fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Quinta, 11 Novembro 2021

Os cavalos estavam sob os cuidados da Prefeitura de São Carlos após serem retirados de seus tutores por conta de maus tratos

 

SÃO CARLOS/SP - Os 16 cavalos que foram furtados no último dia 29/10 e até agora não foram localizados, chegaram até o Canil após denúncia de populares ao longo dos tempos, sendo que a Equipe responsável da Prefeitura realizou o resgate e apreensão. Os animais chegaram debilitados e machucados, tendo recebido todos os cuidados necessários para a reabilitação.

A Denúncia partiu da protetora Vanessa da Vera que postou em suas redes sociais (link abaixo) sobre o furto, inclusive Vanessa ajudou no resgate de alguns animais, realizando denúncia de maus tratos.

“Estou indignada, como assim esses animais de grande porte sumiram do Canil? Como assim ninguém viu? Eu quero uma resposta, eu quero uma resposta!” Tem vereador sabendo e ninguém fala nada, todos se calam”,  finalizou Vera.

A Radio Sanca entrou em contato com a Prefeitura que confirmou o furto dos cavalos, informando que todos os animais foram fotografados e “microchipados”.  Que no caso de os animais serem encontrados com qualquer pessoa, a mesma poderá ser acusada de receptação de animais furtados. Informou ainda que nenhum foi encontrado.

A Prefeitura não informou se abrirá sindicância para averiguar detalhadamente o desaparecimento dos animais de grande porte.

Caso o leitor tenha conhecimento do paradeiro de um ou de todos animais, entrar em contato anonimamente no 190 – Polícia Militar.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=4854452781265408&id=100001022032999&sfnsn=wiwspwa

 

 

 

Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - Lideranças políticas regionais e representantes da sociedade civil participaram na última quinta-feira (11) da audiência pública promovida pela Câmara Municipal no Centro Nacional Inn de Convenções (Cenacon) para discutir a proposta de instalação de um pedágio na rodovia Washington Luís (SP-310) entre São Carlos, Ibaté e Araraquara. Convidado pelo presidente da Câmara, vereador Roselei Françoso, esteve presente o diretor-presidente da ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), Milton Roberto Persoli, que fez uma exposição do estudo preliminar de concessão do lote noroeste que prevê a implantação do pedágio. Durante quase três horas, Persoli ouviu manifestações de reprovação e repúdio à medida, considerada danosa para a população e a economia regional.

Ao lado de Roselei Françoso e de Milton Persoli, compuseram a mesa principal da audiência pública o vice-prefeito de São Carlos, Edson Ferraz, o secretário de Transporte e Trânsito Paulo Luciano, representando o prefeito Airton Garcia, o presidente da Câmara de Araraquara, Aluisio Braz, o presidente da Câmara de Ibaté, Valentim Fargoni, o vice-prefeito de Araraquara, Damiano Neto, o diretor-presidente da Prohab, Walcinyr Bragatto, representando Sebastião Misiara, presidente da União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UVESP), e o prefeito de Ribeirão Bonito, Carlos Calegaro. Também compareceram Diego Rodrigues da Silva, vice-prefeito de Descalvado, e Cláudia Batista, presidente da Câmara de Dourado.

Vereadores da Câmara Municipal de São Carlos e secretários municipais compareceram à audiência, além de parlamentares de Ibaté e Araraquara e representantes da FESC, UNICEP, Sindicato Rural de São Carlos, Procon de São Carlos, CIESP, Sicoob. O prefeito de Ibaté, José Parrela, justificou sua ausência. Durante o evento, foram exibidas manifestações do ex-vereador e ex-deputado Júlio Cesar e do deputado estadual Paulo Teixeira contra a instalação do pedágio. A deputada estadual Márcia Lia enviou mensagem nesse sentido.  

Milton Persoli apresentou informações sobre o estudo e disse que a posição unânime dos presentes à audiência, pela não colocação do pedágio, “tem que ser considerada”. “Não há intenção nenhuma do governador e do programa de concessões de apresentar um projeto que não traga benefícios, só traga prejuízos”, disse. O diretor da ARTESP informou haver previsão de investimentos de R$ 11,9 bilhões na região de São Carlos ao longo do contrato de concessão, R$ 3,5 bilhões para obras como a construção de marginais em São Carlos e 20 dispositivos. Também apontou a previsão de 20 novas praças de pedágio e estabelecimento de descontos na tarifa para usuários frequentes.

As lideranças políticas e da comunidade que usaram a palavra durante o evento não pouparam críticas à instalação do pedágio no quilômetro 255 da rodovia Washington Luís, apontando os danos dessa medida e o passivo do governo estadual na realização de obras necessárias na região e particularmente em São Carlos. Os oradores que se sucederam apontaram a necessidade de retomada econômica no pós-pandemia, citaram a proximidade dos pedágios de Matão e Itirapina, observaram que a instalação de pedágio penaliza cidades localizadas em rotas alternativas, aumentando o tráfego e demanda por obras em estradas secundárias e vicinais.

O secretário Paulo Luciano entregou ao diretor-geral da ARTESP uma relação de obras de melhorias que são necessárias no trecho de concessão no município de São Carlos, como a readequação do trevo do bairro São Carlos 8, construção de vias marginais, obras de terceira faixa, drenagem, dispositivo de retorno no bairro Tangará, entre outras.

Já o vice-prefeito de São Carlos Edson Ferraz lamentou a ausência de deputados ao evento, falou sobre o crescimento da cidade e da presença da WL atualmente como uma avenida que corta a zona urbana,repudiou o pedágio e destacou a necessidade de um compromisso imediato com a realização de obras. O vereador Bira Teixeira exibiu uma faixa em protesto contra o pedágio durante a exibição dos slides sobre o estudo preliminar da ARTESP.

Pronunciara-se na tribuna Walcinyr Bragatto representando a UVESP, Aluisio Braz, presidente da Câmara Municipal de Araraquara,  Valentim Fargoni, presidente da Câmara de Ibaté, - Damiano Neto vice prefeito de Araraquara, Paulo Luciano, secretário de Transporte e Trânsito  representando prefeito Airton Garcia, Carlos Caregaro prefeito de Ribeirão Bonito, Edson Ferraz, vice prefeito de São Carlos,  Claudia Batista, presidente da Câmara de Dourado, Renato Barros e Rodrigo Zambrano (OAB São Carlos), vereadores Bira Teixeira e Dé Alvim,Rodrigo Zambrano OAB, vereadores Gerson Freitas e Guilherme Bianco (Araraquara), vereadoras Raquel Auxiliadora e Professora Neusa, vereador Bruno Zancheta, ex-vereador Lineu Navarro e o presidente da  Câmara Roselei Françoso, além de representantes da comunidade.

Ao final do encontro, Milton Persoli assumiu o compromisso de levar a manifestação contrária da cidade e região para o governo estadual e apresentar na região o projeto quando concluído, com previsão para o primeiro trimestre de 2022. “Fico feliz em poder ouvi-los e levar a impressão de vocês para o governo e para o grupo técnico. Para nós está muito claro o que precisa ser feito”, afirmou.

O presidente da Câmara, Roselei Françoso, agradeceu aos presentes e ao diretor-geral da ARTESP e disse que as lideranças políticas e da comunidade irão acompanhar todas as ações relacionadas a este assunto. “Vamos fazer uma consulta pública em São Carlos, que será mais um instrumento de participação popular que se soma aos abaixo-assinados de São Carlos, Araraquara e Ibaté, para dizer ao governador que o povo da região não aceita a instalação de uma nova praça de pedágio”, informou.

“A instalação do pedágio não desenvolve, mas congela a região, segrega pessoas e gera dificuldades para os municípios. As Câmaras de São Carlos, Ibaté e Araraquara são contra esse pedágio. A audiência pública deixou clara a nossa indignação”, completou Roselei.

Publicado em Política

BRASÍLIA/DF - O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que abre espaço de R$ 9,4 bilhões no orçamento da Seguridade Social para o pagamento, ainda este ano, do Auxílio Brasil. A medida remaneja o saldo do Bolsa Família, que foi extinto e substituído pelo novo programa social do governo. Os recursos são em favor do Ministério da Cidadania.

A lei foi aprovada nesta quinta-feira (11) no Congresso Nacional e ontem mesmo foi sancionada e publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). O benefício começa a ser pago no próximo dia 17, seguindo o calendário do Bolsa Família. Cerca de 17 milhões de famílias receberão um tíquete médio de R$ 217,18.

Mas para valer definitivamente, a Medida Provisória nº 1.061/2021, que instituiu o programa, precisa ser aprovada pelo Congresso até 7 de dezembro, 120 dias após a edição do dispositivo. O início dos pagamentos do Auxílio Brasil também coincide com o fim do auxílio emergencial, lançado no ano passado para apoiar famílias vulneráveis durante a pandemia e que teve a última parcela creditada no mês passado.

Plano Plurianual

Ainda nessa quinta-feira, Bolsonaro sancionou a lei que altera o Plano Plurianual (PPA) 2020-2023 para incluir o Programa Auxílio Brasil. A medida também foi publicada em edição extra do DOU.

O objetivo do novo programa, descrito no PPA, é “promover a redução da pobreza e extrema pobreza e a emancipação das famílias por meio da transferência de renda e da articulação de políticas públicas, visando a cidadania e a superação de vulnerabilidades sociais”.

Adicionalmente, a lei também exclui o programa referente à promoção da cidadania. Em nota a Secretaria-Geral da Presidência explicou que a medida foi adotada em razão da alteração na estrutura organizacional da administração pública federal e do fato de que o orçamento de 2021 não apresentou recursos para o financiamento desse programa. “Atualmente, o programa Promoção da Cidadania é implementado no âmbito de outro programa finalístico previsto no PPA”, diz a nota.

 

 

Por Andreia Verdélio – Repórter da Agência Brasil

Publicado em Política

SÃO PAULO/SP - A cantora sertaneja Simone Mendes revelou em conversa com seus seguidores, na quinta-feira (12), que pretende se dedicar a música gospel no futuro.

Simone faz dupla com Simaria, mas respondeu que “no tempo certo” deixaria as coisas do mundo para se firmar com Deus. “[Sou firme com Deus] desde os meus seis anos de idade”, seguiu ela.

A cantora já até gravou um louvor, que ainda está sem data para o lançamento. Simone também rebateu uma internauta que duvidou de sua fé, apenas por cantar músicas sertanejas: “Quem te falou que eu sirvo a dois senhores? Pelo fato de eu cantar? Eu sou uma mulher honesta, mãe fiel ao meu esposo, amo meus irmãos, ajudo ao próximo… Tenho os meus defeitos como todo mundo tem, mas ninguém pode apontar o dedo e dizer que eu não amo Jesus porque canto”.

 

 

Maria Luise Brey / METROPOLITANA

Publicado em Pop & Arte

SÃO CARLOS/SP - Ontem, 11, moradores entraram em contato com a Rádio Sanca para relatar um vazamento de água e uma cratera que se abria na Rua Itália, na Vila Prado, onde postamos uma matéria (link) e ligamos para o SAAE.

Prontamente fomos atendidos e bem atendidos, diga-se de passagem, pelo Diretor da autarquia, que nos disse que iria arrumar o problema caso o tempo deixasse.

Na manhã de hoje, 12, os trabalhadores do SAAE já estavam no local para acabar com o desperdiço d’água e fechar a cratera aberta devido o vazamento.

Os moradores enviaram a foto do trabalho realizado agradecendo.

- Queremos agradecer a Rádio Sanca por nos ajudar, intervindo ao Saae e o mesmo resolvendo o problema que se arrastava há meses. Muito obrigado.

A Rádio Sanca agradece aos moradores que confiam em nosso trabalho, e agradecemos ao SAAE por sempre nos atender tão bem.

Publicado em Outras Notícias

EUA - A cápsula operada pela empresa privada SpaceX para a Nasa, a agência espacial norte-americana, com quatro astronautas a bordo chegou na quinta-feira (11) à Estação Espacial Internacional (EEI), para nova missão de seis meses.

O voo operado pela empresa aeroespacial privada do magnata Elon Musk demorou 21 horas para chegar ao destino, após ter saído do Centro Espacial Kennedy, na Florida.

Para os três astronautas norte-americanos da Nasa, Raja Chari, Kayla Barron e Tom Marshburn, e o astronauta alemão da Agência Espacial Europeia (ESA) Matthias Maurer, o momento em que avistaram pela primeira vez a estação espacial, a 30 quilômetros de distância, foi emocionante.

"Flutuando no espaço e brilhando como um diamante", escreveu Maurer. "Estamos todos muito entusiasmados", acrescentou, citado pela agência de notícias Associated Press (AP).

Os quatro fazem parte da missão Crew-3 e vão substituir a tripulação que regressou à Terra na segunda-feira, juntando-se ao astronauta norte-americano e aos dois russos que permaneceram a bordo da estação.

"Não consigo dizer como estou feliz por ver essas caras sorridentes", disse o astronauta da Nasa Mark Vande Hei, depois de abraçar os recém-chegados.

"Cada um de nós, todos, os sete, somos amigos, e vamos tornar-nos ainda mais com o passar do tempo", afirmou.

Vande Hei e um dos dois russos a bordo participam de missão de um ano, que deverá terminar em março de 2022.

 

SpaceX

Esta é a terceira missão com destino à Estação Espacial Internacional operada pela empresa privada SpaceX para a Nasa.

É também a terceira viagem ao espaço do norte-americano Tom Marshburn, que já viajou a bordo de um vaivém espacial em 2009 e de um foguetão Soyuz em 2012-2013.

Os demais astronautas fazem a viagem pela primeira vez.

A missão incluirá várias experiências, incluindo a observação dos efeitos do regime alimentar no sistema imunitário dos astronautas, com a estadia prolongada no espaço.

A tripulação da Crew-3 também fará passeios espaciais para prosseguir a instalação de novos painéis solares na ISS.

Nos próximos seis meses, a estação acolherá ainda duas missões turísticas.

Os primeiros a chegar deverão ser passageiros japoneses, a bordo de uma nave espacial russa Soyuz, no fim do ano. Em fevereiro de 2022, a estação deverá receber passageiros da missão Ax-1, organizada pela Axiom Space, em parceria com a SpaceX.

 

 

Por RTP

Publicado em Ciência & Tecnologia

Dia 12 de novembro, sexta-feira às 20h a Banda Catarina no Sofá faz o show “Nossas Senhoras no Sesc com venda de ingressos e lugares limitados.

 

SÃO CARLOS/SP - O show “Nossas Senhoras" é um projeto de som experimental unido a várias vertentes artísticas trazendo ao palco um trabalho autoral inédito da Banda Catarina no Sofá, no qual música é base para transformar poesia em uma experiência imagética e sensorial para o público. Os projetos musicais que tiveram deram bagagem diversificada que resultou nesse reencontro, possibilitando um novo trabalho cheio de nuances rítmicas.

O propósito da banda é, com a arte, abordar temas relevantes, contribuir e resistir, sempre pensando na igualdade coletiva. Este trabalho musical que envolve expressão corporal, poesia, teatro, todas vertentes experimentadas e vivenciadas com profissionais de cada área, fala sobre Mulher e foi baseado e inspirado em relatos reais de mulheres, aprofundado na prática, na recordação e na memória e é composto por 7 músicas.

O espetáculo intitulado “Nossas Senhoras”, com direção e concepção visual de Felipe Casati, transita na música, teatro, dança e poesia sobre situações reais em que as mulheres vivem no dia a dia durante toda sua vida. Teodora, Carmen, Elza, Jaqueline, Herculano, Francisca e Maria compõem o disco e o show com suas histórias através da música, uma experiência diferente para o público e uma investigação constante para os integrantes da banda

A banda

Catarina no Sofá é uma banda do interior de São Paulo, mais precisamente da cidade de Descalvado/SP, e por ser do interior traz características do que é ser da terra, interiorana, e que busca na memória força para musicar o que é ser e transgredir aquilo que se carrega como tradição. A banda, com influência do rock e do jazz dentre tantas outras, traz a brasilidade do que é pertencer ao local de origem e mistura tudo isso com o que é ser artista; formada por: Danilo Hansem (bateria, percussão e vocais), Eduardo Machado (guitarra, violão e vocais), Mateus Feliciano (guitarra, violão e vocais), Ninne Monzani (vocal e percussão) e Tiago Pazotto (contrabaixo e vocais), diferentes músicos em uma caldeirada de experimentação sonora, o que resulta em um trabalho múltiplo e inovador. Com pouca idade de banda, mas muita em experiência musical de seus componentes, em sua primeira performance, traz como tema um incômodo de todos os “catarin@s”: nossas senhoras, aquelas senhoras que estão perto de nós e que carregam vivências a serem compartilhadas.

Ficha técnica do show:

Ninne Monzani – Canto e Meneio

Eduardo Machado - Guitarra, Violão, Coro e Jaiz

Mateus Feliciano - Guitarra, Coro e Drop

Tiago Pazotto – Baixo, Coro e Sensatez

Danilo Hansem – Bateria, Percussão, Coro e Batuques

Direção: Felipe Casati

Visualidade (cenário e figurinos): Felipe Casati

Técnico de Som: Marcos Pinho

Arranjos: Catarina no Sofá e Ché Costa

Produção: Mateus Feliciano e Felipe Casati

Registro Audiovisual: Jhone Filmes

Fotos: Jhone Filmes e Vandré Lima Fotografia

Sobre apresentação do comprovante de vacina

Em todas as unidades do Sesc no estado de São Paulo é necessário apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19 (pelo menos a 1ª dose) e documento com foto. O público pode apresentar o comprovante de vacinação físico ou digital, recebido no ato da vacinação ou o comprovante digital, disponibilizado pelas plataformas VaciVida e ConecteSUS ou pelo aplicativo e-saúdeSP. Para mais informações, acesse: www.sescsp.org.br/voltagradual. O distanciamento físico, a utilização de máscara cobrindo boca e nariz, assim como a medição de temperatura dos visitantes na entrada da unidade, seguem sendo obrigatórios.

 

Sobre o Sesc São Paulo

Com 75 anos de atuação, o Sesc – Serviço Social do Comércio conta com uma rede de 44 unidades operacionais no estado de São Paulo e desenvolve ações com o objetivo de promover bem-estar e qualidade de vida aos trabalhadores do comércio, serviços, turismo e para toda a sociedade. Mantido pelos empresários do setor, o Sesc é uma entidade privada que atua nas dimensões físico-

esportiva, meio ambiente, saúde, odontologia, turismo social, artes, alimentação e segurança alimentar, inclusão, diversidade e cidadania. As iniciativas da instituição partem das perspectivas cultural e educativa voltadas para todas as faixas etárias, com o objetivo de contribuir para experiências mais duradouras e significativas. São atendidas nas unidades do estado de São Paulo cerca de 30 milhões de pessoas por ano. Hoje, aproximadamente 50 organizações nacionais e internacionais do campo das artes, esportes, cultura, saúde, meio ambiente, turismo, serviço social e direitos humanos contam com representantes do Sesc São Paulo em suas instâncias consultivas e deliberativas.

Mais informações em www.sescsp.org.br/pt/sobre-o-sesc.

 

Serviço do show Catarina no Sofá:

Data: 12 de novembro, sexta-feira.

Horário: 20h.

Ingressos: R$ 40,00 (inteira); R$ 20,00 (meia); R$ 20,00 (credencial plena).

Lugares limitados. 12 anos.

Local: Unidade São Carlos – Av. Comendador Alfredo Maffei, 700 – Jd. Gibertoni – São Carlos – SP

Mais informações pelo telefone: 3373-2333

Publicado em Outras Notícias

O Hospital Unimed São Carlos, que foi acreditado com excelência nível 3, atende aos padrões e requisitos de segurança do paciente, gestão integrada e excelência em gestão.

 

SÃO CARLOS/SP - No dia 3 de novembro, o Hospital Unimed São Carlos – Unidade I recebeu a acreditação ONA nível 3, Acreditado com Excelência –que além de avaliar os critérios de segurança, gestão integrada dos processos e excelência em gestão, demonstra ciclos de melhorias e maturidade institucional, resultado que só poderia ser obtido pelo apoio integral da Diretoria Executiva e da dedicação de todos os envolvidos, médicos, colaboradores, prestadores de serviços e fornecedores parceiros.

Nós estamos muito felizes com mais essa grande conquista do nosso Hospital Unidade I, que demonstra a dedicação e o compromisso de todos colaboradores Unimed São Carlos. Nosso desafio não terminou, estaremos sempre em busca da melhoria contínua para prestar um atendimento de qualidade para nossos beneficiários, relata Daniel Canedo, presidente da Unimed São Carlos.

O vice-presidente, Ivan Linjardi, ressalta a importância que essa certificação traz para a Instituição. “A Unimed São Carlos, cada vez mais, reforça a qualidade que presta nos seus serviços. Ter um hospital que é referência na cidade mostra aos beneficiários como a cooperativa preza por altos padrões de qualidade em todos os setores de atendimentos, desde administrativo ao assistencial”.

Com foco na segurança do paciente e melhoria contínua dos processos, o Hospital passou por avaliação detalhada nos dias 13 e 14 de outubro, por meio de uma Instituição Acreditadora Credenciada, a Fundação Vanzolini, que conta com uma equipe de avaliadores habilitada pela ONA. Eles buscaram evidências de conformidade com os padrões do Manual Brasileiro de Acreditação nas diversas áreas, incluindo a gestão organizacional, a qualidade e a segurança na assistência prestada, bem como ciclos de melhorias e maturidade institucional.

O processo de Acreditação é voluntário, ou seja, feito por escolha da Unimed São Carlos. O selo de Acreditado com Excelência, que é o mais alto da categoria, foi entregue ao Hospital Unimed por liberação do Conselho Técnico Integrado – ONA, se tornando assim o único hospital da cidade com esse selo.

De acordo com o Superintendente Técnico da ONA, Péricles Cruz, a certificação de uma organização de saúde através da acreditação é um reconhecimento de que a instituição atende aos rigorosos padrões que a metodologia exige. Em mais de 20 anos de atuação, a ONA já certificou várias Organizações de saúde. “A acreditação do Hospital Unimed São Carlos é válida por dois anos e será acompanhada por nossos avaliadores por meio de visitas periódicas de manutenção”, explica.

O médico Paulo Motta, diretor técnico do Hospital, ressalta que esse selo significa o resultado de um trabalho de vários anos com envolvimento de toda a equipe do Hospital e Qualidade. Mais do que a implantação de uma cultura de qualidade, ele nos traz o compromisso com a segurança de nossos pacientes.”

Para Janete Akamine, gerente Assistencial Hospitalar, a conquista do selo representa o empenho de toda a equipe, que não mediu esforços para atender os requisitos exigidos. O selo é resultado de um processo de maturidade e comprometimento de todos os colaboradores e equipe médica”.

 Esmarilda Lopes de Felipe Verdeiro, gerente do Sistema da Qualidade Unimed São Carlos, destaca que o recebimento deste importante selo em novembro, mês em que é comemorado o Dia Mundial da Qualidade, é muito significativo.

“O Sistema da Qualidade está em festa. É com grande orgulho que recebemos e merecemos tal conquista que só foi possível pelo comprometimento da diretoria, gestão hospitalar, equipes médicas, assistenciais e administrativas. Cada detalhe foi fundamental para alcançar nosso propósito de evidenciar a qualidade dos serviços oferecidos no Hospital Unimed São Carlos. Parabéns!”

SÃO CARLOS/SP - Dois homens foram presos pela Polícia Militar na tarde de ontem, 11, por porte ilegal de arma de fogo, no bairro Cidade Aracy, em São Carlos.

Os PMs realizavam patrulhamento, quando na Avenida Tetracampeonato, avistaram um veículo Honda Civic e o motorista estava ostentando um revólver em mãos, quando avistou a viatura, jogou a arma no chão do veículo.

Mais viaturas foram acionadas e a abordagem foi realizada. No carro havia mais três pessoas, sendo duas mulheres e um homem, e ao realizar a vistoria no veiculo foi localizado duas armas de fogo calibre 38.

Diante dos fatos, todos foram conduzidos ao Plantão Policial, porém, durante o trajeto, o motorista D.A.S., tentou danificar a viatura. No Plantão, o motorista foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, embriagues no volante e por dano ao patrimônio público. Já o companheiro que estava no carro foi preso por porte ilegal de arma de fogo. As mulheres foram liberadas.

O Major Nucci, informou a imprensa que a Polícia Militar está se empenhando muito para manter a segurança e a ordem em todo território do 38ºBPMi.

-Com muita dedicação as equipes estão se esforçando ao extremo para esse resultado. Sabemos que o resultado dessas ações virá nos próximos meses, mas saibam que a Polícia Militar está incansavelmente empenhada para fazer o melhor. Tenho muito orgulho da nossa equipe de Oficiais e Praça, pois nossos guerreiros (as) estão nas ruas para trazer o bem e a tranquilidade para a cidade.

Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - Na madrugada de hoje (12), uma mulher foi presa ao tentar matar o próprio filho em uma residência localizada na Rua Desembargador Júlio de Faria, na Vila Prado, em São Carlos.

De acordo com informações, por motivos a serem investigados a mãe pegou uma faca e atingiu o garoto de 12 anos no ombro e depois atacou contra sua própria vida. Neste momento o menino saiu correndo pedindo ajuda.

Uma vizinha atendeu o chamado do menino e foi até a casa dele, lá a mãe estava em um quarto com a porta trancada e com ajuda conseguiu arrombar a porta, encontrando a mulher caída no chão sobre uma poça de sangue.

Imediatamente o SAMU e a Polícia Militar foram acionados, onde estiveram no local e encaminharam as vítimas à Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, onde filho e mãe permanecem internados.

Publicado em Policial

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Novembro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30