitragem marcou impedimento corretamente.

Palmeiras e Corinthians fizeram um primeiro tempo equilibrado e praticamente dividiram a posse de bola. No entanto, com os dois times jogando sem correr grandes riscos, os goleiros Weverton e Cássio não tiveram muito trabalho até o final a etapa inicial.

Com Bruno Henrique e Rony nos lugares de Gabriel Menino e Ramires, o Palmeiras conseguiu abrir o marcador no Allianz Parque logo aos 3 minutos do segundo tempo. Matias Viña cruzou da esquerda e Luiz Adriano subiu para cabecear no canto direito de Cássio.

Em desvantagem no marcador, o Corinthians teve dificuldades para articular boas oportunidades de empate. Na metade do segundo tempo, o time visitante pediu pênalti em lance envolvendo Marcos Rocha e Jô, mas o árbitro Luiz Flavio de Oliveira mandou seguir.

O Corinthians ficou em situação ainda mais complicada quando Tiago Nunes precisou tirar o lesionado Fagner para a entrada de Michel Macedo. Nos acréscimos, Gustavo Gomez cometeu pênalti sobre Jô. Na cobrança, o próprio centroavante empatou o jogo.

Nos pênaltis, Danilo Avelar, Sidcley e Jô converteram para o Corinthians. Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Patrick de Paula converteram para o Palmeiras. Michel Macedo e Cantillo erraram para o time alvinegro. Apenas Bruno Henrique errou pelo Palmeiras.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

Publicado em Esportes

Em mais uma classificação dominada pela Mercedes, Valtteri Bottas impediu a 92ª pole position de Lewis Hamilton e vai largar na primeira posição no GP dos 70 anos da Fórmula 1, em Silverstone (Inglaterra). Na última volta do Q3, o finlandês foi 0s063 mais veloz e alcançou sua segunda pole na temporada. Nico Hulkenberg foi a surpresa da classificação e ficou em terceiro, com a Racing Point - o alemão substitui o mexicano Sergio Pérez, diagnosticado com coronavírus.

Max Verstappen, da RBR, ficou em quarto no grid, mas é o único dos ponteiros que vai largar com pneus mais duros, já que marcou seu melhor tempo no Q2 com este composto, enquanto seus adversários usaram os médios.

Completaram os dez primeiros colocados, da quinta à décima posições, Daniel Ricciardo (Renault), Lance Stroll (Racing Point), Pierre Gasly (AlphaTauri), Charles Leclerc (Ferrari), Alexander Albon (RBR) e Lando Norris (McLaren).

 

 O GP dos 70 anos da Fórmula 1 começa às 10h10 (de Brasília) deste domingo, com transmissão ao vivo pela TV Globo. 

Resultado do Q1 na classificação do GP dos 70 anos da Fórmula 1 — Foto: Reprodução/FOM

 

*Por: GLOBO ESPORTE

Publicado em Esportes

SÃO CARLOS/SP - Um homem foi detido pela Polícia Militar, por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. A ocorrência ocorreu nesta última 6ª feira (07).

O 190 da PM foi acionado para atender uma denúncia de que um sujeito estaria ameaçando um outro indivíduo na Rua 79. Os Militares foram ao bairro Cidade Aracy II, e detiveram o suspeito, mas nada de ilícito ou ilegal estava em sua posse.

Porém, um ‘passarinho’ informou os PMs de que uma mulher já estaria levando a arma embora do local. A mulher foi abordada na Rua Felonta Sobrinho, e entregou a arma aos Policiais.

Diante dos fatos, o sujeito foi conduzido ao 2º DP e depois recolhido ao Centro de Triagem de São Carlos.

Publicado em Policial

ARARAQUARA/SP - A Polícia Civil da cidade de Araraquara registrou, na noite desta última sexta-feira (07), um caso de maus tratos praticado contra uma criança, de dois anos. A acusada de praticar a agressão é a mãe, de 35 anos.

De acordo com informações, três conselheiros tutelares foram até a residência da família, na área rural de Araraquara, após receber a denúncia. No local, os conselheiros questionaram a moradora, que confirmou ter agredido o filho porque, segundo ela, “perdeu a cabeça e a paciência”. A agressão provocou uma lesão na boca da criança.

O Conselho Tutelar levou o caso à delegacia e registrou um boletim de ocorrência (B.O).

 

 

*Por: Luís Antonio / PORTAL MORADA

Publicado em Araraquara

RIO DE JANEIRO/RJ - A ex-BBB20 Marcela Mc Gowan levou os seguidores à loucura depois de postar uma sequência de fotos de um novo ensaio fotográfico. Nesta sexta-feira (07), a médica esbanjou boa forma nos cliques ousados.

“Se você tivesse asas, pra onde voaria?”, escreveu Marcela na legenda.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Se você tivesse asas, pra onde voaria? ? pela maravilhosa @betaguido ? @suzanazanini.makeup

Uma publicação compartilhada por Marcela Mc Gowan (@marcelamcgowan) em

 

Recentemente, Marcela Mc Gowan fez seus seguidores ficarem de queixo caído ao compartilhar um novo visual.

Em uma sequência de fotos, a médica apareceu em uma escada mostrando o look deslumbrante e os cabelos pintados de rosa.

 

 

*Por: Geórgia Santiago / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

Outros hospitais geridos pela Ebserh também foram citados em ação nacional que reconhece os profissionais da saúde

 

SÃO CARLOS/SP - O Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos UFSCar (HU-UFSCar/Ebserh) está entre as instituições geridas pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) que foram citadas na primeira semana da campanha nacional "Quem está na linha de frente para cuidar de nossas vidas merece todos os elogios", promovida pela Controladoria-Geral de União (CGU). A campanha foi lançada para estimular a população a enviar mensagens positivas aos profissionais e instituições da Saúde no contexto da pandemia de Covid-19. 
Dentre os 40 hospitais que compõem a Rede Ebserh, o HU-UFSCar está entre os cinco da rede que tiveram elogios registrados na Fala.BR - plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da CGU - já nos primeiros dias da campanha. Para Ângela Leal, Superintendente do HU, esse destaque é muito importante, pois "é um reconhecimento ao trabalho de toda a equipe e serve como estímulo para enfrentar este difícil desafio [no combate à Covid-19]".

Campanha da CGU
A CGU lançou a campanha nacional com o objetivo de valorizar e reconhecer o trabalho dos profissionais da Saúde que estão atuando de forma desafiadora no combate à pandemia da Covid-19, em instituições federais, municipais e estaduais. As manifestações de apoio podem ser registradas na plataforma Fala.BR (https://bit.ly/2C3DT8W).

Ouvidoria HU
A campanha realizada pela CGU está alinhada com ação já desempenhada pelas ouvidorias dos hospitais da rede Ebserh. Durante a pandemia, a Ouvidoria do HU-UFSCar recebeu diversos elogios de pacientes e acompanhantes que foram atendidos pela equipe neste momento desafiador. "Minha mãe esteve internada no HU por quase uma semana e foi muito bem atendida por todos. Ela não encontra palavras para descrever o quão bem foi atendida nesse período de internação. Registro aqui o meu profundo agradecimento a todos que dedicaram tempo, carinho, atenção e o atendimento que minha mãe necessitava para que sua saúde fosse restabelecida" foi um dos depoimentos recebidos pelo Hospital.
Para o ouvidor do HU-UFSCar, Roger Taylor, a Ouvidoria atua como um mecanismo para o exercício da cidadania. "Por meio dela, o Hospital pode proporcionar importantes melhorias nos diversos serviços que são prestados, atendendo as necessidades dos seus usuários", defende Taylor.

Covid-19 no HU-UFSCar
O Hospital Universitário da UFSCar preparou sua estrutura e equipe para atendimento aos pacientes com Covid-19. São 10 leitos de UTI exclusivos para tratamento da doença, além de 44 leitos de enfermaria para casos leves e moderados. Todos os atendimentos são referenciados pela rede pública de saúde e as vagas são reguladas pela Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross) da Secretaria Municipal de Saúde de São Carlos. Desde o início da pandemia, foram atendidas mais de 2,2 mil pessoas na área Covid-19, com 176 pacientes que testaram positivo para a doença. Até hoje, dia 7 de agosto, o HU tem 21 pacientes internados, sendo 14 em enfermaria e 7 na UTI.
Para obter mais informações sobre a atuação da Rede Ebserh no combate à pandemia, acesse www.gov.br/ebserh.

Publicado em Coronavírus

RIO DE JANEIRO/RJ - Gracyanne Barbosa surpreendeu os mais de 8 milhões de seguidores no Instagram ao postar um clique do novo ensaio fotográfico. A musa fitness surgiu com um modelito de tirar o fôlego e impressionou os fãs com a boa forma.

“As mulheres precisam reconhecer o poder que elas têm e colocá-lo em prática. Nunca deixem que digam, que você não pode fazer algo por ser mulher, essa é a maior mentira que poderia existir!”, escreveu ela na legenda.

Recentemente, Gracyanne Barbosa postou uma nova foto deslumbrante no Instagram e deixou os seguidores impressionados.

 

*Por: Geórgia Santiago / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

MUNDO - O governo italiano aprovou nesta última sexta-feira (7) à noite um decreto com medidas no valor total de 25 bilhões de euros para ajudar a economia do país, duramente atingida pela pandemia da COVID-19.

Entre as principais medidas figura o escalonamento em dois anos do pagamento de impostos, que haviam sido suspensos em março, abril e maio devido à pandemia.

Com a norma, aprovada pelo conselho de ministros, "protegemos o emprego, apoiamos os trabalhadores, reduzimos os pagamentos fiscais, ajudamos as regiões, os coletivos locais e o sul. Seguimos apoiando os cidadãos, as empresas e os trabalhadores", comemorou o primeiro-ministro Giuseppe Conte em coletiva de imprensa.

Demissões só poderão ser realizadas após 18 semanas de desemprego técnico ou quatro meses de deduções fiscais para as empresas cujos funcionários voltaram ao trabalho.

Para as regiões do sul do país, menos desenvolvidas, será implementado um sistema fiscal mais vantajoso. As empresas com sede nestas regiões terão uma dedução de 30% nas cotizações sociais a partir de outubro e até dezembro de 2020.

Em relação às atividades de cruzeiros e férias comerciais, "não queremos novas restrições", explicou Conte. O novo decreto "prevê a reativação dos navios de cruzeiro a partir de 15 de agosto" e a retomada das férias "a partir de 1º de setembro".

A ajuda de custo emergencial, de 400 a 800 euros, será prolongada.

O governo mobilizou também cerca de 500 milhões de euros para pagar as horas extras dos profissionais da saúde.

Enquanto a Itália enfrenta, assim como outros países, um ressurgimento de surtos de coronavírus, Conte anunciou a prorrogação "de medidas de precaução mínimas: uso de máscara obrigatório, distanciamento físico de um metro, proibição de aglomerações, lavagem frequente das mãos" até 7 de setembro.

 

 

*Por: AFP

Publicado em Economia

SÃO PAULO/SP - A pesar da melhora em julho, a indústria automobilística produziu neste ano metade do volume registrado de janeiro a julho de 2019 e segue reduzindo o quadro de pessoal. No mês passado, foram fechadas 1,5 mil vagas. No ano, foram 3,1 mil cortes, enquanto a produção chegou a 900 mil veículos – 48,3% inferior aos números do ano passado.

“Se não ocorrer uma retomada mais forte na economia, devem vir mais cortes”, diz o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Carlos Moraes. Segundo ele, demitir pessoal qualificado é a última opção das empresas, mas há “limites” para a manter vagas se o mercado não reagir. O setor emprega hoje 122,5 mil pessoas.

A conta de cortes inclui os 747 trabalhadores demitidos pela Renault no Paraná, onde o sindicato dos metalúrgicos local obteve na Justiça liminar suspendendo as dispensas. Empresa e sindicato retomaram negociações para buscar um acordo.

As montadoras trabalham com projeção de queda de 40% nas vendas este ano, para 1,67 milhão de unidades, incluindo caminhões e ônibus. Antes da pandemia, a previsão era de chegar a 3 milhões de unidades, volume agora previsto apenas para 2025. Essa queda, afirma Moraes, vai representar perda de receita de até R$ 80 bilhões nos resultados esperados pelo setor no início do ano.

Nas novas projeções, mesmo com um crescimento contínuo nos próximos anos, a indústria deixará de vender, ao longo de seis anos, entre 6 milhões e 7 milhões de veículos. Segundo Moraes, o cenário previsto antes da covid-19 com base nas expectativas de alta do PIB brasileiro era chegar em 2025 com vendas na casa de 4 milhões de veículos.

Com todas as fábricas operando, ainda que em ritmo reduzido após vários meses de paralisação por causa do coronavírus, a produção aumentou 73% em julho, ante junho, com 170,3 mil unidades, mas foi 36,2% menor que a de julho de 2019. Já as vendas no ano caíram 36,6%, para 983 mil veículos, e as exportações recuaram 43,7%, para 148,7 mil unidades.

 

Metas de emissões

Diante do desempenho mais fraco que o previsto para os próximos anos, a Anfavea tenta junto ao governo atrasar em dois a três anos o cumprimento de metas de redução de emissões de poluentes estabelecidas no programa Rota 2030, e previstas para entrar em vigor gradualmente entre 2022 e 2025.

Além da dificuldade em dispor dos R$ 12 bilhões de investimentos previstos para novos projetos, as empresas alegam que suspenderam testes durante a paralisação causada pela covid-19 e, mesmo aqueles feitos anteriormente, terão de ser refeitos. “O cronograma físico foi comprometido”, diz Moraes.

O executivo afirma que os automóveis atuais evoluíram muito em relação a níveis de emissões e reclama da falta de programas governamentais, como o de renovação da frota e o de inspeção veicular que, se adotados, trariam ganhos ambientais. “A frota antiga polui 28 vezes mais que a atual”, diz. A Anfavea voltou a discutir com o governo nova proposta de renovação de frota.

Outra preocupação é que, na transição do sistema tributário atual para outro após a reforma tributária, os créditos de R$ 25 bilhões que o setor tem a receber em impostos pagos (e que deveriam retornar às empresas) virem pó. “Poderíamos usar esse dinheiro para pagar despesas e fazer investimentos, mas estamos financiando o Estado.”

 

 

*Por: Cleide Silva / ESTADÃO

Publicado em Economia

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31