fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Segunda, 19 Abril 2021

 

SÃO CARLOS/SP - Na manhã desta segunda-feira (19/04) foi assinado um convênio entre a Secretaria de Serviços Públicos de São Carlos e a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Araraquara, para que o Parque Ecológico “Drº Antônio Teixeira Vianna” continue atendendo os animais acidentados e resgatados na cidade vizinha, oferecendo tratamento veterinário adequado para cada espécie.

Em contrapartida a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Araraquara repassou para o Centro de Educação Ambiental e para o Hospital Veterinário do Parque alguns equipamentos. “É uma parceria de sucesso que poderia ser seguida por outras prefeituras. Nós tratamos os animais e eles investem em equipamentos para o Parque. Além disso, este trabalho em conjunto tem sido muito bem pontuado para ambas as prefeituras na contabilização de pontos do ranking do ‘Município Verde e Azul’, programa do governo estadual”, disse Fernando Magnani, diretor de Proteção e Defesa Animal da Secretaria de Serviços Públicos.

“O PESC tem nos auxiliado desde 2017 no cuidado veterinário destes animais com a finalidade de reabilitá-los para soltura, e desta forma conseguimos realizar ações que visam a manutenção de nossa rica biodiversidade regional. Já tivemos grandes histórias de sucesso na soltura de animais com os quatis, raposas, corujas, maritacas, saguis, bugio, gato-do-mato, lobo-guará, entre outras espécies. A ideia é manter este convênio, visando auxiliar o PESC na aquisição de equipamentos para ajudar a manter a excelência de atendimento que já realizam no local”, ressaltou o secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Araraquara, José Carlos Porsani.

“Mesmo com a pandemia nunca deixamos de investir no Parque Ecológico. Ele é o cartão postal da cidade, antes da COVID-19 recebíamos mais de 16 mil pessoas por mês, tanto da própria cidade como de outras regiões do estado e da capital, portanto sempre é preciso investir em melhoramentos. Nunca deixamos de pensar no bem-estar dos animais, seja com a construção de novos recintos e alimentação balanceada, mas também pensamos na estrutura para visitantes e funcionários”, disse Mariel Olmo, secretário de Serviços Públicos, agradecendo as doações.

Também participaram da assinatura do convênio o gerente de Áreas de Proteção Ambiental de Araraquara, João Henrique Barbosa; Simone Cristina de Oliveira, Diretora do Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Araraquara e Samantha Campos da Silva, Chefe do Parque Ecológico de São Carlos que recebeu uma câmera fotográfica EOS Rebel SL3 e um notebook Lenovo.

Publicado em Outras Notícias

 

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos confirma nesta terça-feira (20/04) mais uma morte por COVID-19 no município, totalizando 262 óbitos. 

Trata-se de um homem de 53 anos, internado desde 15/04 no Hospital Estadual de Américo Brasiliense e óbito registrado nesta segunda-feira (19/04).

Também morreu um homem de 72 anos de Ibaté, internado em hospital público de São Carlos desde 27/03 e óbito registrado nesta segunda-feira (19/04).

São Carlos contabiliza neste momento 16.173 casos positivos para COVID-19 (126 resultados positivos foram divulgados hoje), com 262 óbitos confirmados e 127 descartados.

Dos 16.173 casos positivos, 14.887 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 22 óbitos sem internação, 1.264 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 930 receberam alta hospitalar e 240 positivos internados foram a óbito. 15.460 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 33.272 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (92 resultados negativos foram liberados hoje).

Estão internadas neste momento 109 pessoas, sendo 40 adultos na enfermaria (39 positivos e 1 suspeito). 9 pacientes estão em Unidades de Cuidados Intermediários (UCI), unidades para pacientes que recebem alta da UTI e ainda necessitam de cuidados. Na UTI adulto estão internadas 56 pessoas (56 positivos). Na UTI/SUS 32 adultos ocupam leitos, na enfermaria/SUS estão internadas 14 pessoas. Na rede particular 30 pessoas estão internadas na enfermaria e 24 na UTI. 

Na enfermaria SUS 4 crianças estão internadas, todas com resultado negativo para COVID-19. Nenhuma criança ocupa vaga de UTI neste momento.

Nove pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos, sendo 6 em UTI/SUS e 3 em UTI de hospital particular. Nenhum paciente de outro município está internado em enfermaria do SUS e 1 está em enfermaria de hospital particular. Na UCI também nenhum paciente de outro município está internado neste momento.

A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 94,1% (32 adultos estão internados). Neste momento a cidade opera com 34 leitos de UTI/SUS para adultos, sendo 24 na Santa Casa e 10 no Hospital Universitário (HU).

A Santa Casa possui 30 leitos de UTI COVID, mas 6 estão desativados, 4 desde o dia 25 de março e 2 desde o último dia 15 de abril, em função da dificuldade de adquirir sedativos, analgésicos e bloqueadores neuromusculares, em falta no mercado.

 

UPA – Três pessoas estão neste momento sendo atendidas em leitos de estabilização da UPA Santa Felícia, sendo 2 casos de baixa complexidade e 1 de alta complexidade. Todos os pacientes já estão cadastrados e aguardam transferência via CROSS.

 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 58.412 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 56.696 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 1.716 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 37.408 pessoas já realizaram coleta de exames, 27.140 tiveram resultado negativo para COVID-19, 10.111 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 157 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

 

Abertura das lojas amanhã, feriado de Tiradentes, é opcional das 9h às 13h, com 25% da capacidade. Funcionário receberá 100% de hora extra em folha e abertura ajudará na retomada do setor.


SÃO CARLOS/SP - O Sindicato do Comércio Varejista de São Carlos e Região (Sincomercio) e o Sindicato dos Empregados do Comércio de São Carlos e Região (Sincomerciários) assinaram, nesta terça-feira (20), um aditamento à Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) autorizando de forma opcional o comércio de produtos não essenciais de São Carlos e Tambaú a funcionar no feriado do dia 21 de abril - Tiradentes.
O aditamento autoriza as lojas a abrirem amanhã (21), das 9h às 13h, com público limitado a 25% da capacidade total de cada loja. O funcionário que trabalhar nesse feriado receberá 100% de hora extra em folha, o que ajudará no salário dos comerciantes, muitos deles comissionados que tiveram seus salários reduzidos durante os mais de dois meses que o comércio esteve fechado.

Publicado em Comércio

SÃO CARLOS/SP - Tá na hora de colocar os pingos nos “is” então, vamos lá! Veja o que está por vir caso nada mude:

O tempo do Q.I. (quem indica) pode voltar e ao invés de profissionais com formação profissional e qualificados, voltaremos a ter os funcionários fantasmas aos montes nos órgãos públicos.

Se a economia não melhorar, se a arrecadação não normalizar os abutres de plantão vão agir bem rápido pra voltar a fazer dos órgãos públicos cabides de emprego de funcionários fantasmas.

A desculpa legal vai ser a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Primeiro vão colocar a população contra o funcionário público concursado: A população, sem conseguir tirar o seu sustento honestamente, pode não entender por que o funcionário tem o seu salário garantido se ele não está trabalhando de fato. Na verdade, é difícil mesmo digerir isso quando se tem um filho passando fome, quando chega a ordem de despejo por falta de pagamento de aluguel... Todo mundo tem que poder trabalhar e sustentar a sua família com dignidade, através do trabalho. Tem muita gente que não engole o home office, outros poucos  defendem com unhas e dentes esta forma de gestão.

Aí vão fazer com que o funcionário concursado perca o interesse em ficar no emprego. Quanto mais pedir a conta é melhor afinal, o que interessa aos abutres são as vagas disponíveis pra colocar quem interessa pra eles. Tirar benefícios dos funcionários, fazer com que fiquem endividados, desmotivados é a melhor forma de fazer com que peçam a conta então, dá-lhe bordoada!

Com o discurso de defender a sociedade, aparecerão os que vão defender o fim da estabilidade de emprego dos funcionários, mas na verdade, desde já só estão de olho é nas muitas possibilidades de vagas pra encher de novo os órgãos públicos com os seus cabides de emprego e seus “apadrinhados políticos”. Voltaremos ao tempo dos funcionários fantasmas.

Há quem torça pra que os funcionários públicos percam a estabilidade afinal, tá de olho naquela vaga e tem um padrinho político influente que vai colocar ele lá dentro e muito provavelmente, estes surgirão na calada da noite, após reuniões sinistras aqui e acolá, como suposta “liderança popular”.

A população só tem a perder com isso.

A população perde aquele médico que atende com atenção os seus pacientes e que os conhece pelo nome. Perde aquele Guarda Municipal que trabalha respeitando o direito dos outros sem deixar de cumprir o seu dever. Perde aquele gestor que quer cumprir prazos pra não perder verbas carimbadas, apesar de o projeto ter iniciado por outra gestão.

Como foi dito antes, o desenho está traçado: Primeiro, colocarão a população contra o funcionário público concursado, depois, com falsas promessas, sem que a população perceba, estarão de volta os velhos cabides de emprego e os funcionários fantasmas também.

Isto não é uma ação desta ou daquela gestão. É da velha forma de fazer política que desde sempre usou de politicagem para garantir o seu ganha pão sem sequer pensar que na verdade, ocupar um cargo político é uma oportunidade de servir.

Depois não diz que ninguém avisou afinal, nesse dedinho de prosa, a gente falou.

 

Escrito por: Elaine La Serra é funcionária pública municipal, técnica em segurança do trabalho, mãe, esposa, sensível à causa animal e adora um dedinho de prosa.

Publicado em Política

Evento da UFSCar recebe submissão de trabalhos até 30 de abril

 

SÃO CARLOS/SP - A educação de surdos tem ganhado novos contornos desde às conquistas legais que garantem uma prática de ensino com foco na Língua Brasileira de Sinais (Libras). Inúmeras ações e reivindicações têm sido feitas pelas comunidades surdas a fim de se alcançar práticas bilíngues (Libras/Língua Portuguesa) que valorizem as diferenças linguístico-culturais. 

Nesse contexto, será realizado, de 23 a 25 de junho, o 1° Encontro de Pesquisas do Grupo de Pesquisa em Educação de Surdos, Subjetividades e Diferenças (GPESDi) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O objetivo é oportunizar a troca de conhecimentos entre pesquisadores envolvidos com estudos surdos, abordagem conceitual que tematiza as diferenças, subjetividades e práticas educacionais bilíngues em diálogo com as filosofias da diferença.

O evento virtual tem como tema "Educação e diferenças em diálogo na pandemia do Covid-19" e conta com a participação de integrantes do GPESDi. As inscrições podem ser feitas até 15 de junho. O prazo para submissão de trabalhos vai até o dia 30 de abril. Os procedimentos devem ser conferidos no site do encontro (https://gpesdi2021.faiufscar.com).

Programação

A programação tem início no dia 23 de junho, com abertura sobre ações do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial (PPGEEs) da UFSCar na pandemia, com mediação de Vanessa Martins, professora do Departamento de Psicologia (DPsi) da Universidade e coordenadora do evento. Na sequência, serão realizadas três mesas-redondas.

No dia 24 de junho, o evento dá continuidade às mesas e, no dia 25/6, abre espaço para comunicações orais. A conferência de encerramento fica por conta da professora Lucyenne Matos, da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que aborda o tema "Aprendendo com a história: encontros de pesquisa como potência para a educação bilíngue de surdos".

Mais informações, incluindo a programação completa com horários e participantes, estão no site https://gpesdi2021.faiufscar.com. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Publicado em Educação

SÃO CARLOS/SP - O presidente da Câmara Municipal, vereador Roselei Françoso (MDB), esteve na segunda-feira (19) no distrito de Água Vermelha e no bairro Pacaembu para visitar obras em duas escolas municipais.

No Centro Municipal de Educação Infantil (Cemei) Santo Piccin, em Água Vermelha, Roselei acompanhou a visita de uma das candidatas convocadas para preencher a vaga de diretora de escola. “Ela terá a opção de escolher a escola e pediu meu apoio. É um prazer poder ajudar”, destacou o parlamentar.

Cinco escolas municipais estão atualmente sem diretor uma vez que os antigos pediram desligamento. “A Prefeitura fez a convocação dos candidatos e no próximo dia 3 de maio eles escolherão, por ordem da posição no concurso, a escola que irão atuar”, explicou Roselei.

Ainda em Água Vermelha, Roselei esteve nas obras de construção do novo prédio do Cemei Santo Piccin, uma conquista que o parlamentar faz questão de comemorar. “São dez anos de muita luta e esforço para que essa obra começasse”, lembrou.

Em 2009, quando foi gestor da Secretaria Municipal de Educação, Roselei conseguiu a aprovação do prefeito para adquirir a área da escola. No final de 2020, conseguiu a aprovação da gestão atual para o início das obras. “Se tudo correr bem, até o fim deste ano teremos um novo prédio da escola municipal de Água Vermelha”, destacou.

O presidente da Câmara Municipal também esteve no Cemei Professor Victório Rebucci, no Pacaembu. Acompanhado pela diretora Michele Benelli Dotti, Roselei vistoriou as obras de pintura e manutenção da escola. “A comunidade escolar sabe que essa pintura está acontecendo porque o Roselei destinou recursos para a escola”, frisa a diretora.

Minha atuação está concentrada na Educação e é sempre uma satisfação poder verificar o andamento das obras cujos recursos foram destinados pelas nossas emendas parlamentares”, observou Roselei. “Dentro das limitações que nós temos, procuro concentrar esforços nas nossas escolas, porque é nelas que construímos o futuro de nossa cidade e do país”, salientou.

O parlamentar fez questão de agradecer a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação por atender as demandas de seu mandato, especialmente a Diretoria de Manutenção. “Estão sempre disponíveis para nos atender na medida do possível”, frisou o parlamentar.

 

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - Um homem que estava furtando fios foi detido pela Polícia Militar nas primeiras horas de hoje, 20, na Rua Miguel Petroni, no Jardim Santa Paula, em São Carlos.

Populares avistaram um homem em cima de um telhado de uma residência e imediatamente acionaram a Polícia Militar. Quando os Militares chegaram a abordagem foi realizada e ao ser questionado, o indivíduo teria confessado o delito.

Diante da situação, V.B.N.F, de 25 anos, foi conduzido ao Plantão Policial, onde foi ouvido pelo delegado e recolhido ao Centro de Triagem.

Publicado em Policial

EUA - O Departamento de Estado dos Estados Unidos (EUA)  anunciou que vai aumentar a orientação de "Não viajar" para cerca de 80% dos países do mundo, apontando um "risco sem precedentes aos viajantes" por causa da pandemia de covid-19.

"Essa atualização resultará no aumento significativo do número de países no Nível 4: 'Não viajar', para 80% dos países do mundo", afirmou em nota.

O Departamento já havia listado 34 de cerca de 200 países no Nível 4, incluindo lugares como Chade, Kosovo, Quênia, Brasil, Argentina, Haiti, Moçambique, Rússia e Tanzânia. Chegar a 80% do mundo implicaria a inclusão de mais 130 países à lista, aproximadamente.

A maioria dos norte-americanos já estava impedida de viajar para grande parte da Europa por causa de restrições impostas pela pandemia de covid-19. Washington barrou quase todos os não cidadãos norte-americanos que estiveram recentemente em países europeus, na China, no Brasil, Irã e na África do Sul.

O Departamento de Estado disse que a medida não implica a reavaliação das atuais situações sanitárias em alguns países, mas "reflete um ajuste no sistema de aconselhamento de viagens do Departamento de Estado para se apoiar mais em avaliações epidemiológicas existentes (do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, o CDC)."

O CDC não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

No início do mês, o CDC anunciou que as pessoas vacinadas completamente contra a covid-19 podem viajar com segurança pelos Estados Unidos com "risco baixo", mas a diretora do CDC, Rochelle Walenksy, desencorajou os norte-americanos a fazê-lo devido ao alto número de casos no país.

 

 

* Reportagem adicional de Tim Ahmann

Por *David Shepardson - Repórter da Reuters

Publicado em Política

O estoque de medicamentos deve ser suficiente para os próximos 10 dias. Mas o déficit de profissionais ainda não permite que o hospital coloque todos os leitos de UTI COVID em operação

 

SÃO CARLOS/SP  - A Santa Casa de São Carlos recebeu, no fim de semana, um lote de anestésicos enviados pelo Ministério da Saúde. Foram entregues 3.430 ampolas de Cisatracurio (5ml) e 2.265 ampolas de Propofol (20ml). A previsão é de que esse lote seja suficiente para os próximos 10 dias.

Os medicamentos foram trazidos da China ao Brasil e doados ao Sistema Único de Saúde (SUS) por um grupo de empresas formado pela Engie, Itaú Unibanco, Klabin, Petrobras, Raízen e Vale.

DÉFICIT DE PROFISSIONAIS

A Santa Casa contratou 28 profissionais de enfermagem (10 enfermeiros e 18 técnicos de enfermagem) no começo deste mês. Com essas novas contratações, o hospital ainda tem um déficit de 58 profissionais de saúde, sendo 46 técnicos de enfermagem e 12 fisioterapeutas.

“Nós temos trabalhado constantemente para atrair e contratar novos profissionais. Nesta terça-feira (20), teremos mais uma etapa processo seletivo com 25 novos candidatos. Mas com a pandemia, os profissionais de saúde qualificados têm ficado cada vez mais escassos no mercado, além do absenteísmo (ausências do trabalho) que também atinge todo o segmento”, explica o gerente de Recursos Humanos da Santa Casa, Samir Rodrigues.

LEITOS COVID

Com o déficit de profissionais de saúde e com o fornecimento ainda incerto dos medicamentos do kit intubação, a Santa Casa ainda não conseguiu colocar todos os leitos de UTI COVID em operação.

O hospital conta hoje com 30 leitos de UTI COVID. Mas 6 foram desativados, em função da falta de anestésicos e de profissionais de saúde.

“Com a chegada desse novo lote de medicamentos, doados pelo grupo de empresas e entregues pelo Ministério da Saúde, ganhamos um fôlego para manter os atendimentos do hospital. Mas ainda não conseguimos colocar todos os leitos de UTI COVID em operação. Por segurança de quem já está internado, inclusive para evitar casos extremos como foram relatados em hospitais do Rio de Janeiro, em que pacientes precisaram ser intubados sem sedativos, é que estamos tendo toda cautela para reabrir leitos. À medida que tivermos medicamentos suficientes e à medida que houver pacientes na fila de espera, vamos aceitar novas internações. Na segunda-feira (19), não havia nenhum paciente aguardando vaga em leito de UTi em São Carlos. E nós vamos continuar atentos a essa demanda”, explica o infectologista e diretor técnico da Santa Casa, Vitor Marim.

Além dos leitos de UTI COVID Adulto, a Santa Casa conta com 4 leitos de UTI Pediátrica em operação, 8 leitos de enfermaria e 20 leitos na Unidade de Cuidados Intermediários.

SÃO CARLOS/SP - A Secretaria Municipal de Saúde, através dos Departamentos de Vigilância em Saúde e de Gestão e Cuidado Ambulatorial, antecipou para esta terça-feira (20/04) a vacinação de idosos com 66 anos completos. Para atender essa faixa etária estarão disponíveis as unidades básicas de saúde do Santa Felícia, da Vila São José, da Redenção, do Azulville e do Cidade Aracy. O horário de vacinação nas unidades fixas é das 9h às 13h.

Os idosos também podem procurar os postos volantes que funcionam das 9h às 14h na modalidade drive thru, montados na FESC I, na Vila Nery e no Estádio Municipal Prof. Luís Augusto de Oliveira “Luisão”, na Vila Prado,

FERIADO – Já na quarta-feira, dia 21 de abril, feriado nacional, a Secretaria Municipal de Saúde vai atender idosos com 65 anos completos ou mais, somente em 4 postos volantes, das 9h às 16h. Além da FESC e do Luisão, serão montados mais dois postos com sistema drive thur, sendo uma na UNICEP (no final da rua Miguel Petroni) e outro no estacionamento do Shopping Iguatemi. Neste dia as unidades básicas estarão fechadas.

“Nesta terça vamos atender somente pessoas com 66 anos completos ou mais. Na quarta iniciamos a vacinação dos idosos com 65 anos completos ou mais. A nossa intenção separando as idades é não criar aglomeração”, explica Denise Braga, diretora do Departamento de Gestão e Cuidado Ambulatorial.

A partir de quinta-feira, dia 22 de abril, as unidades básicas de saúde voltam a funcionar das 9h às 13h e os postos volantes da FESC e Luisão permanecem atendendo também, porém das 9h às 14h. 

Os demais grupos de idosos também continuarão sendo imunizados, tanto com a primeira dose como aqueles que já podem receber a segunda e última dose (verificar a data agendada no cartão de vacinação).

CADASTRO - É importante realizar o pré-cadastro do idoso no site www.vacinaja.sp.gov.br (não precisa levar impresso), o que agiliza o atendimento. No ato da imunização, é necessário que a pessoa apresente documento oficial com foto e CPF e, no caso dos idosos que agora receberão a segunda dose, devem levar também o cartão de vacinação. O idoso também deve preencher anteriormente o cadastro local no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/VacinaJa e levar impresso. Quem não tiver como imprimir e for preencher o formulário no local, deve levar a própria caneta.

A Vigilância Epidemiológica recebeu do Departamento Regional de Saúde (DRS-III Araraquara) nesta segunda-feira (19/04) 7.820 doses da vacina AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, sendo 4.770 doses para imunização de idosos com 66 e 65 anos e 3.050 para a segunda dose dos idosos que foram vacinados em fevereiro com a vacina AstraZeneca.

Publicado em Coronavírus

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Abril 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30    
Propagandas gratuitas right 2