fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 26 Agosto 2020

A cerimônia ocorreu de modo virtual. Maria Gabriela Campos e Murilo Moreira foram os premiados.

 

SÃO CARLOS/SP - O Prêmio Sérgio Mascarenhas foi entregue na manhã de quarta-feira (26/08) em cerimônia virtual organizada pela Associação de Ex-Alunos de Engenharia de Materiais da UFSCar (DEMaEx). O Prêmio é entregue anualmente, desde 2011, a estudantes com elevado desempenho dentre os concluintes da graduação em Engenharia de Materiais.

Tradicionalmente concedido a uma concluinte e a um concluinte, neste ano os premiados foram Maria Gabriela Garcia Campos e Murilo Henrique Moreira. A cerimônia foi conduzida pelo doutorando Bráulio Oliveira e contou com a ilustre participação do Professor Sérgio Mascarenhas, um dos idealizadores do curso de Engenharia de Materiais da UFSCar - e, também, proponente desta premiação.

Aos 92 anos, o Prof. Dr. Sérgio Mascarenhas ressaltou que o tempo é a grandeza da vida humana. "O tempo, pela Física, é irreversível. No entanto, posso utilizar a juventude do Murilo e da Maria Gabriela, me ver transportado no tempo e, com isso, podemos integrar relações: esta é a essência da evolução e do progresso", afirmou o Professor. Mascarenhas também agradeceu pela presença da Reitora da Universidade, Profa. Dra. Wanda Hoffmann, e lembrou que a Reitora é ex-aluna do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa) da Instituição.

Os premiados, Murilo e Maria Gabriela, apresentaram a importância dos estudantes estarem presentes no dia a dia do Departamento e buscando novos desafios na Universidade. Ambos trabalharam junto ao Laboratório de Análise em Múltiplas Escalas (GEM), conduzido pelo Prof. Dr. Victor Carlos Pandolfelli. Em sua fala, o Professor expressou a relevância de se atuar de modo multidisciplinar: "Os dois novos engenheiros, hoje premiados, aplicam os conhecimentos obtidos de forma multidisciplinar. Esta necessidade aprendemos bem com o Professor Sérgio Mascarenhas que, pioneiro ao idealizar um curso de Engenharia de Materiais na América Latina, também nos mostra a necessidade de avançarmos rumo a uma Engenharia de Sistemas Complexos", finalizou Pandolfelli.

Reitora da UFSCar, Wanda Hoffmann, parabenizou os ganhadores do prêmio e a todos os estudantes que receberam menção honrosa da DEMaEx; também agradeceu aos organizadores do evento, professores, técnicos e gestores do Departamento pelo trabalho em prol da Universidade. "Neste ano a UFSCar completa 50 anos. O curso de Engenharia de Materiais é parte desta história e impacta a sociedade. Com uma formação sólida, técnico-cientifica, interdisciplinar e empreendedora, os formados são capazes de responder aos desafios colocados pela sociedade e pelas empresas. Além da formação técnica, os egressos também se destacam por sua atuação social e humanística", completou a Reitora da UFSCar.

Publicado em Educação

O atendimento na nova sede terá início na próxima segunda-feira

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde e o Departamento de Regulação, Controle e Avaliação (DRCA) estarão fechados nesta sexta-feira (28/08) em virtude da mudança de endereço. A partir da próxima segunda-feira (31/08) o atendimento presencial será retomado na nova sede, localizada na avenida São Carlos, n.º 947, no centro, no prédio do antigo pronto socorro. O local foi recentemente reformado pela Prefeitura de São Carlos, um investimento de R$ 434.361,07, já que o equipamento público ficou muitos anos abandonado e sem utilização.

O Departamento de Regulação, Controle e Avaliação (DRCA), responsável pelo agendamento de transporte de pacientes que fazem tratamento em outros municípios, cadastro de cirurgias e agendamento de exames, informa os usuários do sistema SUS que os agendamentos de viagens poderão ser realizados via whatsapp no (16) 99721-5893. Já informações sobre cirurgias podem ser solicitadas pelo whatsapp (16) 99733-2355. 

A Secretaria de Saúde informa, ainda, que a partir de segunda-feira (31/08) o atendimento da pasta será realizado pelos seguintes telefones: (16) 3368-7400, 3372-6592, 3372-3380 ou 3374-2662.

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - Geisy Arruda deixou todo mundo acordado na madrugada desta quinta-feira (27) e a musa se divertiu para valer nas redes sociais!

Ela resolveu mexer com a imaginação da galera, interpretando uma personagem mais romântica ao posar em frente ao espelho com um modelito rosa de tom pastel e seu ursinho de pelúcia, que ela brincou dizendo que era a namorado de seu cachorrinho, Mike.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Oie!! Vocês conhecem a Belinha ? ? É meu ursinho e a namorada do Mike. Prazer! ? #boanoite

Uma publicação compartilhada por Geisy Arruda (@geisy_arruda) em

 

Em questão de horas, o clique já ultrapassa as 28 mil curtidas no perfil de Geisy.

Recentemente, Geisy Arruda mostrou que está se aventurando no mundo das maquiagens e deu o que falar na web. Na noite desta quarta-feira (26), a musa postou uma sequência de selfies com uma make encantadora.

 

 

*Por: Gabriela Ellin / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

MUNDO - A relação já frágil entre Grécia e Turquia começou a se agravar no dia 10 de agosto, quando um navio turco de prospecção de petróleo iniciou pesquisas perto da ilha grega de Castelorizo, que tem uma área de apenas 9 km² e 500 habitantes. O navio foi escoltado por cinco embarcações de guerra turcas e acendeu alerta vermelho das autoridades gregas, que, em resposta, também passaram a vigiar as águas do entorno.

França, Itália e Chipre acabam de se juntar ao governo de Atenas. Esses país preveem realizar até sexta-feira (28) exercícios navais e aéreos na região. A ministra francesa das Forças Armadas, Florence Parly, publicou que “o respeito pelo direito internacional deve ser a regra e não a exceção” e que “não deve ser um parque de diversão para as ambições de alguns”, em referência ao governo de Ancara.

 

Disputa para além dos hidrocarbonetos

A Turquia não está de acordo com o limite de sua influência marítima, considerando a proximidade de ilhas gregas em sua costa. Portanto, não aceita ficar limitada a uma estreita faixa de água devido à extensão da plataforma continental da Grécia. Nesse cenário atual, por exemplo, a minúscula Castelorizo é um entreposto grego que fica a 500km da costa da Grécia e somente a 2km da Turquia.

Também entra para este turbulento convívio a ilha de Chipre. A União Europeia considera o Norte do território como parte da República de Chipre e as águas ao seu redor como pertencentes à Zona Econômica Exclusiva, o que significa que os países do bloco europeu, do qual a Grécia faz parte, têm o direito exclusivo de pescar, explorar e realizar atividades econômicas na área. Mas, como a Turquia reconhece o Norte de Chipre como independente e parte de seu território desde a ocupação, em 1974, Ancara diz que tem todo o direito de navegar por toda essa área.

 

UE trata impasse com cautela

A União Europeia, em julho do ano passado, já impôs sanções à Turquia justamente por também fazer perfurações de exploração na costa norte de Chipre. Nesta semana, o chanceler da Alemanha, país que detém a presidência rotativa da União Europeia, foi para Atenas e para Ancara tentar acalmar a disputa entre os dois países, que são membros da OTAN, e encorajá-los a dialogar sobre a delimitação marítima.

Mas, após o anúncio do exercício militar europeu no Mediterrâneo, o presidente turco, Tayyip Erdogan, alertou que a Turquia não fará nenhuma concessão para defender seus interesses e pediu que a Grécia se abstenha de cometer quaisquer "erros" o que levaria à sua "ruína".

Em resposta a essa crise, a Grécia anunciou que vai estender suas águas territoriais de seis para doze milhas náuticas (de 11 para 22 quilômetros) ao longo de sua fronteira com a Itália - um movimento permitido dentro do direito internacional. O governo grego qualificou essa postura como o fim de anos de uma política externa "passiva".

 

Cada um busca seus próprios aliados

Na última semana, Grécia e Egito também assinaram um acordo de delimitação de jurisdição marítima no Mediterrâneo, que o governo de Ancara considera inválido pois estaria dentro da plataforma continental turca, segundo nota do Ministério das Relações Exteriores da Turquia reportada à ONU.

Vale ressaltar que essa manobra grega agravou a inimizade entre Turquia e Egito, iniciada com a queda da Irmandade Muçulmana, um regime aliado de Erdogan. Ancara e Cairo também estão em lados opostos no conflito na Líbia. Enquanto o Egito apoia as milícias do general Khalifa Haftar, a Turquia está ao lado do governo líbio - apoiado pelas Nações Unidas. A Turquia também assinou com Trípoli, em novembro passado, um pacto marítimo que desconsidera a zona da ilha grega de Creta, no meio da rota, no Mediterrâneo. 

 

Mar Negro: esperança turca de independência energética

Além de entrar na briga pela divisão de reservas do Mediterrâneo, a Turquia anunciou, na sexta-feira (21), a maior descoberta de gás natural no Mar Negro. Para a economia, que não vai nada bem, é a possibilidade de o país se tornar produtor de energia.

Tayyip Erdogan afirmou se tratar de uma reserva de 320 bilhões de metros cúbicos, o que representa sete vezes mais o que Ancara importa todo ano de gás.  A exploração deve começar em 2023, segundo palavras do presidente turco.

Isso também representa um futuro menos dependente da Rússia, de onde vem 30% do consumo interno, e do Irã, de onde vem 17%. Também significa mais poder na mesa de negociação com a comunidade internacional e, claro, mais força, para Erdogan, que insiste que ninguém vai detê-lo na expansão dos seus horizontes. A Turquia mostra, com a prospecção marítima, como sua política externa é comparável, para alguns analistas, com uma versão contemporânea do antigo Império Otomano.

 

 

*Por: Fernanda Castelhani, correspondente da RFI em Istambul

Publicado em Política

PORTO FERREIRA/SP - Uma pessoa ficou ferida em um acidente entre duas carretas na noite desta última quarta-feira (26), na (SP-330) km 233+500 da Rodovia Anhanguera em Porto Ferreira.

Segundo informações, por volta das 21h, uma carreta acabou colidindo na traseira de outra carreta que carregava 25 toneladas de laranja.

Segundo a concessionária Intervias que administra o trecho, a Rodovia ficou interditada por vinte minutos para a retirado do motorista que ficou preso nas ferragens. Após o trânsito foi fluindo lentamente, chegando a 4 km de congestionamento, liberando as faixas às 22:30h.

Uma equipe da concessionária realizou a retirada dos veículo e limpeza do local, já que parte da carga de laranja ficou espalhada sobre a faixa da direita e acostamento.

O motorista da carreta foi socorrido e encaminhado para o Hospital Dona Balbina em Porto Ferreira.

 

 

*Por: REVISTA DAQUELE MODELO

Publicado em Outras Cidades

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito publica no Diário Oficial dessa quinta-feira (27/08) a data das audiências públicas necessárias para o procedimento licitatório do transporte público coletivo.

Em virtude da pandemia do novo coronavírus as audiências serão realizadas virtualmente pela modalidade de videoconferência. A 1ª audiência acontece no dia 15/09/2020 e a 2ª no dia 06/10/2020. Todas começam a partir das 19h em auditório virtual e serão transmitidas ao vivo pelo site http://audienciatransporte.saocarlos.sp.gov.br/. Para participar ao vivo por videoconferência será necessário o acesso através da ferramenta Google Hangouts, cujo link será disponibilizado nas datas das audiências no site citado acima. As manifestações poderão ser realizadas no período de até três minutos, sendo que a duração das audiências públicas será de duas horas.

Para participar através de requerimento serão disponibilizados os seguintes canais nos períodos de 31/08/2020 a 14/09/2020 para a 1ª audiência e de 21/09/2020 a 02/10/2020 para a 2ª audiência.  Por escrito as manifestações devem ser entregues na Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito, localizada na rua Nove de Julho, nº 1.420, no centro. O horário de atendimento será das 9h às 15h, de segunda a sexta-feira (exceto feriados). Já por meio eletrônico as manifestações devem ser enviadas para http://audienciatransporte.saocarlos.sp.gov.br.

Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Publicado em Trânsito

SÃO PAULO/SP - O feirão online Serasa Limpa Nome acaba na segunda-feira (31). O programa oferece oportunidade de quitar dívidas entre R$ 200 e R$ 1 mil por até R$ 100. A campanha de renegociação, que é realizada pela segunda vez neste ano, teve início no final de julho.

O objetivo do Serasa é atingir cerca de 25 milhões de consumidores. As empresas participantes do programa são: Tricard, Recovery, Ativos, Credsystem, Avon, Pernambucanas, Casas Bahia, Ponto Frio, Anhanguera, Unopar, Pitagoras, Vivo, entre outras.

Como participar?

Para participar da campanha, o consumidor deve acessar o site do Serasa Limpa Nome, informar seu CPF e senha, ou realizar o seu cadastro na plataforma. Após o login, é possível conferir as ofertas disponíveis para o seu CPF, realizar a negociação e emitir o boleto para o pagamento da dívida.

As renegociações também estão disponíveis no aplicativo da Serasa e pelo Whatsapp no número (11) 9 8870-7025. As agências de atendimento presencial do Serasa permanecem fechadas em decorrência da pandemia de coronavírus.

 

 

*Por: istoedinheiro.com.br

Publicado em Economia

SÃO PAULO/SP - O produtor musical Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27) aos 71 anos de idade. A informação é do jornalista Felipeh Campos, do Programa A Tarde é Sua.

Segundo ele, Saccomani, que era jurado no programa do Ratinho, estava em tratamento renal há dois meses e, por conta disso, fazia hemodialise num centro de tratamento montado exclusivamente para ele em sua residência.

Ainda de acordo com o jornalista Felipeh Campos, o velório será no Parque Memorial Paulista, em Embu das Artes, SP.

 

 

*Por: REDETV!

Publicado em Celebridades

BRASÍLIA/DF - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (26) o projeto de lei que reformula a Lei de Falências com a possibilidade de financiamento na fase de recuperação judicial, de parcelamento de dívidas tributárias federais e de apresentação de plano de recuperação por credores. O texto segue para análise do Senado.

De acordo com o texto, se autorizado pelo juiz, o devedor em recuperação judicial poderá fazer contratos de financiamento, inclusive com seus bens pessoais em garantia, para tentar salvar a empresa da falência.

Se a falência for decretada antes da liberação de todo o dinheiro do financiamento, o contrato será rescindido sem multas ou encargos. Esse financiamento poderá ser garantido com bens da empresa, como maquinários e prédios, por meio de alienação fiduciária ou mesmo na forma de garantia secundária. Se houver sobra de dinheiro na venda do bem, ela será usada para pagar o financiador.

Ainda que credores recorram da autorização de financiamento e ganhem o recurso, os valores adiantados pelo financiador e as garantias ficam de fora do rateio da massa falida entre os demais credores, sendo pagos por fora (extraconcursal).

Ao contrário da proibição atual de incluir créditos trabalhistas ou por acidente de trabalho na recuperação extrajudicial, o substitutivo do relator Hugo Leal (PSD-RJ) permite sua inclusão se houver negociação coletiva com o sindicato da respectiva categoria profissional.

Parcelamento

O projeto amplia a possibilidade de parcelamento de dívidas com a União para a empresa que tiver pedido ou tiver aprovada a recuperação judicial. O texto aumenta o número de prestações, de 84 para 120 parcelas, e diminui o valor de cada uma. É criada ainda outra opção, com a quitação de até 30% da dívida consolidada e o parcelamento do restante em até 84 parcelas.

Para pagar essa entrada, a empresa poderá usar 25% do prejuízo fiscal e 9%, 17% ou 25%, conforme o tipo de empresa, da base de cálculo negativa da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). O devedor poderá optar também por outro parcelamento criado por lei federal em vigor no momento.

Condições

Como condições para aderir ao parcelamento, o devedor assinará termo de compromisso pelo qual fornecerá ao Fisco informações bancárias e de comprometimento de valores a receber, além de direcionar ao pagamento da dívida até 30% do produto da venda de bens realizada durante o período de vigência da recuperação judicial.

Caso a empresa deixe de pagar parcelas, se for constatado esvaziamento patrimonial para fraudar o parcelamento ou as condições sejam descumpridas, o parcelamento será cancelado e o débito total exigido.

Uma segunda modalidade de parcelamento é em até 24 meses e inclui débitos atualmente proibidos de parcelar, como aqueles de tributos com retenção na fonte ou de terceiros (imposto de renda do empregado, por exemplo) e o IOF. As microempresas e as pequenas empresas contarão com prazos 20% maiores (cerca de 29 meses).

O relator incluiu ainda a previsão de uso da chamada transação tributária, prevista na Lei 13.988/20. Nessa modalidade, o governo ou o devedor propõe descontos para quitar a dívida. No texto do projeto, o prazo máximo de quitação será de 120 meses.

Para pessoas físicas, micro e pequenas empresas, o prazo pode chegar a 145 meses e o desconto máximo a 70% do devido. Se a empresa desenvolve projetos sociais, o prazo pode ser aumentado em 12 meses, nos termos do regulamento da lei.

Nessa transação, o devedor também terá de fornecer à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) informações bancárias e empresariais e manter regularidade fiscal.

O texto permite aos devedores em recuperação judicial pedir a repactuação de acordo desse tipo já firmado. O prazo para o pedido será de 60 dias da publicação da futura lei.

Plano de credores

Na hipótese de o plano de recuperação judicial do devedor ser rejeitado, a assembleia poderá aprovar prazo de 30 dias para a apresentação de um plano de recuperação da empresa pelos credores.

Esse plano deverá cumprir algumas condições, como apoio de credores que representem mais de 25% dos débitos ou de credores presentes na assembleia que representem mais de 35% dos créditos. Não poderá ainda haver imposição, aos sócios do devedor, de sacrifício de seu capital maior do que viria da falência. O texto também condiciona a decretação da falência à rejeição do plano de recuperação dos credores ou à sua não apresentação.

A falência será decretada ainda se o devedor descumprir o parcelamento de dívidas tributárias prevista no projeto ou se for identificado esvaziamento patrimonial da empresa que implique em prejuízo dos credores.

Negociações anteriores

Outra novidade do projeto é a permissão de negociações anteriores ao processo de recuperação judicial, inclusive com suspensão, por 60 dias, das execuções de títulos de crédito contra o devedor.

Essas negociações poderão ser entre sócios da empresa em dificuldades, nos conflitos envolvendo concessionárias ou permissionárias de serviços públicos em recuperação judicial e os órgãos reguladores.

Em períodos de calamidade pública, como no caso da pandemia de covid-19, o texto permite essa negociação antecipada para garantir a prestação de serviços essenciais se relativa a créditos que não entrarão na disputa com os demais credores, os créditos extraconcursais.

A maior parte das mudanças feitas pelo projeto poderá ser aplicada aos processos em andamento.

 

 

*Com informações da Agência Câmara

Por  Agência Brasil*

Publicado em Política

MUNDO - A tenista japonesa Naomi Osaka anunciou na última quarta (26) que não disputará a semifinal do WTA de Cincinnati (EUA), programada para esta quinta, como forma de protestar contra a injustiça racial.

A jogadora, que ocupa a 10ª posição do ranking mundial, fez o anúncio com uma postagem em seu perfil no Twitter no qual afirmou: “antes de ser uma atleta, sou uma mulher negra”.

O anúncio de Osaka foi feito após jogadores da NBA se negarem a entrar em quadra para disputarem jogos dos playoffs como forma de protesto contra a injustiça racial.

As ações acontecem após o caso Jacob Blake, no qual o homem negro foi baleado pelas costas pela polícia em Kenosha, Wisconsin, no último domingo (23).

 

 

*Por: AGÊNCIA BRASIL

Publicado em Esportes

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Agosto 2020 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31