fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 

Fundação gerencia projetos ligados a atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação da Universidade.

 

SÃO CARLOS/SP - A Fundação de Apoio Institucional ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FAI-UFSCAR) foi recredenciada pelos Ministérios da Educação (MEC) e da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), para atuar como fundação de apoio à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O ato foi publicado na Portaria Conjunta nº 178, de 04 de janeiro de 2021, e tem validade de 5 anos. 

O recredenciamento é o procedimento administrativo que deve ser seguido por uma fundação para poder oferecer seu apoio à Instituição Federal de Ensino Superior (IFES). Os pedidos de credenciamento e autorização são examinados por Grupo de Apoio Técnico (GAT), composto por representantes do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações. As análises são feitas em reuniões e os pareceres do grupo subsidiam a decisão dos titulares das pastas quanto aos pedidos.

Com o recredenciamento, a FAI está apta a apoiar projetos de ensino, pesquisa, extensão, desenvolvimento institucional, científico e tecnológico e estímulo à inovação da UFSCar, por mais 5 anos. 

A portaria de recredenciamento pode ser consultada aqui - https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-conjunta-n-178-de-4-de-janeiro-de-2021-297757494

'Trabalharei arduamente na defesa inegociável dos processos democráticos', registra a dirigente

 

SÃO CARLOS/SP - Ana Beatriz de Oliveira é a nova Reitora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), para o período 2021-2025. A docente do Departamento de Fisioterapia (DFisio) tomou posse em cerimônia no Ministério da Educação (MEC) realizada na tarde desta quarta-feira (20/1), na qual também foram empossados o Reitor da Universidade Federal do Rio Grande (Furg), Danilo Giroldo, e a Reitora da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Isabel Fernandes Andrade.

Graduada e doutora em Fisioterapia pela UFSCar, Ana Beatriz Oliveira é docente do DFisio desde 2009, atuando também no Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt), desde 2011. Foi Chefe e Vice-Chefe do Departamento e Diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) no período 2014-2018. Foi candidata a Pró-Reitora de Extensão na chapa Juntos pela UFSCar, liderada por Adilson Jesus Aparecido de Oliveira, eleita com mais de 66% dos votos na consulta à comunidade universitária realizada em agosto de 2020. No Colégio Eleitoral realizado em 23 de novembro do ano passado, seu nome foi incluído na segunda colocação na lista tríplice encaminhada ao MEC e, no último dia 15 de janeiro, foi publicada sua nomeação pelo Presidente da República.

"Precisamos, a todo momento, lamentar e registrar indignação diante da não nomeação do Reitor eleito da UFSCar. Aguardávamos ansiosos sua nomeação, depois de todos os obstáculos já superados, quando fomos surpreendidos com a indicação do meu nome", relembra a docente. "Seguimos em defesa da autonomia universitária. No entanto, não podíamos permitir que a crise gerada pela necessidade de uma gestão pró-tempore se estendesse ainda mais, e por isso me coloquei à disposição da UFSCar para aceitar a nomeação, representar o Reitor eleito na implementação do projeto de gestão escolhido pela comunidade e trabalhar arduamente pela nossa universidade, pelo tempo que for necessário", registra a Reitora.

Acompanharam a Reitora na cerimônia, que contou com a participação do Ministro da Educação, Milton Ribeiro, a Vice-Reitora eleita da UFSCar, Maria de Jesus Dutra dos Reis, e a Pró-Reitora de Gestão de Pessoas eleita, Jeanne Liliane Marlene Michel. Em Brasília, as integrantes da nova gestão já estiveram também em reuniões na Secretaria de Educação Superior (SESu) do MEC, na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e na Associação Nacional de Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes).

As nomeações da equipe de pró-reitores, diretores de campus e demais cargos da Administração Superior serão publicadas a partir de amanhã.

"Volto a São Carlos preparada para nomear a equipe eleita e dar andamento a questões urgentes, como a própria crise instalada pela não nomeação do Reitor eleito, e também a crise sanitária da pandemia. Há impactos importantes no ensino, pesquisa e extensão, que precisam ser debatidos pelo Conselho Universitário", afirma a Reitora.

"Estive por quatro anos na direção do CCBS, junto com o professor Paulo Lacava, e considero que uma das principais características da gestão que construímos foi a condução a partir da elaboração de consensos. Estou segura de que é fundamental agirmos dessa forma nos colegiados, e trabalharei arduamente na defesa inegociável dos processos democráticos, bem como da autonomia universitária", expressa Oliveira. "Apenas com união seremos capazes de superar os grandes desafios que se apresentam à UFSCar neste momento", conclui.

Artigo aponta caminhos da educação para o empreendedorismo baseada em atividades

 

SÃO CARLOS/SP - Em meio à crise da Covid-19, as universidades foram forçadas a mudar. A educação a distância se tornou a norma e surgiram desafios relacionados à infraestrutura, saúde mental, sobrecarga cognitiva e adaptação das atividades. Além dessas mudanças, as universidades precisaram se tornar mais empreendedoras, desenvolvendo tecnologias e treinando mais talentos que pudessem lidar com o momento de escassez e crise global. 

Essas mudanças foram sistematizadas no artigo online "Educação remota em empreendedorismo: uma resposta às restrições Covid-19", escrito por professores da linha de pesquisa "Inovação e Empreendedorismo", do grupo de pesquisa do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq) "i-Context: Inovação, Cocriação, Território e Experiência", vinculado à Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

O texto tem a autoria dos professores Cesar Alves Ferragi, do Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades (DGTH-So), Francisco Trivinho-Strixino, do Departamento de Física, Química e Matemática (DFQM-So), André Coimbra Félix Cardoso, do Departamento de Administração (DAdm-So), todos do Campus Sorocaba da UFSCar, além de Artur Tavares Vilas Boas Ribeiro, da Universidade de São Paulo (USP).

O artigo teve como objetivo responder a questão "como desenvolver programas de aprendizagem experiencial de empreendedorismo sob as restrições da aprendizagem remota?". O problema foi debatido como estudo de caso no curso Master in Business Innovation (MBI) ofertado pela UFSCar. Para desenvolver o caso, o método usado foi a pesquisa-ação participativa. "Os dados foram coletados por meio de pesquisas em sala de aula - durante 108 aulas -, entrevistas em profundidade e sessões de reflexão. Os resultados demonstram estratégias eficazes para lidar com a sobrecarga cognitiva em ambientes online, como misturar formatos síncronos e assíncronos, atividades ao vivo em grupo, exercícios baseados em pares, entre outros", descrevem os professores.

"A literatura atual já destacou que a educação para o empreendedorismo é mais eficaz quando baseada em atividades", afirmam os autores. "Os alunos alcançam um aprendizado significativo por meio de planejamento de negócios, simulações, trabalho em start-ups, liderança de organizações estudantis e construção de um negócio real", complementam.

Para os pesquisadores, educar alunos pela prática via educação a distância agrava os desafios da universidade e, embora as primeiras respostas estejam sendo publicadas sobre educação para o empreendedorismo em formatos remotos, a literatura atual ainda é limitada, daí a importância do artigo.

Em sintonia com as pesquisas atuais sobre aprendizagem remota durante a Covid-19, os desafios estão sendo superados na UFSCar. O MBI, por exemplo, expandiu turmas e aprimorou métodos. Hoje, o curso já conta com 383 alunos distribuídos por em 15 turmas distintas ao longo de 7 anos, em 4 cidades - São Paulo, Campinas, Sorocaba e São Carlos -, sendo que 24 empresas foram criadas por seus ex-alunos.

"Esse programa de MBI brasileiro se destacou durante a pandemia não apenas por adaptar o programa ao modelo presencial online como também por abrir novas turmas em quatro localidades diferentes no estado de São Paulo em 2020", afirma o professor Cesar Ferragi, coordenador do MBI em São Paulo.

As pré-inscrições para as novas turmas, com início previsto para agosto de 2021, estão abertas em www.mbiufscar.com.

O artigo "Entrepreneurship education going remote: a response to Covid-19 restrictions" está disponível, em Inglês, no site https://bit.ly/3sjOG44.

Podem participar do estudo estudantes a partir dos 18 anos, com ou sem sintomas ou diagnóstico de depressão

 

SÃO CARLOS/SP - O Laboratório de Estudos do Comportamento Humano (LECH) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) convida pessoas voluntárias para participar da pesquisa intitulada "Avaliando o estabelecimento e a manutenção de classes de equivalência e da transferência de função em pessoas com e sem depressão", que está sendo realizada por Heloisa Zapparoli, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPsi), sob orientação de Mariéle Diniz Cortez, docente do Departamento de Psicologia (DPsi) da Instituição.

O objetivo é avaliar a aprendizagem e memória relacionada a emoções em pessoas com e sem depressão, para verificar possíveis características específicas que possam ampliar os conhecimentos acerca da população com depressão.

Podem participar do estudo estudantes a partir dos 18 anos, com ou sem sintomas ou diagnóstico de depressão. A participação prevê dois encontros remotos, o primeiro com duração de cerca de 1h30 e o segundo, 30 dias depois, de 45 minutos. A manifestação de interesse em participar da pesquisa deve ser feita até o dia 5 de março, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

De acordo com Zapparoli, a participação propiciará ao indivíduo uma situação para reflexão e autoconhecimento. Além disso, os voluntários receberão um folder psicoeducativo com informações sobre depressão, sintomas, tratamentos, formas de prevenção e locais para buscar atendimento. Dúvidas podem ser esclarecidas com a pesquisadora pelo mesmo contato (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 16102519.4.0000.5504).

Inscrições vão até 29 de janeiro

 

SÃO CARLOS/SP - A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas para curso de especialização em Ciência de Dados. O curso é oferecido em uma parceria entre os departamentos de Computação (DC) e Estatística (DEs), com o objetivo de proporcionar formação em metodologia e técnicas de Ciência de Dados, empregando ferramentas e linguagens computacionais presentes no cotidiano de grandes empresas.

A Ciência de Dados (Data Science) é um campo multidisciplinar que abrange métodos e processos para a obtenção de conhecimento a partir de dados (informação). As soluções empregam métodos de diferentes áreas da Matemática, Estatística, Ciência da Informação, Computação Científica e, principalmente, das subáreas de aprendizado de máquina, classificação, análise de grupos, mineração de dados, banco de dados, visualização, inteligência artificial, métodos preditivos e modelos probabilísticos. As disciplinas do curso abordam dos princípios fundamentais da área até o projeto e a análise de experimentos, e em todas elas há conteúdos teóricos e atividades práticas.

A turma com início previsto para o próximo mês de fevereiro terá um total de 360 horas de aulas, aos sábados, geralmente em semanas alternadas. A previsão de conclusão é em dezembro de 2022. Inicialmente, devido à pandemia, as atividades deverão ser concretizadas remotamente, mas, regularmente, o curso será presencial. As inscrições seguem abertas até 29 de janeiro.

O único pré-requisito à participação é a formação em nível Superior, pois o caráter multidisciplinar do curso abriga alunos com diferentes formações acadêmicas. Durante o curso, haverá a necessidade de algum conhecimento em programação e, por isso, está prevista disciplina inaugural de nivelamento.

Todas as informações sobre o curso, como corpo docente, disciplinas, valores de investimento, procedimentos de inscrição e seleção, dentre outras, podem ser conferidas em http://cienciadedados.ufscar.br.

São 38 vagas, com inscrições prorrogadas até 19 de fevereiro

 

SÃO CARLOS/SP - O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) do Campus São Carlos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas para o processo seletivo do curso de mestrado, com início neste primeiro semestre de 2021.

São 38 vagas disponíveis, distribuídas nas seguintes linhas de pesquisa: Aprendizado de Máquina e Processamento de Línguas Naturais (oito vagas); Sistemas de Automação e Robótica (seis vagas); Engenharia de Software (quatro vagas); Banco de Dados (três vagas); Interação Humano-Computador (quatro vagas); Arquitetura de Computadores (uma vaga); Computação Ubíqua (duas vagas); Computação de Alto Desempenho e BigData (quatro vagas); e Processamento de Imagens e Sinais (seis vagas).

O processo seletivo é composto por duas etapas eliminatórias: a primeira é análise documental referente a aspectos de formação, experiência acadêmica e profissional e adequação da formação às áreas de interesse do PPGCC; e a segunda etapa é uma entrevista com os candidatos.

A inscrição e o envio dos documentos indicados no edital deverão ser realizados exclusivamente pela Internet, e o prazo foi prorrogado até o dia 19 de fevereiro. Informações complementares sobre os procedimentos de inscrição, etapas de seleção, cronograma, documentos necessários, dentre outras, podem ser obtidas no edital disponível na página do PPGCC, em http://ppgcc.dc.ufscar.br.

Posse será no dia 20 de janeiro, em Brasília

 

SÃO CARLOS/SP - A Profa. Dra. Ana Beatriz de Oliveira foi nomeada como a nova reitora da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) para os próximos quatro anos, na sexta-feira (15). A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União de 15/01/2021, Edição 10, Seção 2, página 1. A posse da nova Reitora da UFSCar ocorrerá no dia 20/01 às 15h, no Ministério da Educação (MEC), em Brasília - DF.

Ana Beatriz é professora do Departamento de Fisioterapia (DFisio), campus São Carlos da UFSCar, e foi indicada em segundo lugar na lista tríplice encaminhada ao Ministério da Educação (MEC).

Todos as informações sobre a posse e os próximos passos do processo de transição para a nova gestão serão informados à comunidade UFSCar, assim que surgirem novas informações. 

A portaria de nomeação pode ser consultada no link - https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/decreto-de-14-de-janeiro-de-2021-299064392.

Projeto busca voluntários para exames e avaliações gratuitos

 

SÃO CARLOS/SP - Uma pesquisa de doutorado, desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia (PPGFt) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), busca voluntários para caracterizar curvas de normalidade da pressão intracraniana (PIC) não invasiva em adultos e idosos. O estudo é realizado pela doutoranda Gabriela Nagai Ocamoto, sob orientação de Thiago Luiz Russo, docente do Departamento de Fisioterapia (DFisio) da UFSCar.

De acordo com a pesquisadora, a partir da tecnologia chamada de brain4care, muitos avanços para monitorização não invasiva de PIC foram identificados, com impacto na complementação do monitoramento de pacientes internados em ambiente hospitalar. "As informações que vamos levantar permitirão auxiliar no desenvolvimento de uma referência clara de padrão de normalidade da PIC para a comparação com diferentes condições de saúde, como AVC, traumatismo craniano e tumores", diz Ocamoto. "A partir das informações que teremos com esse estudo, os médicos de uma UTI, por exemplo, poderão realizar a monitorização não invasiva da saúde cerebral dos pacientes e identificar, por meio de padrões de normalidade, o estado clínico deles e um parâmetro seguro para indicar melhora ou piora, além de uma indicação mais pertinente e segura de tratamento", complementa ela. 

Para desenvolver a pesquisa, estão sendo recrutados voluntários saudáveis, homens ou mulheres, entre 25 e 60 anos, e praticantes de atividade física regular. As pessoas não podem ter doença prévia como diabetes, pressão alta, colesterol alto, nem terem sofrido infarto; também não podem fumar ou ingerir bebidas alcoólicas em grande quantidade. Os participantes farão exame de sangue, avaliação dos vasos sanguíneos, da atividade cardíaca e da saúde cerebral, gratuitamente. A coleta do exame de sangue será feita em clínica laboratorial de São Carlos e as demais avaliações serão no Laboratório de Pesquisa em Fisioterapia Neurológica (LaFiN), do DFisio, na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar.

Em virtude da pandemia de Covid-19, todas as atividades presenciais serão realizadas a partir de rigorosos padrões de biossegurança, incluindo o fornecimento de equipamentos de proteção individual (EPIs) para voluntários e pesquisadores. Além disso, as pessoas serão orientadas previamente sobre os cuidados necessários nas avaliações. Haverá, também, aferição de temperatura de todos os participantes.

Os interessados devem entrar em contato com a equipe até o próximo mês de março, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelos telefones/WhatsApp (16) 98813-9855 (Camila) e (16) 98201-3294 (Gabriela). Projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFSCar (CAAE: 32338920.5.0000.5504).

Inscrições estão abertas; aulas começam no dia 1º de fevereiro

 

SÃO CARLOS/SP - Até o dia 28 de janeiro estão abertas as inscrições para o XIV Curso Prático de Aperfeiçoamento em Intervenção Precoce, ofertado pelo Núcleo de Estudos em Neuropediatria e Motricidade (Nenem) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), sob coordenação de Eloisa Tudella, docente aposentada da Universidade. A iniciativa é voltada a terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas. 

O objetivo do curso é capacitar os profissionais para avaliar e tratar os lactentes (crianças que são amamentadas) de acordo com Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), que é baseada no modelo biopsicossocial, estimulando a construção de um raciocínio clínico coeso para as tomadas de decisão nas intervenções, de forma que os lactentes se tornem mais independentes e funcionais. 

O curso tem carga horária total de 540 horas e as aulas serão presenciais, de segunda a sexta-feira, das 13 às 17 horas, na Unidade Saúde Escola (USE), que fica na área Norte do Campus São Carlos da UFSCar. Em virtude da pandemia, serão respeitadas todas as normas de contingência da Covid-19 estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). As aulas serão realizadas entre 1º de fevereiro e 9 de agosto de 2021.

Para se inscrever, os interessados devem enviar currículo ao e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. As informações completas sobre o curso estão no site www.ftneuroped.ufscar.br e no Facebook (facebook.com/ufscarnenem), e dúvidas podem ser esclarecidas com a coordenadora, pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. e pelo telefone (16) 99994-2188, ou também pelo telefone (67) 98183-6370 (Meyene).

Evento inaugura exposição fotográfica "Rostos etíopes", disponível a partir do dia 13 de janeiro

 

SOROCABA/SP - O Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), em parceria com a Embaixada da Etiópia e o Instituto Francês no Brasil, exibe em plataforma virtual na próxima quarta-feira, dia 13 de janeiro, às 20 horas, o filme "Lamb" ("Cordeiro", em tradução livre), do diretor etíope Yared Zeleke. O evento irá inaugurar a exposição fotográfica online "Rostos Etíopes: uma leitura da Etiópia, o teto da África", organizada pela UFSCar.

O longa-metragem foi o primeiro filme etíope a ser incluído na Seleção Oficial do Festival de Cinema de Cannes em 2015 e também foi exibido no Festival Internacional de Cinema de Toronto de 2015, no Canadá. O filme, com duração de 1h34min, conta a história de Efraim, um menino etíope cujo pai foge dos efeitos da seca e vai procurar trabalho na cidade. Ele leva o filho para morar com primos distantes em uma área não afetada pela seca. Efraim tem dificuldade de se ajustar à nova vida, mas tem uma companhia constante - uma ovelha de estimação que o segue aonde quer que vá. Um dia, seu tio diz que ele terá que deixar sua ovelha ser abatida para a próxima festa religiosa. Efraim resolve fazer o que for preciso para salvar seu único amigo e voltar para casa.

A exibição ocorre pela plataforma Zoom, pelo link encurtador.com.br/vzQS8 (ID da reunião: 846 8588 4039; senha de acesso: 975727) e contará com a participação de representantes da Embaixada da Etiópia no Brasil. O evento é gratuito e limitado a 150 pessoas, por ordem de entrada. A sala virtual abrirá às 19h50 e fechará às 20 horas.

A exibição do filme "Lamb" faz parte da atividade de extensão "Rostos Etíopes: uma leitura da Etiópia, o teto da África", proposta pelo vice-coordenador do curso de Turismo da UFSCar, Cesar Alves Ferragi, professor do Departamento de Geografia, Turismo e Humanidades (DGTH-So). A iniciativa tem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) da Universidade e conta com a participação dos discentes do curso de Turismo Alexia Canavezzi de Camargo e Gabriel Oliveira Cherle Pini, e de Raul Wallace Amorim Carvalho, estudante do curso de Biologia, todos do Campus Sorocaba da UFSCar.

Música etíope
Além do filme e da exposição fotográfica online - cujo site será lançado no dia 13 de janeiro -, o projeto de extensão abriu espaço para explorações musicais etíopes. "Voltando o olhar para a musicalidade etíope encontramos um vasto repertório e particularidades de cada região com diversidade e características únicas", afirma Alexia de Camargo, um das alunas envolvidas na atividade. "Quando estive em Addis Abeba, capital da Etiópia, me surpreendi com a qualidade musical", complementa Ferragi.
Assim, a estudante montou uma playlist chamada "EthioJazz", disponível nas plataformas Deezer (https://deezer.page.link/PmRLceQM9LUws7688) e Spotify (encurtador.com.br/cez47).

Classificados Imóveis

Alugo Apartamento

R$ 550,00

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Janeiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Comércio e Serviços em Geral