fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Domingo, 16 Mai 2021

 

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos recebeu na última sexta-feira (14/05), o presidente e vice do Sindicado dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Carlos (SINDSPAM), respectivamente, Adail Alves de Toledo e Lucinei Custodio, em reunião do Paço Municipal.
Os representantes do Sindicato foram recebidos pelo prefeito Airton Garcia e pela secretária de Gestão de Pessoas, Helena Antunes e pelos secretários de Fazenda, Mário Luiz Duarte Antunes, de Planejamento e Gestão, Luiz Antonio Panone, pelo chefe de gabinete da Prefeitura, José Pires (Carneirinho) e pela procuradora Gabriela Leite.
Na ocasião foram discutidas possibilidades de abono aos servidores para recompor as perdas salariais desde que a justiça determinou a paralisação do pagamento do 14º salário, salário esposa e prêmio de assiduidade.  A decisão atingiu todos os servidores da Administração Direta e Indireta da Prefeitura Municipal, SAAE, Fundações (Pró-Memória) FESC e PROHAB e a Câmara Municipal que desde fevereiro não recebem mais esses benefícios.
Na reunião o SINDSPAM foi informado pelo secretário de Fazenda, Mário Luiz Duarte Antunes, que o município desde a decisão judicial contrária as leis municipais, os recursos estão sendo depositados mensalmente em uma conta exclusiva. "Por determinação do prefeito Airton Garcia esses recursos estão reservados, não sendo utilizados para nenhum outro fim. Já temos reservados R$ 7,5 milhões", revelou o secretário de Fazenda.
O presidente do SINDSPAM solicitou que a Prefeitura enviasse a Câmara Municipal um projeto de lei para a criação de dois abonos para os servidores.
O prefeito Airton Garcia alegou que neste momento não tem amparo legal para dar abono salarial. Sempre fizemos o possível para atender os servidores. Mas agora é necessário aguardamos a decisão judicial. Hora que sair discutiremos o que poderá ser feito. Não adianta enviar projeto agora para a Câmara e poder pagar só em janeiro de 2022", pontuou o prefeito.
Já o secretário de Planejamento e Gestão, Luiz Antonio Panone, disse que o Sindicato precisa dar um voto de confiança a Prefeitura. "Em virtude da pandemia todos os orçamentos estão sendo revistos. Neste momento não temos embasamento Jurídico legal para oferecer abono. Vamos aguardar janeiro para definir essa possibilidade ", ressaltou Panone.

Continua depois da publicidade


Helena Antunes disse que assim que o momento permitir novas medidas poderão ser adotadas para repor as perdas salariais. "Agora não podemos falar em números. Não podemos pedir agora abono para janeiro de 2022, precisamos aguardar, inclusive o gatilho. Se a despesa atingir 95% da receita, a lei não permite", frisou a secretária de Gestão de Pessoas.
Hoje 2 mil servidores estão afastados em virtude da pandemia. A administração direta tem cerca 5 mil servidores.
A folha de pagamento do funcionalismo ultrapassa R$ 21 milhões, sendo R$ 6 milhões de INSS e R$ 1,7 milhão de FGTS.

LEI FEDERAL -  A Lei Complementar 173/2020, editada pelo Congresso Nacional e sancionada pela Presidência da República em 27 de maio de 2020, que estabelece o Programa Federativo de Enfrentamento ao coronavírus SARS-CoV-2 (COVID-19),  flexibilizou alguns dispositivos da Lei de Responsabilidade Fiscal e permitiu que a União repassasse recursos públicos para que os Estados, o Distrito Federal e os Municípios enfrentassem a pandemia do novo coronavírus em 2020, porém a nova legislação estabeleceu restrições orçamentárias especialmente voltadas para despesas com pessoal, para os entes federados que se submeterem a esse regime fiscal diferenciado, caso de São Carlos que recebeu recursos. Dentre as medidas, ressalta-se as disposições do artigo 8º da nova lei, que veda a concessão da revisão geral anual aos servidores públicos.
São Carlos recebeu R$ 28 milhões, divididos em 4 parcelas de R$ 7 milhões cada, de auxílio emergencial do Governo Federal para enfrentamento a COVID-19, porém a Prefeitura reajustou pelo IPCA o valor do Ticket Refeição, passando de R$ 550,00 para R$ 578,60, com os mesmos percentuais de desconto por faixa salarial, a partir de 01/03/21. O reajuste somente foi possível porque a lei municipal é anterior a 28 de maio de 2020.

Publicado em Outras Notícias

 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta segunda-feira (17/05) mais 2 mortes por COVID-19 no município, totalizando 326 óbitos.
Trata-se de uma mulher de 81 anos, internada em hospital privado desde 10/05 e óbito registrado neste domingo (16/05) e de uma mulher de 63 anos atendida e colocada em leito de estabilização no Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho, com resultado positivo para COVID-19, que evoluiu a óbito na manhã desta segunda-feira (17/05). A paciente já tinha sido cadastrada na CROSS (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde) com solicitação de transferência para hospital público.
Também morreram dois pacientes de outros municípios que estavam internados em hospitais de São Carlos. Um homem de 80 anos de Descalvado, internado em hospital privado desde 07/05 que morreu neste domingo (16/05) e uma mulher de 70 anos de Ibaté, internada em hospital público desde 29/03 que morreu nesta segunda-feira (17/05).
São Carlos contabiliza neste momento 18.354 casos positivos para COVID-19 (137 resultados positivos foram divulgados hoje), com 326 óbitos confirmados e 129 descartados.
Dos 18.354 casos positivos, 16.833 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 24 óbitos sem internação, 1.497 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.108 receberam alta hospitalar e 302 positivos internados foram a óbito.  17.671 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 35.547 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (308 resultados negativos foram liberados hoje).
Estão internadas neste momento 105 pessoas, sendo 38 adultos na enfermaria (37 positivos e 1 suspeito). Nove pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), unidades para pacientes que recebem alta da UTI e ainda necessitam de cuidados. No total na

Continua depois da publicidade

UTI adulto estão internadas 56 pessoas (56 positivos). Somente na UTI/SUS 36 adultos ocupam leitos. Já na enfermaria/SUS estão internadas 11 pessoas adultas. Na rede particular 29 pessoas estão internadas na enfermaria e 20 na UTI.
Na enfermaria SUS 2 crianças estão internadas, sendo 1 com suspeita da doença e 1 com resultado negativo para COVID-19. Nenhuma criança ocupa vaga de UTI neste momento.
15 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 9 em UTI/SUS e 1 em UTI de hospital particular. 2 pacientes de outros municípios estão internados em enfermaria do SUS e 2 estão em enfermaria de hospital particular. Na UCI 1 paciente de outro município ocupa vaga neste momento.
A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 97,3% (36 adultos estão internados). Neste momento a cidade opera com 37 leitos de UTI/SUS para adultos, sendo 27 na Santa Casa e 10 no Hospital Universitário (HU).

UPA – 10 pessoas estão neste momento sendo atendidas em leito de estabilização da UPA Santa Felícia, todos casos de baixa e média complexidade. Todos os pacientes já estão cadastrado e aguardam transferência via CROSS.

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 63.746 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 61.862 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 1.884 ainda continuam em isolamento domiciliar.
A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 41.523 pessoas já realizaram coleta de  exames, 29.550 tiveram resultado negativo para COVID-19, 11.716 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 257 aguardam resultado de exame.
O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

SÃO PAULO/SP - A Federação Paulista de Futebol (FPF) definiu nesta segunda-feira, em reunião virtual do Conselho Técnico, as datas das finais do Campeonato Paulista entre Palmeiras e São Paulo.

A partida de ida acontece nesta quinta-feira, às 22h, no Allianz Parque. A volta será disputada no domingo, às 16h, no estádio do Morumbi.

Com melhor campanha durante a competição, o São Paulo terá a chance de jogar a partida que decide o título em seus domínios. Na classificação geral, o Tricolor terminou a primeira fase da competição com 27 pontos, enquanto o Palmeiras somou 21.

Continua depois da publicidade

Antes de entrarem em campo pela decisão do Estadual, os dois times têm compromissos pela Libertadores nesta terça-feira. O Alviverde encara o Defensa y Justicia, às 19h15, no Allianz Parque. A equipe de Hernán Crespo recebe o Racing, às 21h30, no Morumbi.

 

 

*Por: GAZETA ESPORTIVA

Publicado em Esportes

Equipamentos de proteção serão usados pela equipe do Hospital

 

SÃO CARLOS/SP - Na semana passada, o Hospital Universitário da Universidade Federal de São Carlos (HU-UFSCar/Ebserh) recebeu a doação de 2,5 mil luvas nitrílicas e 500 máscaras do modelo N95 do Grupo Casale, empresa com sede em São Carlos. 

O material é indispensável para os cuidados ao paciente e será utilizado pelos profissionais de saúde do HU que atuam na linha frente no combate à Covid-19. Os insumos recebidos são suficientes para um mês.

Continua depois da publicidade

Para Gilberto Taboga, gerente administrativo do HU, a doação é muito importante para o atendimento no Hospital. "Por conta da pandemia, temos enfrentado alguns problemas para a compra desses materiais, já que os fornecedores não estão conseguindo entregar a quantidade necessária, no tempo adequado. A doação deste material é muito importante para garantir o atendimento de qualidade e a segurança dos nossos funcionários", aponta.

Desde o início da pandemia, o Hospital já recebeu diversas doações de equipamentos, insumos e materiais voltados ao atendimento dos pacientes e segurança dos profissionais. A equipe do HU-UFSCar agradece o empenho da sociedade civil e de empresas no apoio fundamental à Instituição neste momento de combate à pandemia.

Publicado em Coronavírus

O flagrante aconteceu na cidade de Maracaí; um homem foi detido por descaminho

 

MARACAÍ/SP - A Polícia Militar apreendeu, na manhã da última sexta-feira (14), 177 mil itens, entre eletrônicos, roupas e cigarros, contrabandeados. Um paraguaio, de 38 anos, foi detido durante o flagrante, que foi realizado próximo ao km 481 da Raposo Tavares, na área do município de Maracaí.

Uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), do 2º Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv), estava em patrulhamento no âmbito da Operação Paz e Proteção, quando abordou um caminhão, sendo que o motorista apresentou respostas desconexas sobre o motivo da viagem.

Continua depois da publicidade

Foi então realizada vistoria no interior do baú, onde foram encontrados 450 aparelhos que trazem recursos de uma smart TV; 25 fardos de jaquetas, totalizando 2,5 mil unidades; 75 fardos de camisetas, somando 22,5 mil peças; 150 caixas de óculos, totalizando 150 mil unidades; e duas caixas de cigarros, somando 2 mil maços.

As mercadorias eram oriundas do Paraguai e estavam desprovidas de documentação fiscal. A ocorrência foi apresentada na Delegacia da Polícia Federal em Marília. O motorista do veículo foi indiciado por descaminho e liberado após o pagamento de fiança.

Publicado em Outras Cidades

SÃO CARLOS/SP - Foi aprovado por unanimidade na última sessão plenária da Câmara Municipal de São Carlos o projeto de lei de autoria do vereador Aleksander Fernandes Vieira – Malabim (PTB) que institui o Dia Municipal em Memória às Vítimas da Covid-19.

Continua depois da publicidade

A data será celebrada em 5 de abril, em razão do registro da primeira morte pela doença em São Carlos. Com isso, o vereador visa homenagear as centenas de pessoas que infelizmente perderam a vida pela doença no município.

“A data pretende não deixar cair no esquecimento os momentos de dor, medo e incertezas que a pandemia provocou em todos nós, enfatizando a importância da manutenção, difusão e valorização do sistema público e gratuito de saúde do povo brasileiro, que foi fundamental para salvar muitas vidas do município, bem como em todo o Brasil”, afirmou Malabim.

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - Ana Maria Braga surpreendeu os fãs com uma mensagem nas redes sociais na manhã desta segunda-feira (17). A apresentadora costuma postar mensagens motivacionais em seu Twitter pela manhã.

“Namore com alguém que te faça quebrar a cama, não o coração”, disse Ana Maria no post. Na legenda, a apresentadora ainda escreveu: “Fica a dica menina!”

Continua depois da publicidade

Nos comentários, os seguidores da apresentadora se divertiram. “Ana Maria do céu! Eu jamais imaginei… Logo a senhora”, escreveu uma seguidora.

 

 

 

*Por: ISTOÉ GENTE

Publicado em Celebridades

Interessados podem se inscrever no processo seletivo até o dia 19 de maio

 

SÃO CARLOS/SP - Estão abertas as inscrições no processo seletivo para contratação de Consultor Sênior no projeto "Qualificação da atenção ofertada às pessoas idosas na atenção primária à saúde", do Departamento de Gerontologia (DGero) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Serão contratados imediatamente 10 profissionais. São duas vagas para cada uma das cinco regiões do Brasil (Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste, Sul). Outros 10 selecionados irão compor um cadastro reserva. Graduados em gerontologia podem participar.

Continua depois da publicidade

Os profissionais, que serão contratados em regime CLT para trabalhar 30 horas por semana, serão responsáveis por supervisionar sua equipe, elaborar um diagnóstico da região, coordenar e ministrar oficinas, além de desenvolver, dar suporte e acompanhar atividades de formação.

O processo seletivo é composto pela análise do currículo e entrevista. Serão avaliadas experiência, formação, versatilidade e proatividade. O salário mensal é de R$ 2.200, além de vale-alimentação de R$ 550. Os interessados devem enviar os documentos solicitados no edital para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., até o dia 19 de maio.

O resultado final será divulgado no dia 11 de junho no site da Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI) da UFSCar, em www.fai.ufscar.br. O edital do processo seletivo pode ser conferido na íntegra nesse mesmo endereço.

Publicado em Educação

SÃO CARLOS/SP - O 190 foi acionado, pois uma briga entre dois homens e uma mulher estaria ocorrendo na Rua Afonso Botelho de Abreu Sampaio, no Santa Felícia, em São Carlos.

De acordo com informações, os PMs foram ao local informado e lá avistaram um homem de 37 anos caído no solo, com alguns ferimentos, que inclusive teve que ser socorrido pelo SAMU até a Santa Casa.

Continua depois da publicidade

O agressor estava no local e ao ser questionado informou que deu uns chutes no sujeito que tentava agredir a esposa, pois quando viu a briga do casal e o homem com uma faca na mão tentou ajudar a mulher.

O homem foi encaminhado ao Plantão Policial e foi liberado após ser ouvido pelo delegado. Já a mulher da vítima não estava no local quando os PMs chegaram.

Publicado em Policial

Turismo, serviços e comércio não essencial perderam o equivalente ao PIB da Sérvia; para FecomercioSP, eles não vão reverter prejuízos em 2021

 
SÃO PAULO/SP - Cerca de R$ 225,7 bilhões foi o volume de perdas totais contabilizado em 2020 pelo turismo, pelos serviços, pelo segmento de veículos e pelo varejo não essencial no Brasil – as áreas mais impactadas pela pandemia entre os setores e segmentos. Para se ter uma ideia da perda, esse montante é maior do que tudo o que países como a Sérvia (R$ 222 bilhões) e a Tunísia (R$ 214 bilhões) produzem em um intervalo de um ano. Os dados fazem parte de um levantamento produzido pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).
 
O estudo mostra ainda que muitos deles não devem se recuperar neste ano: a expectativa é que o varejo essencial experimente uma retração de 1%, e que o turismo, mesmo com a retomada das suas atividades, ainda acabe 2021 no vermelho: -5% de receitas (Tabela 1) depois de uma variação expressiva para baixo em 2020, que beirou os 40%.
 
De fato, o turismo brasileiro perdeu R$ 52,1 bilhões em faturamento em 2020 em comparação ao ano anterior, considerando a correção da inflação acumulada no período. O resultado foi um dos piores da história do setor, representando uma queda de 38,1% em comparação com o que o setor faturou em 2019.
 

Continua depois da publicidade

Mas quem mais perdeu no ano passado foram os serviços que, pelos dados, faturaram praticamente R$ 100 bilhões a menos em relação a 2019 – uma retração de 11,7%. Eles foram os mais afetados por diferentes medidas de restrição de circulação adotadas como forma de conter a disseminação do covid-19 e que, para esses agentes, significaram passar longos períodos com as portas fechadas.
 
Outrora um setor pujante da economia brasileira, as vendas de veículos também caíram, deixando um prejuízo de R$ 41,2 bilhões (queda de 11,5% na comparação com 2019). Esse dado, por sua vez, pode ser explicado pelo fato de, na pandemia, as famílias estarem evitando aumentar os gastos. Tudo isso em meio a um contexto de crescimento do desemprego e do custo de vida e da queda na renda.
 
Entra na conta ainda o varejo não essencial, como lojas de roupas, por exemplo, que fechou 2020 com um rombo de R$ 32 bilhões em comparação ao ano anterior, representando a perda de um décimo do seu tamanho (-10,3%).
 
Varejo cresce por causa de demandas essenciais
Apesar das retrações expressivas, o varejo como um todo registrou um aumento de 4,8% (R$ 83 bilhões a mais em vendas) – puxado pelas atividades consideradas essenciais, como supermercados, farmácias, lojas de materiais de construção e postos de combustíveis, que tiveram ganhos de R$ 115,7 bilhões em 2020 – um salto de 8,2% na comparação com 2019. Já o varejo não essencial, como se esperava, faturou 10,3% a menos.
 
No entendimento da FecomercioSP, o desempenho se explica pela injeção do auxílio emergencial no orçamento das famílias, de R$ 190 bilhões, cuja boa parte foi direcionada para este tipo de consumo.
 
Dado o cenário atual, a Entidade entende que que esses setores não se recuperem tão rápido: na verdade, a tendência que as concessionárias de veículos, o varejo não essencial e os serviços não revertam essas perdas neste ano, mesmo com um possível crescimento daqui em diante. O problema é que, como muitas dessas empresas são pequenas, há uma forte possibilidade de que elas não sobrevivam a mais um ano com a mesma turbulência econômica.
 
Retomada lenta em 2021
O estudo da FecomercioSP mostra, por outro lado, que a melhora do cenário vai ajudar na retomada tímida de setores importantes da economia brasileira, como os serviços, com projeção de crescerem 2%, e das lojas de veículos, com alta de 5% no faturamento. Não significa, no entanto, que vão recuperar as perdas do ano passado, quando caíram 11,7% e 11,5%, respectivamente.
 
Mesma situação do varejo essencial que, depois de cair 10,3% em 2020, vai faturar 2% a mais em 2021: um sinal pequeno de retomada que, na verdade, não será suficiente para recompor o que foi perdido no ano passado.
 
Como atravessar a crise?
Em todo o País, o contingente de pessoas trabalhando diminuiu em 1 milhão ao longo de 2020 – de 8,7 milhões de pessoas para 7,7 milhões –, resultado do fechamento de cerca de 200 mil empresas durante o ano passado, segundo estudo da FecomercioSP.
 
Resultado direto das perdas contabilizadas no levantamento, ela exige que algumas medidas sejam tomadas pelo Poder Público. A Federação tem atuado junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em torno de linhas de crédito com taxas, carências e parcelamentos condizentes com a situação delicada que micros e pequenas empresas vivem no contexto atual. Um modelo que pode ser seguido, inclusive, é o do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).
 
Em 2020, o dinheiro disponibilizado pelo governo federal por meio de programas como esse – além das taxas, carências, tipos de parcelamento e prazos oferecidos às micros e às pequenas empresas – foi fundamental para evitar uma crise ainda maior entre as empresas de menor porte. Não à toa, a FecomercioSP tem pleiteado, em paralelo, que o programa se torne permanente, e não apenas uma medida pontual no contexto da pandemia.
 
Outro pedido é que o governo crie um auxílio emergencial correspondente a quatro parcelas, cada uma equivalente a 10% do faturamento mensal médio verificado no ano passado. Além disso, a Entidade ainda segue solicitando que os tributos das três instâncias estatais, vencidos em abril até junho deste ano, sejam consolidados com carência estabelecida de seis meses e possibilidade de parcelamento em até 60 vezes.
 
São posturas como essas que vão dar fôlego para as empresas atravessarem o período crítico atual e terem condições de protagonizar a retomada que o País precisa.
 
Sobre a FecomercioSP
Reúne líderes empresariais, especialistas e consultores para fomentar o desenvolvimento do empreendedorismo. Em conjunto com o governo, mobiliza-se pela desburocratização e pela modernização, desenvolve soluções, elabora pesquisas e disponibiliza conteúdo prático sobre as questões que impactam a vida do empreendedor. Representa 1,8 milhão de empresários, que respondem por quase 10% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e geram em torno de 10 milhões de empregos.

Publicado em Economia

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Maio 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Propagandas gratuitas right 2