fbpx

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim
 
Radio Sanca Web TV - Terça, 21 Setembro 2021

SÃO CARLOS/SP - A Prefeitura de São Carlos, por meio da Progresso e Habitação de São Carlos S/A (Prohab São Carlos) e da Secretaria de Esportes e Cultura, entregou na manhã desta quarta-feira (22/9), mais uma benfeitoria para os moradores do bairro Parque Novo Mundo: uma área de lazer denominada “Alvino Soares - Maradona” em homenagem ao servidor público municipal que faleceu em março de 2020 em decorrência de um infarto.

A Prefeitura solicitou e a Prohab executou o projeto da área de lazer que conta com playground para as crianças, quadra de esportes e academia ao ar livre com equipamentos modernos e adequados para a prática de atividades físicas. O investimento foi de R$ 98.083,15, com recursos da Prohab e Secretaria de Esportes. Edson Ferreira, vereador a época, foi o propositor da lei que homenageia Alvino Soares “Maradona”.

 “Aqui tem espaço para crianças, jovens e idosos que podem usar esse local, inclusive no período da noite, já que a iluminação também foi instalada. Enquanto os filhos brincam no playground, os pais podem ser exercitar, melhorando dessa forma a saúde de todos”, disse o prefeito Airton Garcia que entregou uma placa a família do homenageado.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - O novo secretário de Agricultura e Abastecimento, Wellington Fábio Cervini, se reuniu nesta semana com representantes da agricultura familiar. No encontro o secretário relatou sobre os convênios e programas vigentes, como PNAE (Programa Nacional de Alimentos), PAA (Programa de Aquisição de Alimentos), PMAIS (Programa Municipal de Agricultura de Interesse Social) e sobre as perspectivas há longo prazo desses convênios.

Outra questão discutida foi sobre a Chamada Pública que acontecerá no próximo dia 4 de outubro. “Todos demostraram interesse em participar. Após isso vamos estabelecer um plano de trabalho para o restante desse ano”, disse o secretário.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos divulga nesta quarta-feira (22/09) os números da COVID-19 no município. São Carlos contabiliza neste momento 27.671 casos positivos para COVID-19 (04 resultados positivos foram divulgados hoje), com 525 óbitos confirmados e 133 descartados.

Dos 27.671 casos positivos, 25.393 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 51 óbitos sem internação, 2.227 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 1.713 receberam alta hospitalar e 474 positivos internados foram a óbito. 27.099 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 48.559 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (37 resultados negativos foram liberados hoje).

Estão internadas neste momento 18 pessoas, 4 adultos estão neste momento em enfermaria. Nenhum paciente está no momento em Unidade de Cuidados Intermediários (UCI - Santa Casa), nenhum paciente está em Unidade de Suporte Ventilatório (USV – HU/UFSCar). No total na UTI adulto estão internadas 8 pessoas, sendo 6 em leitos de UTI/SUS e 2 em leito de UTI da rede particular. Seis crianças estão em enfermaria SUS neste momento. Nenhuma criança ocupa vaga de UTI/SUS. Dois pacientes de outro município estão internados em São Carlos. A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS adulto está em 13,64% (6 adultos estão internados). 

O município disponibiliza 44 leitos adulto de UTI/SUS para COVID-19, com 30 leitos adulto para UTI/SUS na Santa Casa, 20 leitos de UCI, 6 de UTI infantil e 8 de enfermaria. o Hospital Universitário (HU/UFSCar) opera com 14 leitos de UTI/SUS adulto, 6 de Unidade de Suporte Ventilatório (USV) e 15 de enfermaria. 

CENTRO DE TRIAGEM – Nenhum paciente está sendo atendido neste momento em leito de estabilização do Centro de Triagem do Ginásio Milton Olaio Filho. 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 86.593 desde o dia 21 de março, sendo que 86.005 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 588 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal sendo que 60.156 pessoas já realizaram a coleta de exames, 42.555 tiveram resultado negativo para COVID-19, 17.535 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 66 pessoas aguardam resultado de exame.

Publicado em Coronavírus

No ano, setor segue em alta, fechando com faturamento de R$ 12,7 bilhões e aumento de 46,6% no mês

 
SÃO PAULO/SP - O faturamento do turismo nacional de julho ficou 25,8% abaixo do resultado consolidado no mesmo período de 2019, o que corresponde a R$ 4,4 bilhões a menos nas receitas do setor, já descontada a inflação do período. As informações são do levantamento do Conselho de Turismo (CT) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base nos dados da Pesquisa Mensal de Serviços, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No mês, entretanto, o setor obteve um faturamento de R$ 12,7 bilhões, alta de 46,6%. Em termos absolutos, isso representa R$ 4 bilhões a mais em relação a julho de 2020. No entanto, é importante considerar que, nesse mesmo período, no ano passado, o setor ainda enfrentava um momento crítico, por isso, base de comparação ficou fragilizada. No acumulado do ano, de janeiro a julho, houve crescimento de 2,9%, mas também queda de 15,9% nos 12 meses.
 
A atividade mais impactada pela retração segue sendo o transporte aéreo, que, na comparação com o mesmo mês do ano pré-pandemia, registrou queda de 44,8%. Como a vacinação não atingiu um porcentual adequado para redução total das restrições, o que implica menos viagens, em julho, especificamente, apesar do período de férias, a oferta de assentos nos voos domésticos ficou 22% abaixo de 2019.
 
O cenário ainda de muitas incertezas também limita a operação das cadeias hoteleiras e de restaurantes, serviços que estão 24,2% abaixo do nível de antes da crise sanitária. A variação ficou próxima da registrada pelo grupo de atividades culturais, recreativas e esportivas (-26,9%).
 
Com a menor oferta de voos, aliada às restrições ainda existentes pelo País, as famílias optaram por realizar viagens de proximidade, utilizando carros próprios, alugados ou ônibus, fazendo estes setores alcançarem cada vez mais rápido os patamares pré-pandemia. Contudo, o grupo de locação de veículos, agências e operadores de turismo sofreu queda de 7,7% na comparação com julho de 2019, enquanto o transporte terrestre apontou uma retração de 6,3%.
 
Única atividade a crescer em todas as comparações, o transporte aquaviário obteve alta de 21,4% em relação a 2019. O faturamento em julho deste ano foi de R$ 40 milhões, o mais baixo entre os setores analisados – são poucas cidades e regiões do País que utilizam balsas, ferries e barcos para o deslocamento.
 
No ano, as atividades que têm colaborado mais para a retomada do turismo nacional pertencem ao grupo de serviços de alojamento e alimentação, com alta de 7,4%, seguido de transporte terrestre, com variação positiva de 8,9%. As contribuições absolutas para o resultado geral de 2,9% foram de 2 e 1,7 pontos porcentuais (p.p.), respectivamente. No campo contrário, o destaque fica por conta do transporte aéreo, com queda de 4,3% e participação de -1 p.p no resultado geral do semestre.
 
Para a Federação, diante dos números, é possível imaginar uma recuperação mais forte do turismo no fim deste ano e início de 2022, em virtude das férias, de mais pessoas vacinadas e de mais flexibilizações das atividades. Entretanto, a economia terá desafios, como inflação elevada, crise hídrica, falta de oportunidades no mercado de trabalho, crédito mais caro, entre outros pontos, que devem conduzir o cenário a um ritmo de crescimento mais fraco e, por consequência, um poder de compra mais restrito, impactando, negativamente o setor de serviços e turismo.

Publicado em Economia

Transmissão acontece amanhã (23), no Facebook da Unimed São Carlos

SÃO CARLOS/SP - Amanhã,quinta-feira (23/09), a partir das 16h, a Unimed São Carlos irá realizar uma live sobre o Dia de Combate ao Estresse.

A live terá a participação do profissional de Educação Física, Silas Ramos, e da Psicóloga, Marília Sanchez. Acompanhe a transmissão pela página oficial da Unimed São Carlos no Facebook (www.facebook.com/unimedsaocarlos), compartilhe e envie suas perguntas.

 

Dia de Combate ao Estresse

Estresse é um conjunto de reações orgânicas e psíquicas desencadeadas pelo organismo frente a um estímulo. Quando isso acontece, o corpo entende que precisa ficar em estado de alerta para fugir ou lutar. Para isso, dispara doses maiores de hormônios como adrenalina, cortisol e norepinefrina. A exposição constante a esses hormônios pode desencadear diversos outros problemas de saúde, ou mesmo se transformar em um problema crônico.¹

Contudo, para muitas pessoas, por diferentes razões, torna-se um fardo a ser carregado no dia a dia. Para ampliar a conscientização sobre o tema, 23 de setembro foi escolhido como o Dia Mundial de Combate ao Estresse. Prevenção e controle são duas palavras-chave nesse combate, e uma boa alimentação e a prática de atividades físicas são pilares da empreitada.²

 

Fontes: ¹https://hospitaldocoracao.com.br/novo/dia-mundial-de-combate-ao-estresse/

²https://saudepetrobras.com.br/portal/ams/beneficiario/dia-mundial-de-combate-ao-estresse-alerta-necessario.htm

Quarta, 22 Setembro 2021 12:06

Mulher é assaltada no Centro de São Carlos

SÃO CARLOS/SP - Uma mulher foi assaltada no inicio da noite de ontem, 21, na Rua Major José Inácio, no Centro de São Carlos.

Os criminosos estariam escondidos à espera, quando a vítima chegou na residência foi detida e sob ameaças de morte os criminosos armados levaram o carro Toro, na cor cinza, 02 aparelhos celulares e documentos e depois fugiram.

Publicado em Policial

SÃO CARLKOS/SP - Um homem acabou detido ao tentar furtar uma farmácia na Rua Desembargador Júlio de Faria, esquina com a Avenida Sallum, na Vila Prado, em São Carlos.

Por volta das 10h de hoje, 22, a Polícia Militar foi acionada, pois segundo informações um homem estava detido dentro de uma farmácia. Uma viatura com os PMs cabo Rezende e o soldado Donizetti foi ao local constatando o crime.

Publicado em Policial

FLORIANÓPOLIS/SC - A sede da NSC TV, afiliada da Globo em Santa Catarina, foi invadida por assaltantes usando máscaras de palhaço na madrugada desta terça-feira (21), em Florianópolis. As informações são do UOL.

Os criminosos entraram no prédio por volta das 3h da manhã e roubaram seis televisores utilizados nas redações da empresa, onde também funcionam rádios e jornais do Grupo NSC Comunicação.

No momento do roubo, não havia profissionais trabalhando no local. A invasão só foi notada no início da manhã, quando os primeiros funcionários começaram a chegar para trabalhar.

Publicado em TV

BRASÍLIA/DF - A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de alguns lotes da vacina CoronaVac, contra a covid-19, que foram interditados após constatação de que “dados apresentados pelo laboratório não comprovam a realização do envase da vacina em condições satisfatórias de boas práticas de fabricação”.

A determinação foi anunciada hoje (22) por meio da Resolução (RE) 3.609, que determinou o recolhimento dos lotes da CoronaVac que já haviam sido interditados de forma cautelar pela Resolução (RE) 3.425, de 4 de setembro de 2021.

No dia 3 de setembro, a agência foi comunicada pelo Instituto Butantan que o parceiro na fabricação vacina CoronaVac, o laboratório Sinovac, havia enviado para o Brasil 25 lotes na apresentação frasco-ampola (monodose e duas doses), totalizando 12.113.934 doses, que foram envasados em instalações não inspecionadas pela Anvisa.

Diante da situação, e “considerando as características do produto e a complexidade do processo fabril, já que vacinas são produtos estéreis (injetáveis) que devem ser fabricados em rigorosas condições assépticas”, a Anvisa adotou medida cautelar com o objetivo de mitigar um potencial risco sanitário.

Em nota divulgada há pouco, a agência informa que, desde a interdição cautelar, avaliou todos os documentos encaminhados pelo Instituto Butantan, “dentre os quais os emitidos pela autoridade sanitária chinesa”.

“Os documentos encaminhados consistiram em formulários de não conformidades que reforçaram as preocupações quanto às práticas assépticas e à rastreabilidade dos lotes”, detalha a nota.

A Anvisa acrescenta que também fez a análise das documentações referentes à análise de risco e à inspeção remota realizadas pelo Instituto Butantan, “e concluiu que permaneciam as incertezas sobre o novo local de fabricação, diante das não conformidades apontadas”.

Os lotes interditados “não correspondem ao produto aprovado pela Anvisa nos termos da Autorização Temporária de Uso Emergencial (AUE) da vacina CoronaVac”, uma vez que foram fabricados em local não aprovado pela agência e, conforme informado pelo próprio Instituto Butantan, “nunca inspecionado por autoridade com sistema regulatório equivalente ao da Anvisa”.

“Portanto, considerando que os dados apresentados sobre a planta da empresa Sinovac localizada no número 41 Yongda Road, Pequim, não comprovam a realização do envase da vacina CoronaVac em condições satisfatórias de boas práticas de fabricação, a Anvisa concluiu, com base no princípio da precaução, que não seria possível realizar a desinterdição dos lotes”, completa a nota.

A Anvisa concluiu também que a realização de inspeção presencial na China não afastaria a motivação que levou à interdição cautelar dos lotes, por se tratar de produtos irregulares, uma vez que não correspondem ao produto aprovado pela Anvisa, por terem sido envasados em local não aprovado pela agência.

Diante a situação, ficará a cargo dos importadores adotar os procedimentos necessários para o recolhimento das vacinas restantes de todos os lotes que foram interditados.

A agência enfatiza que “a vacina CoronaVac permanece autorizada no país e possui relação benefício-risco favorável ao seu uso no país”, desde que produzida nos termos aprovados pela autoridade sanitária.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Foi aprovada na sessão da Câmara Municipal de São Carlos de terça-feira (21) a proposta de autoria do vereador Elton Carvalho (Republicanos) de alteração no dispositivo da lei 19.388 de 18 de outubro de 2019, que trata sobre a proibição em adquirir, estocar, transportar, comercializar e qualquer outro tipo de comércio de peças e artefatos como portas de túmulos, placas de sinalização, tampas e grades protetoras de bueiros entre outros materiais, sem a devida comprovação de origem.

Publicado em Política

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Setembro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30