fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Quarta, 17 Novembro 2021

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, realizou nesta quarta-feira (17/11), no auditório do Paço Municipal, a cerimônia em homenagem aos vencedores do Prêmio Ciência-Tecnologia São Carlos 2021.

O Prêmio é um reconhecimento do município aos cientistas que contribuíram para a ciência nacional e internacional, como também aos professores de ciências, aos alunos de ciências, aos clubes de ciências, enfim todos que participaram de alguma atividade científica relevante.

O secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação, José Galizia Tundisi, conduziu a cerimônia, homenageando os vencedores de cada categoria do Prêmio Ciência-Tecnologia São Carlos 2021:

- Categoria Pesquisador Sênior - Igor Polikarpov (USP/IFSC) e Edson Antonio Ticianelli (USP/IQSC);
- Categoria Jovem Pesquisador - Alessandro Silva Nascimento (USP/IFSC);
- Categoria Clubes de Ciência – Barbara Daniela Guedes Rodrigues e Isabel Cristina Santana Kakuda (Escola Estadual Sebastião de Oliveira Rocha);
- Professor de Ciência – Juliana Crange Tischer e Pamela de Vargas Schwab (Escola Estadual Luiz Viviane Filho);
- Categoria Jovem Cientista – Larissa da Silva Cerqueira (Escola Estadual Sebastião de Oliveira Rocha);
- Categoria Cientista Emérito – João de Mendonça Naime (EMBRAPA Instrumentação), Angélica Maria Penteado Martins Dias (UFSCar) e Rui Machado (EMBRAPA Pecuária Sudeste).

A comissão 2021, formada por José Galizia Tundisi (secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação), Simone Botega Xavier (Departamento de Políticas Públicas de Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação), Wanda Hoffman (secretária de Educação), Luís Antonio Panone (secretário de Planejamento e Gestão) e Profº Drº João Batista Fernandes (docente UFSCar), analisou os currículos enviados pelas Universidades, e a partir da identificação das principais contribuições, a comissão escolheu os premiados do ano.

 “Esse prêmio é importante porque reconhece o mérito dos pesquisadores, professores de Ciências e alunos de Ciências pelo trabalho que fazem para a cidade, para o Estado, para o país e para o mundo também. Mostra, ainda, todo o respeito que São Carlos tem pela ciência e pelo trabalho científico que aqui é desenvolvido. E reúne um grande grupo, desde a iniciação até aqueles que já contribuem há bastante tempo com uma forma mais avançada”, disse José Galizia Tundisi, secretário de Meio Ambiente, Ciência, Tecnologia e Inovação.

“Fiquei extremamente honrado e espero poder continuar por mais alguns anos exercendo meu trabalho. Por mim, já passaram mais de 80 alunos de pós-graduação, de mestrado ou doutorado. E temos que continuar com essa luta, para atrair, cada vez mais, pessoas que ajudem no avanço da ciência e da tecnologia. Um prêmio, como este, é muito gratificante”, ressalta Edson Antonio Ticianelli, premiado na Categoria Pesquisador Sênior (USP/IQSC). 

Participaram da cerimônia o prefeito Airton Garcia, o presidente da Câmara Municipal, Roselei Françoso, a vereadora professora Neusa, a secretária de Educação, Wanda Hoffman, o diretor da FESC, Fernando Carvalho e representantes de universidades, escolas e institutos de pesquisa.

SÃO CARLOS/SP - O prefeito Airton Garcia, juntamente com o presidente da Associação Comercial e Industrial de São Carlos (ACISC), José Fernando Domingues (Zelão), da vice-presidente, Ivone Zanquim e Danilo Loretto e dos secretários de Obras Públicas, João Muller, de Transporte e Trânsito, Paulo Luciano e de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Wilson Jorge Marques, visitou na manhã desta quinta-feira (18/11), as obras que estão sendo realizadas na área de comércio popular em São Carlos, localizada na baixada do mercado municipal e conhecida como “Shopping Beira Rio”.

Após 18 anos de atividades o comércio popular de São Carlos vai ganhar um novo local com 64 boxes. A Prefeitura de São Carlos também vai construir no local um bolsão de estacionamento para mais 70 veículos entre carros e motocicletas.

O estacionamento será construído onde hoje funcionam as lojas populares e, o complexo de comércio popular será transferido para o lado, onde funcionava o ponto de táxi e que agora estão sendo construídos os novos boxes. O ponto de táxi também foi transferido, porém na mesma região.

A Prefeitura de São Carlos está investindo R$ 1,4 milhão com recursos próprios para fazer essa obra que inclui também novos sanitários com acessibilidade para o público em geral.  “A melhoria faz parte da revitalização comercial do centro da cidade que começou com a reforma do calçadão da General Osório e a construção dos novos terminais”, explica João Muller, secretário de Obras Públicas.

“Vamos revitalizar toda essa região da Comendador Alfredo Maffei com a finalidade de buscar qualidade de vida, segurança e a valorização do comércio local. O prazo para a execução da obra é março de 2022”, disse o prefeito Airton Garcia que também esteve no calçadão.

O calçadão da rua General Osório, entre a rua 9 de julho e avenida São Carlos, passou por uma pequena intervenção para a recuperação do piso fulget em granilite, que teve trechos danificados pela a ação das fortes chuvas. A proposta foi resgatar a função do espaço, trazendo para a área central mobilidade, acessibilidade, segurança, inclusão, convívio social e sustentabilidade.

Publicado em Comércio

SÃO CARLOS/SP - O Departamento de Fiscalização da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano juntamente com a Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social e Guarda Municipal, interditaram no final da tarde da última quarta-feira (17/11), uma clínica particular de assistência psicossocial para portadores de distúrbios, localizada na rua Vitório Bonucci, no Jardim Tangará.

O Ministério Público, através de uma recomendação referente ao Inquérito Civil n.42.0714.0003056/2021, solicitou ao Departamento de Fiscalização e a Vigilância Sanitária que realizassem uma vistoria no local e adotassem as medidas necessárias de interdição em caso da não apresentação das licenças necessárias para o devido funcionamento.

Os fiscais do Departamento de Fiscalização e da Vigilância Sanitária constataram que a clínica estava em funcionamento sem o devido Alvará de Licença, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e Licença da Vigilância Sanitária.

O estabelecimento foi interditado até a sua devida regularização e os pacientes estão em processo de transferência e relocação pela Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social para local seguro, porém não informado para resguardar a segurança e saúde dos internados.

Publicado em Outras Notícias

SÃO CARLOS/SP - A noticia se repete chuva após chuva e como verão se aproxima e o roteiro é o mesmo há décadas, e nós como imprensa temos que noticiar, pois mais uma chuva e mais alagamentos em São Carlos.

No vídeo abaixo vocês podem acompanhar o alagamento na Rotatória do Cristo, mas informações que chegaram em nossa redação aponta alagamento no CDHU, no Centro (sem prejuízos para comerciantes) e em alguns pontos isolados da cidade.

 

Publicado em Outras Notícias

Acesse www.belladasemana.com.br

 

JOINVILLE/SC -  Rostinho de menina e atitude de mulher! A biomédica Aline Silva arrancou suspiros exibindo toda a sua ousadia durante o ensaio ao vivo para o Bella da Semana. Após o sucesso durante a transmissão e sua estreia na maior revista masculina do Brasil, a modelo retorna ao Bella da Semana com fotos inéditas da segunda parte do ensaio. Confira no site www.belladasemana.com.br

Nascida em Joinville (SC), Aline Silva tem 24 anos e mora em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e além de modelo trabalha como biomédica. A Bella da Semana conta ainda que gosta e jogar beach tennis e de assistir filmes nas horas de folga. 

Quando o assunto ficou mais íntimo a modelo não guardou segredos. Aline revelou que já fez ménage e que o lugar mais exótico que já transou foi no mar em um jetski. Ela também conta que já ficou com outras mulheres e que a parte que mais gosta são os seios. Sobre ficar com famosos: “Já, mas não posso falar”.

Aline revela ainda que entre quatro paredes vale tudo, que não pode faltar The Weekend em sua playlist na hora do sexo e que tem mania de andar pelada pela casa quando não tem ninguém olhando. O segredo para conquistar nossa Bella da Semana também é simples. “Fazer minhas loucuras”. 

Esse foi o primeiro ensaio nu da nossa Bella da Semana e ela comentou sobre a experiência de posar para a maior revista masculina do país. “Foi uma experiência incrível, eu pude sair da minha zona de conforto, eu adorei seria maravilhoso fazer novamente”.

Confira o ensaio ao vivo acessando www.belladasemana.com.br

Publicado em Entretenimento

A solidariedade e apoio da USP São Carlos

 

SÃO CARLOS/SP - São 24 núcleos de alfabetização nas áreas rural e urbana do Município de São Carlos, estando inscritos no programa cerca de 270 pessoas jovens, adultas, idosas, pessoas em situação de rua e pessoas com deficiência, além de atender pessoas que vivem no campo e cuja a maior parte está em processo de alfabetização, pois nunca frequentaram a escola.  O projeto envolve pessoas com idade superior a 18 anos, majoritariamente mulheres, que nunca frequentaram a escola ou que deixaram de frequentar há muito tempo, por diversos fatores que afetam a vida a adulta, a maior concentração de estudantes é por mulheres em todos os núcleos.

Resumidamente, este é o objetivo e o trabalho desenvolvido pelo movimento de alfabetização de jovens e adultos de São Carlos, designado “MOVA São Carlos”, um projeto criado em 2002, sobre a regulamentação da Lei Nº12.968 de março 2002, e que desde então está tendo grande relevância para a comunidade, pois possibilita que a população que não teve acesso a leitura e a escrita possa se alfabetizar e adquirir a dimensão instrumental que é de fundamental importância para as vivências sociais.

Dados do IBGE constataram que no Brasil, no ano de 2018, havia cerca de 11,3 milhões pessoas que ainda não sabiam ler e escrever, ou se sabiam não conseguiam compreender o que estava escrito nos textos. Nessa perspectiva, o “MOVA São Carlos” vem atuando e colaborando relevantemente para a diminuição desse índice, pois possibilita investimentos na área da educação de pessoas jovens e adultas.

“O MOVA São Carlos” é um projeto gratuito que surgiu a partir das experiências desenvolvidas em 1989 pelo “MOVA São Paulo” e que teve a participação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e  da Secretaria Municipal de Educação, envolvendo professores voluntários da rede municipal de ensino e da Universidade, que trabalharam juntos para desenvolver apoio e formação dos educadores e educadoras do movimento. Além disso, nessa época foi possível estabelecer uma parceria com o “Brasil Alfabetizado”, onde, a través de vários recursos, foi possível ampliar salas de aula e a formação de educadores e educandos e oferecer o curso de “Inclusão Digital” que era sistematizado, pelas professoras e professores da UFSCar e equipes estudantes da graduação e pós-graduação.

As atuações do “MOVA São Carlos”são voluntárias e gratuitas, ou seja, quem deseja estudar tem atendimento gratuito e material à disposição, como lápis, cadernos, borrachas e apontadores. “A equipe do “MOVA São Carlos” faz o trabalho de campo, ou seja, faz visitas às casas  das pessoas nos bairros e as convida  para se inscreverem no projeto, dando exemplos concretos de quem já se alfabetizou. Esse pré-contato com as pessoas é indispensável, pois a partir dele conseguimos saber quais são suas demandas e necessidades, porque nem sempre elas se sentem encorajadas a frequentar as aulas de imediato. Além disso, proporciona-nos fazer um levantamento prévio em relação ao número de pessoas que estão fora da escola em cada comunidade”, salienta a Profª Maria Alice Zacharias, alfabetizadora e coordenadora do “MOVA- São Carlos”.

Os núcleos são constituídos em espaço cedidos por apoiadores. Assim, cabe ressaltar que é importante que às pessoas tenham acesso ao conhecimento e a equipe MOVA orienta e encaminha as educandas e educandos para que deem continuidade aos estudos, pois compreendemos como é relevante a formação escolar em qualquer etapa da vida.

A solidariedade do IFSC/USP

As ações do “MOVA São Carlos”, por serem voluntárias, contam com o apoio de inúmeros parceiros, como, por exemplo: Secretaria Municipal de Educação de São Carlos, Associação de Capacitação, Orientação e Desenvolvimento do Excepcional (ACORDE), Associação de Apoio Educacional e Social de São Carlos (APRENDER), universidades privadas, USP, UFSCar -  Grupo de Pesquisa Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (NIASE), estabelecimentos comerciais, entidades religiosas, assentamentos, acampamentos rurais, centros espíritas, Serviço Social do Comércio (SESC), e particularmente do Instituto de Física de São Carlos (IFSC/USP), conforme explica a Profª Maria Alice. “O Movimento de Alfabetização de Jovens e Adultos de São Carlos (MOVA), diante do isolamento social provocado pela pandemia da COVID-19, tem procurado possíveis soluções para que os estudantes jovens e adultos, possam ter o contato com os conteúdos escolares, para além do atendimento presencial. Nesse sentido, junto com a equipe de educadoras e educadores foi cogitada a possibilidade de transmitir aulas pelo Canal 10 da Net/TV USP e pelo canal YouTube. Sabendo que o Prof. Vanderlei Salvador Bagnato sempre atua no sentido de contribuir com a sociedade, o “MOVA São Carlos” procurou-o em março deste ano para pedir sua colaboração. Prontamente, o Prof. Bagnato se dispôs a conceder o estúdio de gravação do CEPOF/USP para que fosse possível gravar aulas dedicadas às pessoas jovens e adultas em processo de alfabetização.  Em meados de maio de 2021, as aulas vêm sendo produzidas com a finalidade de proporcionar o compartilhamento dos conteúdos, abrangendo temáticas diversificadas e articuladas com a vida adulta. As aulas são gravadas por educadoras e educadores voluntários, com o apoio da equipe de produção da PROVE, que se encontra ao serviço do IFSC/USP, através dos profissionais Brás José Muniz, Anderson Muniz e Marcel Firmino”, enaltece a professora.

Além disso, a coordenação do “MOVA São Carlos”, junto com uma equipe de educadoras de apoio, vem organizando os cadernos de atividades, articulados com os conteúdos escolares, dedicados a quem não tem acesso aos canais de TV e YouTube. Mesmo com o retorno das aulas presencias, a Profª Maria Alice considera relevante manter as aulas nesses canais, tendo em vista que o isolamento social provocado pela pandemia vem impactando negativamente a vida educacional de muitas pessoas. “Ter o conteúdo escolar disponível no canal do YouTube, por exemplo, é um recurso relevante para que as pessoas possam assistir e rever  os conteúdos, se for necessário”, enfatiza a educadora.

A proposta do “Mova São Carlos” para o ano de 2022 é oferecer à comunidade cursos gratuitos de tecnologias digitais, idiomas, culinária, mecânica, artesanato e cursinho comunitário, entre outros, por meio de parcerias, e implantar o projeto “Horta Solidária”.

A sede do “MOVA São Carlos” está localizada na Av. João Dagnone, nº 7, em São Carlos

Contato - (16) 99235-2190

Facebook - https://www.facebook.com/movasaocarlos/posts/?ref=page_internal

Confira a localização do núcleos do “MOVA São Carlos”.

https://www.google.com/maps/d/u/0/viewer?mid=1YECEDbdJ2nYXF-SOSiBdz9GPtSEKnMSv&ll=-22.01160753485505%2C-47.871264216394025&z=16

 

 

 

Rui Sintra - jornalista - IFSC/USP

Publicado em Educação

SÃO CARLOS/SP - Na madrugada de hoje, 18, dois homens foram presos acusados de furtar uma residência no bairro Jardim Centenário, em São Carlos.

O 190 foi acionado para que Policiais fossem atender uma ocorrência de violência doméstica. A viatura se deslocava para o local, quando um homem em pleno desespero parou a viatura e assustado, disse que sua casa foi assaltada.

Os Militares tentaram acalmar o cidadão e disseram que estavam indo atender uma ocorrência, e que era ali perto e em breve estariam no local do assalto.

Na Rua Tibiriça, os PMs chegaram na casa onde estaria ocorrendo uma briga entre um casal e foram atendidos pela mulher que afirmou que brigou com amásio de 44 anos, pois ele queria deixar na sua casa um carro com vários objetos, cartões de banco e documentos, e não sabia a procedência disso tudo.

Um alerta acendeu na cabeça dos Policiais, e lembraram do cidadão que havia pedido socorro sobre um assalto. O amásio foi questionado sobre aqueles pertences e o mesmo confessou o crime que aconteceu na Avenida Quarto Centenário, mas negou ter participado.

Já que o homem disse não ter participado, os PMs perguntaram quem teria cometido o assalto e o sujeito levou os agentes até a casa do acusado do ato, que inclusive estava uma das TVs roubadas.

Diante dos fatos, ambos foram conduzidos à Central de Polícia Judiciária, onde foram ouvidos e autuados, posteriormente foram recolhidos ao Centro de Triagem de São Carlos.

A vítima do assalto reconheceu os objetos e os mesmos foram devolvidos.

Publicado em Policial

BRASÍLIA/DF - A Caixa lucrou R$ 3,2 bilhões no terceiro trimestre do ano, valor 69,7% maior que o resultado do mesmo período de 2020. De janeiro a setembro, o lucro total do banco chega a R$ 14,1 bilhões, aumento de 87,4% se comparado aos nove primeiros meses de 2020.

Em nove meses, já é o segundo melhor lucro da história do banco, maior que todos os resultados anuais, exceto em 2019. Os dados foram divulgados hoje (18) pela Caixa.

A margem financeira alcançou R$ 12,2 bilhões no terceiro trimestre, aumento de 27,8% se comparado ao mesmo período de 2020. O crescimento, segundo a Caixa, é decorrente principalmente dos aumentos de 15,2% nas receitas com operações de crédito e de 130,1% no resultado com operações de títulos e valores mobiliários.

O saldo na carteira de crédito total encerrou o terceiro trimestre com R$ 842,3 bilhões, o que representa crescimento de 11,3%, se comparado ao terceiro trimestre de 2020. Já o saldo em micro e pequenas empresas teve aumento de 39,2% em 12 meses, chegando a R$ 53 bilhões.

“A Caixa foi o primeiro banco a contratar o Pronampe, tendo 35,8% de market share [fatia de mercado] do produto em volume de concessões. Apenas no terceiro trimestre de 2021, foram contratados R$ 6,7 bilhões, contemplando 87,5 mil empresas”, informou o banco.

Até setembro, o volume de contratações no agronegócio aumentou 80,1%, número que corresponde a R$ 10,3 bilhões. No mesmo período, as contratações de crédito imobiliário cresceram 27,9%, na comparação com os nove primeiros meses de 2020, totalizando R$ 104,2 bilhões. O saldo total ficou em R$ 542 bilhões.

De acordo com o banco, o mês de agosto de 2021 foi o com a maior contratação de crédito imobiliário da história da Caixa, no valor de R$ 14 bilhões. O banco segue como o maior financiador da casa própria no país, com 66,3% de participação no mercado.

Com prestação de serviços, no terceiro trimestre do ano, o banco conseguiu R$ 6 bilhões, aumento de 3,2% no trimestre, com destaque para o aumento de 87,1% nas receitas com produtos de seguridade; 16,5% com conta corrente e tarifas bancárias; 9,5% com fundos de investimentos e 2% com cartões de débito e crédito.

De janeiro de 2019 a setembro de 2021, o banco devolveu 152 imóveis administrativos, em todas as regiões do país, e a previsão é de devolver mais nove prédios até o final do ano, totalizando 161 edifícios devolvidos. Nesse período, estima-se uma economia de R$ 377 milhões com essa otimização de espaços e mais R$ 251,8 milhões com as renegociações de aluguéis, totalizando uma economia de R$ 628,8 milhões.

No terceiro trimestre de 2021, as Loterias Caixa arrecadaram R$ 4,2 bilhões, valor 4,1% maior que o apurado no mesmo período de 2020. Desse valor, R$ 1,8 bilhão foi transferido aos programas sociais do governo federal nas áreas de seguridade social, esporte, cultura, segurança pública, educação e saúde.

 

 

 

Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Publicado em Economia

SÃO CARLOS/SP - O vereador são-carlense Ubirajara Teixeira – Bira (PSD) vem travando uma luta contra a instalação de uma praça de pedágio na Rodovia Washington Luís (SP-310), no km 255, entre São Carlos e Araraquara, passando por Ibaté, e na quarta-feira (17) esteve na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), na capital paulista, em busca de apoio.

Em sua visita à Alesp, Bira esteve em diversos gabinetes de deputados estaduais e explicou o fato que vem acontecendo, no qual a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), durante uma audiência pública realizada no dia 27 de outubro de 2021, em Araraquara, apresentou o projeto de instalação de novas praças de pedágios, incluindo esta no km 255 da Rodovia Washington Luís.

De acordo com Bira, a maioria dos deputados se mostra contra a instalação de novas praças de pedágios e declara que vai apoiá-lo nesta luta. “Fui muito bem recebido pelos deputados estaduais, mostrei onde estão querendo implantar uma nova praça de pedágio entre São Carlos e Araraquara e apontei onde já existem pedágios, apresentando assim a não necessidade de cobrança de nova tarifa na nossa região, pois isso pode afetar milhares de pessoas, que terão que desembolsar mais um valor para poder estudar e/ou trabalhar”, observou o vereador.

Para Bira, conseguir apoio neste momento é o mais importante para que se consiga barrar a ideia da instalação da nova praça de pedágio. “Precisamos de uma união, quanto mais apoio, mais força, teremos contra a instalação do pedágio, e essa é a minha ideia, levar às autoridades que não existe a necessidade desse projeto de novo pedágio e assim conseguir reunir o maior número de pessoas nesta luta”, destacou.

Bira revelou que alguns deputados se interessaram por esta luta e disseram que vão trabalhar para que não seja implantada a nova praça de pedágio na região. “O apoio está aumentando. Os deputados estaduais Alex de Madureira (PSD), Frederico D’Avila (PSL), Ricardo Madalena (PL) e Valeria Bolsonaro (PRTB) já se juntaram a nós nessa luta e vão nos ajudar a trabalhar para que não seja colocado o pedágio na nossa região”, finalizou.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - Próximo do fim da noite de ontem, 17, um homem foi detido após desacatar e agredir Polícia Militares na Rua Júlia Paixão David, no Jardim Zavaglia, em São Carlos.

De acordo com informações, os Militares realizavam o patrulhamento na região sul, quando avistaram um sujeito em atitude suspeita. Um dos PMs ao tentar a abordagem foi agredido com um soco e o acusado se evadiu para dentro de sua residência, onde de longe desacatava e falava palavras de baixo calão.

Passado alguns instantes a mãe do individuo permitiu a entrada dos Militares em sua casa, porém o sujeito resistiu a detenção, mas não adiantou, pois foi conduzido à CPJ, onde ficou à disposição do delegado de plantão.  

Publicado em Policial

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30