fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Sábado, 11 Setembro 2021

No local serão oferecidos os mesmos serviços realizados na associação

 

SÃO CARLOS/SP - A ACISC (Associação Comercial e Industrial de São Carlos) vai inaugurar nesta próxima terça-feira (14), um ponto de atendimento ao consumidor no Shopping Iguatemi. A cerimônia de abertura será realizada às 10h, de forma simbólica com poucos participantes devido a pandemia da COVID-19.

Segundo o presidente da associação José Fernando Domingues, o Zelão, no local serão oferecidos os mesmos serviços realizados na associação: ACCelular, Boa Vista SCPC, ACISC Saúde, ACISC Recupera Crédito e o ACCertificado Digital. “Estamos empenhados em fortalecer o nome da associação levando informação aos consumidores e benefícios aos empresários. A ACISC vem crescendo a cada ano e nós estamos trabalhando para garantir serviços de qualidade com referência nacional”, disse Zelão.

O gerente financeiro e administrativo da ACISC, Alexandre Rosa, reforça que essa será uma forma de aproximar a associação da população em geral. “Acreditamos que este espaço no Shopping seja uma boa oportunidade para fortalecer parcerias e melhoria dos serviços prestados tantos aos cidadãos quanto aos empresários”, acrescentou.

O atendimento na unidade será realizado das 10h às 20h, de segunda a sexta-feira e das 10h às 16h aos sábados, aos domingos e feriados o ponto de atendimento ficará fechado. Para certificação digital, o interessado deverá fazer o agendamento do serviço.

Publicado em Comércio

O agendamento para todos os grupos já está disponível para segunda e terça no sistema eletrônico da Prefeitura 

 

SÃO CARLOS/SP - A partir desta segunda-feira (13/09), além de continuar a vacinação para pessoas com 12 anos ou mais e aplicação da segunda dose de todos os imunizantes, a Secretaria de Saúde inicia a vacinação da terceira dose, chamada dose de reforço, em idosos com 85 anos ou mais que tenham recebido a segunda dose há 6 meses. 

Para receber qualquer uma das dose, inclusive a terceira dose, é necessário fazer o agendamento no site http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/fila. Os idosos não precisam fazer novo cadastro no Vacina Já para a dose adicional, bastando comparecer com o comprovante do esquema de imunização completo há seis meses e documento pessoal com foto e CPF, mesmos documentos exigidos para quem vai receber a segunda dose. 

A diretora de Vigilância em Saúde, Crislaine Mestre, ressalta que a medida deve atender 800 idosos nessa faixa etária que pelo menos há seis meses receberam  a segunda dose de qualquer imunizante. “Independente se o idoso recebeu as duas doses da Astrazeneca, Coronavac ou Pfizer, agora precisa tomar a dose de reforço. A dose adicional aplicada será da Coronavac”.

Crisleine garantiu, ainda, que o município também possui doses da Astrazeneca e diluente da Pfizer. “Não usamos a reserva técnica para antecipar a primeira dose, por isso, podemos garantir a aplicação dos imunizantes em segunda dose”.

Já a diretora de Gestão do Cuidado Ambulatorial, Denise Braga, solicita que todos façam o agendamento. “Com o agendamento evitamos longas e demoradas filas. Também estamos estudando a disponibilidade de mais unidades fixas para a próxima semana em virtude do início da aplicação da dose de reforço para os idosos”. 

Confira os locais e horários disponíveis para agendamento nesta segunda (13/09) e terça-feira (14/09): 

9h às 15h – Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do Azulville, Maria Stella Fagá e Redenção e Unidades de Saúde da Família (USF’s) do Zavaglia, Arnon de Melo/Angelina, Jockey Clube/Guanabara, CDHU e Cruzeiro do Sul (Equipes 1 e 2). 

13h às 19h - Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) do Cidade Aracy, Santa Felícia e São José; 

9h às 13h - Postos volantes com sistema drive-thru da FESC, na Vila Nery, do Shopping Iguatemi e Paróquia Guadalupe (Cidade Aracy). Nestas unidades somente serão aplicadas a segunda dose da ASTRAZENECA e da CORONAVAC. A PFIZER somente é aplicada em unidades fixas. 

CADASTRO - Para fazer a primeira dose é necessário fazer o cadastro no www.vacinaja.sp.gov.br e preencher os dados. O comprovante de endereço é obrigatório. 
Os menores de idade desacompanhados devem apresentar o termo de assentimento preenchido e assinado juntamente com um documento pessoal do responsável legal que assinou o Termo. Adolescentes acompanhados pelo responsável devem portar o termo preenchido e documentos pessoais de ambos com foto e CPF. O termo de assentimento está disponível no link http://coronavirus.saocarlos.sp.gov.br/wp-content/uploads/2020/03/TermoAssentimento-12a17anos.pdf.

Outras informações sobre o agendamento eletrônico e dúvidas sobre o cadastramento podem ser esclarecidas na Secretaria Municipal de Saúde, das 8h às 16h, pelos telefones (16) 99718-8137, 99765-8490 ou 99604-1985.

Publicado em Coronavírus

SÃO PAULO/SP - Em busca de uma sobremesa cremosa e refrescante? O bolo-sorvete é a opção perfeita! Uma combinação que vai deixar todos com água na boca. É hora de aproveitar os sorvetes do congelador e preparar um docinho diferente e que vai agradar os mais diversos paladares. Demais, né? Confira as receitas de bolo-sorvete do Guia da Cozinha e tire a prova!

Bolo-sorvete sensação

Ingredientes

  • 2 litros de sorvete de chocolate
  • 1 litro de sorvete de morango
  • 170g de chocolate ao leite crocante picado
  • 1 xícara (chá) de morango picado
  • Cobertura para sorvete sabor chocolate, raspas de chocolate ao leite e morangos a gosto para decorar

Modo de preparo

Retire os sorvetes do congelador 15 minutos antes de usar. Misture o chocolate picado no sorvete de chocolate e os morangos picados no sorvete de morango. Faça uma camada com metade do sorvete de chocolate no fundo de uma fôrma de buraco no meio de 20cm de diâmetro, em seguida o sorvete de morango e finalize com o sorvete de chocolate restante. Cubra com filme plástico e leve ao congelador por 2 horas ou até firmar. Passe uma faca sem ponta na lateral da fôrma e desenforme. Decore com as coberturas, as raspas de chocolate e os morangos.

Sirva.

 

*Por: GUIA DA COZINHA

 

Publicado em Culinária

SÃO CARLOS/SP - O prefeito de São Carlos, Airton Garcia, e a secretária de Cidadania e Assistência Social, Glaziela Solfa Marques, receberam na sexta-feira (10/09), no auditório do Paço Municipal, o Promotor de Justiça, Dr. Cláudio Escavassini e a advogada Dra. Carolina Gonçalves de Oliveira, coordenadora da Comissão de Combate à Violência Contra a Mulher da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), ambos da cidade de Franca, que ministraram a palestra “Desafios e Caminhos na Rede de Atendimento, Prevenção e Enfrentamento à Violência de Gênero, Familiar e Doméstica”.

Com presença de profissionais da área da assistência social, de segurança pública e do poder judiciário, a secretária de Cidadania de São Carlos fez uma apresentação com os números e serviços oferecidos pelo município às mulheres em situação de violência.

A secretária explicou que em São Carlos, desde 2015, em virtude de uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) do Ministério Público, que determinou a extinção das Divisões dentro da estrutura administrativa da Prefeitura e, consequentemente a extinção dos cargos de chefia desses setores, as políticas públicas para as mulheres, ou seja, os programas que visam assegurar os direitos das mulheres passaram a ser desenvolvidos diretamente pela gestão da sua pasta, por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS).

“Por meio do CREAS são atendidas mulheres vítimas de violência física, psicológica e sexual. Em 2020, atendemos 91 mulheres que receberam encaminhamento jurídico, atendimento psicossocial, além de orientações para o mercado de trabalho. Esse ano, somente de janeiro até agosto, já foram atendidas 92 mulheres. Quando necessário, também oferecemos atendimento na Casa Abrigo “Gravelina Teresinha Lemes”. Em 2020, a Casa realizou 15 acolhimentos em situação de violência (ameaça de vida). Em 2021, até agora, abrigamos 2 mulheres e oferecemos 12 hospedagens emergenciais”, revelou Glaziela Solfa Marques.

A Casa Abrigo “Gravelina Teresinha Lemes” é de caráter sigiloso e provisório e tem como objetivo principal o acolhimento à mulher e seus filhos menores em situação de risco iminente pelo período necessário à sua proteção e integridade física. Oferece acompanhamento aos atendimentos de saúde, orientação jurídica e psicológica, garantindo também o convívio escolar dos filhos.

As mulheres vítimas de violência também podem buscar atendimento no Centro de Referência em Direitos Humanos, para acolhimento da situação. O registro de boletim de ocorrência de violência doméstica pode ser feito pela internet. A Polícia Civil também incentiva a denúncia dos casos de violência contra a mulher pelos telefones 180 da central de denúncias e pelo 190 da Policia Militar.

 “Com o isolamento, o abuso de álcool e outras drogas, além da situação econômica, realmente a violência aumentou contra as mulheres principalmente porque elas estão isoladas dentro de casa com os autores dessas agressões. O maior desafio é justamente este: chegarmos até essa mulher. Com as redes sociais, imaginávamos que conseguiríamos de modo mais rápido e fácil, mas não é verdade porque falta conhecimento dessas ferramentas e conhecimento para essa mulher vítima de onde procurar ajuda, dos serviços oferecidos pelos municípios. Por isso, o trabalho da imprensa na divulgação dessas medidas é essencial para que ela saiba onde pedir socorro, para que rompa com o silêncio e saia dessa violência”, acredita o Promotor de Justiça, Cláudio Escavassini.

Para a advogada Carolina Gonçalves de Oliveira é necessário trabalhar e reforçar duas vertentes nessa questão. “Precisamos trabalhar com esses dois pontos: a informação, para que essas mulheres tenham o conhecimento correto dos direitos, e o atendimento do profissional que atua nessa área, porque ele precisa ter também capacitação de noções básicas da questão de violência de gênero. Sabemos que o machismo é um fenômeno cultural, não apenas a violação em si. Aprendemos desde criança, ela vem de avô, pai, e esse profissional precisa dessa consciência para que essa vítima não se sinta revitimizada, para que ela se sinta acolhida e tenha forças para romper com a violência”.

Para o prefeito Airton Garcia, toda e qualquer medida de ajuda às mulheres em situação de violência deve e precisa ter o olhar e o apoio do poder público local no dia a dia. “Não dá para aceitar que esse tipo de situação ainda continue nos dias atuais. Violência contra a mulher é crime sim. É repugnante sim. É covardia sim. E aqueles que cometem precisam saber que a época da impunidade terminou. Começou uma nova era, de enfrentamento, ajuda e acolhimento”.

Participaram a Defensora Pública, Maria Alice Packness de Oliveira Macedo; os Promotores de Justiça, Luciano Garcia Ribeiro e Flávio Okamoto, o Juiz de Direito, André Luiz de Macedo, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Mirlene Simões, Natália Romano Cordebello, represente da Comissão de Combate a Violência contra a Mulher da OAB São Carlos; Beatriz Mendes Pereira Lopes, Delegada de Polícia da Delegacia de Defesa da Mulher;  Tenente Coronel Jeferson Lopes Jorge, comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar; o Comandante da Guarda Municipal, Michel Yabuki, os secretários municipais Samir Gardini, de Segurança Pública e de Educação, Wanda Hoffmann, o presidente da Câmara Municipal, vereador Roselei Françoso, e as vereadoras Raquel Auxiliadora e Professora Neusa.

Publicado em Política

Interessados podem se inscrever até o dia 17 de setembro pela plataforma BOX UFSCar

 

SÃO CARLOS/SP - O uso de correntes elétricas para o tratamento da dor é uma das técnicas mais difundidas e eficazes do mundo. O recurso, usado há mais de dois milênios pela humanidade, não deixou de ser atualizado pelos cientistas até hoje. Para apresentar as novidades da área, estão abertas as inscrições para o curso online "Correntes Elétricas Analgésicas de Baixa e Média Frequência - Prática Baseada em Evidências", ofertado pela UFSCar.

De acordo com Richard Eloin Liebano, docente do Departamento de Fisioterapia da UFSCar, coordenador do curso e autor de livros e de mais de uma centena de artigos publicados, a técnica promove o alívio da dor já durante a sessão de terapia e o efeito pode durar por horas após a aplicação, além de facilitar o processo de reabilitação de pacientes com limitações de mobilidade. "Desde 400 anos a.C., há relatos do uso de peixes elétricos, por exemplo, com o objetivo de controlar a dor. Esse tipo de tratamento não apresenta efeitos adversos e tem poucas contraindicações", descreve.

Diversos estudos científicos têm sido realizados para aprofundar os conhecimentos em relação ao mecanismo de ação e a investigação de como os parâmetros (frequência, duração do pulso e intensidade) devem ser ajustados para melhorar os resultados desse tipo de recurso. "Com o passar dos anos, a aplicação foi aprimorada e, hoje, equipamentos modernos e capacitados atendem diversas condições dolorosas de pacientes. Sendo assim, estudantes e profissionais da área da saúde precisam se atualizar para aplicar o tratamento da dor aguda e crônica de forma mais eficaz de acordo com a ciência", ressalta o especialista, que também é responsável pelo Laboratório de Pesquisa em Recursos Fisioterapêuticos (LAREF) da UFSCar.

O Curso Online "Correntes Elétricas Analgésicas de Baixa e Média Frequência - Prática Baseada em Evidências" acontece no dia 18 de setembro, das 8 às 17 horas.

Mais informações, como valor de investimento, podem ser encontradas na Plataforma Box UFSCar, em www.box.ufscar.br. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail eletroanalgesia.ufscar@gmail.com.

Publicado em Educação

SÃO CARLOS/SP - A Câmara de São Carlos, a Diretoria Regional de Ensino e a Secretaria Municipal de Educação, com o apoio da Unicep e do Centro do Professorado Paulista (CPP), se uniram para realizar a etapa municipal da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa. A decisão foi tomada na sexta-feira (10) em reunião realizada na Diretoria de Ensino para minimizar os prejuízos da não inscrição do município nas etapas estadual e federal do concurso. Um decreto legislativo deve ser apreciado na próxima sessão ordinária para tornar o evento oficial.

A Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, que está na sétima edição, teve início em 22 de fevereiro. Diversas escolas do município, estaduais, municipais e particulares, estão com as atividades escolares em andamento. A Olimpíada reconhece o trabalho das professoras e professores e de estudantes do 5º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio de escolas públicas de todo o Brasil. O concurso é uma iniciativa do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC).

Excepcionalmente este ano, São Carlos não participará das etapas posteriores. A Secretaria Municipal de Educação deveria ter feito as inscrições para a etapa estadual, e federal, até 31 de agosto. Segundo a secretária Wanda Hoffmann, problemas técnicos impediram a execução da tarefa. “Estamos tomando essa medida em conjunto como forma de fazer um ajuste de conduta e reduzir os prejuízos”, explicou a secretária.

Por iniciativa do vereador Azuaite Martins de França (Cidadania), com o apoio do presidente da Câmara Municipal, vereador Roselei Françoso (MDB), apresentou o projeto de decreto legislativo que institui o Programa Jornada dos Heróis na Câmara Municipal. “Nosso objetivo é dar um instrumento jurídico para tornar oficial a etapa municipal da Olimpíada”, explicou Azuaite. Segundo ele, é fundamental garantir a qualidade do ensino, por meio do estímulo de professores e alunos. “Preocupada com a situação, a Câmara está fazendo sua parte”, destacou Azuaite, que é o presidente da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia da Câmara Municipal.

“Infelizmente houve uma fatalidade que prejudicou alunos e professores de São Carlos e essa é uma maneira de corrigirmos essa falha para dar motivação à comunidade escolar. Nossa expectativa é que essa etapa municipal se estabeleça para os próximos anos, tanto para as Olímpiadas de Língua Portuguesa para as outras modalidades”, observou o vereador Roselei Françoso.

“As inscrições começam nesta próxima semana”, explicou a dirigente regional de ensino, Débora Gonzalez Costa Blanco. De acordo com ela, o concurso municipal utilizará o mesmo regulamento nacional. Todos os trabalhos já realizados nas categorias de poema, memória literária, crônicas, documentário e artigo de opinião poderão ser inscritos. “A partir do dia 14 as inscrições estarão abertas por uma semana, depois será feita a avaliação pela Comissão local e dia 14 de outubro faremos a premiação na Câmara Municipal”, detalhou.

Os realizadores da etapa municipal e os parceiros estão trabalhando para que os vencedores recebam medalhas, certificados, tablets e um computador que será sorteado entre os participantes. “Os estudantes e professores de São Carlos já são reconhecidos nas Olimpíadas de exatas com a conquista de inúmeros prêmios, agora vamos passar a estimular também a de Língua Portuguesa”, comemorou o vereador Roselei.

Publicado em Política

Um homem foi preso na ação; entorpecentes foram encontrados dentro do tanque de combustível de um caminhão

 

ITATINGA/SP - A Polícia Militar prendeu um homem, de 50 anos, que transportava 220 tabletes de cocaína em Itatinga, na região de Botucatu, no interior do Estado. O flagrante ocorreu na manhã de sexta-feira (10).

Uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), do 5º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), realizava fiscalização e policiamento, pela rodovia Presidente Castelo Branco (SP-280), quando observou que o motorista de um caminhão ficou nervoso ao perceber a presença policial.

Diante da suspeita, os militares realizaram a abordagem e, após busca veicular, encontraram 235,16 quilos de cocaína, distribuídos em tabletes, armazenados dentro do tanque de combustível suplementar.

Questionado, o homem contou que deixou o caminhão em um posto na cidade de Campo Grande (MS) e depois buscou o veículo para realizar o transporte da droga em troca de dinheiro.

Toda a cocaína foi apreendida para perícia e o caminhão recolhido. O homem foi preso em flagrante e levado à Delegacia de Itatinga, onde foi indiciado por tráfico de drogas e depois encaminhado à Cadeia Pública local para permanecer à disposição da Justiça.

Publicado em Outras Cidades

Forças de segurança estaduais recolheram mais de 33 toneladas de entorpecentes no primeiro semestre, a maior quantidade registrada para o período, desde 2001

 

SOROCABA/SP - O trabalho das polícias Civil e Militar na região de Sorocaba para combater o tráfico de drogas permitiu retirar mais de 33 toneladas de entorpecentes das ruas, nos primeiros seis meses deste ano. A quantidade é a maior para o período em 21 anos e quase três vezes superior ao total recolhido no primeiro semestre de 2020, o que demonstra a efetividade das ações empregadas, especialmente por parte de unidades especializadas de ambas as Instituições.

No primeiro semestre do ano foram apreendidos 33.065,5 quilos das mais variadas substâncias, sendo 32.422,1 kg de maconha; 170,5 kg de cocaína; 404,3 kg de crack; e o restante de outros tipos de drogas. Em igual período de 2020 foram recolhidos 11.926,6 kg de entorpecentes – 11.619,4 kg de maconha; 248,1 kg de cocaína; 44 kg de crack; além de outras substâncias.

Desde 2001, quando teve início a série histórica, essa foi a primeira vez que a quantidade de drogas apreendidas no semestre ultrapassou 30 toneladas.

Se analisado apenas o mês de junho, o aumento na apreensão de entorpecentes no território paulista foi mais de seis vezes maior que o sexto mês de 2020. A quantidade passou de 1.650,1 kg para 10.083,1 kg – um aumento de mais de 500%.

Forte combate ao crime

Os resultados apresentados na atual gestão no combate à criminalidade, especialmente ao tráfico de drogas, são consequência dos investimentos em tecnologia e equipamentos e de outras medidas, como o aumento do efetivo policial nas ruas por meio das megaoperações São Paulo, Interior e Rodovia Mais Segura.

Também houve forte empenho do governo estadual para ampliar as unidades especializadas das polícias Militar e Civil, que têm como foco combater o crime de maneira mais ostensiva.

Prova disso são os Batalhões de Ações Especiais de Polícia (Baep), que atuam de forma semelhante aos padrões do patrulhamento de Choque e agora estão presentes em todo o Estado; além das Divisões Especializadas de Investigações Criminais (Deic), que reúnem todas as atividades de polícia especializada, trazendo mais organização e eficiência, podendo ser encontradas em diversas regiões do território paulista.

Somado a isso, há que destacar o trabalho do policiamento rodoviário, que atua em mais de 20 mil quilômetros de rodovias estaduais, inclusive nas rotas usadas por traficantes para transportar entorpecentes dentro e entre estados. Neste caso, também há equipes especializadas para combater esta e outras naturezas criminais, as quais pertencem ao Tático Ostensivo Rodoviário (TOR).

Publicado em Outras Cidades

RIO DE JANEIRO/RJ - Geisy Arruda aproveitou a tarde de sabadão (11) para fazer um vídeo debochado no Instagram, sem deixar de sensualizar para os fãs.

A musa surgiu fazendo uma dancinha tímida e ainda mostrou seu look do dia, caprichando na produção ousada enquanto ostentava sua boa forma para os seguidores. “Sinto muito, olha como eu tô preocupada”, brincou na legenda.

Recentemente, mostramos por aqui que a musa Geisy Arruda, também conhecida por sua vida de influenciadora, costuma deixar seus seguidores animados quando o assunto são seus cliques pra lá de exuberantes na rede social.

Com mais de 4 milhões de seguidores acumulados em seu Instagram, a celebridades chama atenção na web e arranca elogios com frequência.

 

 

*Por: Gabriela Ellin / METROPOLITANA

Publicado em Celebridades

Fato ocorreu em Pinhalzinho, na região de Bragança Paulista

 

PINHALZINHO/SP - A manhã de quinta-feira (9) foi cheia de emoção para uma equipe da Polícia Militar e a mãe do pequeno Lucas, de quase dois anos. O menino, que desmaiou, só retomou a consciência após o preparo e agilidade dos agentes de segurança pública. Os fatos ocorreram na cidade de Pinhalzinho, na região de Bragança Paulista.

O atendimento a essa ocorrência foi feito por uma equipe do 34º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I). Os PMs realizavam patrulhamento pela Rua Vinte e Quatro de dezembro quando a mãe da criança, desesperada, pediu ajuda.

“O menino estava desacordado e todo roxo, então embarcamos ele e sua mãe na viatura para levá-los ao hospital local”, relembrou o cabo Germano Renan Benedetti.

Durante o deslocamento, os militares realizaram a manobra de desobstrução das vias aéreas e massagem cardiorrespiratória na criança, que retomou a consciência ainda dentro da viatura. Depois, com a chegada na unidade médica, o menino foi atendido e passa bem, sendo constatado que seu desmaio ocorreu após uma convulsão.

Essa é a primeira vez que o cabo, que está há quase sete anos na PM, atua em um caso desta natureza. Com emoção, ele destacou o quanto foi gratificante salvar o pequeno Lucas: “até hoje, foi a melhor coisa que vivenciei na polícia”, disse.

Publicado em Outras Cidades

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30