fbpx

Realizar Acesso

Usuário *
Senha *
Lembrar
 
Radio Sanca Web TV - Domingo, 14 Fevereiro 2021

SÃO CARLOS/SP - A Vigilância Epidemiológica de São Carlos comunica nesta segunda-feira (15/02/21) o registro de mais 3 óbitos por COVID-19 no município, totalizando 121 mortes pela doença.

As mortes registradas nesta segunda-feira (15/02) são de uma mulher de 58 anos, internada em hospital privado em 02/02 e de uma mulher de 80 anos internada em hospital público desde 04/02. Também morreu na noite do último domingo (14/02) uma mulher de 90 anos, internada em hospital público desde 03/02.

São Carlos contabiliza neste momento 9.314 casos positivos para COVID-19 (142 resultados positivos foram divulgados hoje), com 121 óbitos confirmados, 1 suspeito e 114 descartados.

O óbito suspeito é de um homem de 36 anos que morreu neste domingo (14/02) durante atendimento no Pronto Socorro de um hospital público. A Vigilância Epidemiológica aguarda o resultado do exame.

Dos 9.314 casos positivos, 8.615 pessoas apresentaram síndrome gripal e não foram internadas, 7 óbitos sem internação, 554 pessoas precisaram de internação devido a COVID-19, 396 receberam alta hospitalar e 114 positivos internados foram a óbito. 8.908 pessoas já se recuperaram totalmente da doença. 25.885 casos suspeitos já foram descartados para o novo coronavírus (151 resultados negativos foram liberados hoje).

Estão internadas neste momento 68 pessoas, sendo 28 adultos na enfermaria (25 positivos e 3 suspeitos). Na UTI adulto estão internadas 38 pessoas (38 positivos). Neste momento 2 crianças estão internadas na enfermaria, 1 com suspeita da doença e 1 com resultado negativo. Nenhuma criança está internada neste momento na UTI/SUS. 19 pacientes de outros municípios estão internados em São Carlos (Ibaté, Dourado, Descalvado, Itirapina e Araraquara). 

A taxa de ocupação dos leitos especiais para COVID-19 de UTI/SUS está hoje (contabilizando os 4 leitos de pediatria SUS e os 28 adultos) em 84,4% (27 pessoas estão internadas em leitos de UTI/SUS, todos adultos). Se contabilizarmos somente leito de UTI/SUS adulto (28 leitos no total) o índice sobe para 96,4%. Na enfermaria/SUS estão internadas 17 pessoas. Na rede particular 13 pessoas estão internadas na enfermaria e 11 na UTI.

O município conta desde o dia 22 de janeiro com 32 leitos UTI/SUS, sendo 10 no Hospital Universitário (HU) e 22 na Santa Casa (18 leitos na ala adulto e 4 na ala pediátrica), porém a Santa Casa de São Carlos, a pedido do Departamento Regional de Saúde III, antecipou a programação e vai colocar 7 novos leitos de UTI COVID em operação nesta terça-feira (16/02). Outros 5 leitos vão começar a funcionar na quinta-feira (18/02). Com isso, o hospital passa a ter 30 leitos de UTI COVID Adulto e a cidade, contabilizando os 10 do HU, 40 leitos de UTI/SUS para adulto.

 

NOTIFICAÇÕES – Já passaram pelo sistema de notificação de Síndrome Gripal do município 41.561 pessoas desde o dia 21 de março, sendo que 39.453 pessoas já cumpriram o período de isolamento e 2.108 ainda continuam em isolamento domiciliar.

A Prefeitura de São Carlos está fazendo testes do tipo PCR em pessoas que passam em atendimento nos serviços públicos de saúde com Síndrome Gripal (quadro respiratório agudo, caracterizado por pelo menos dois dos seguintes sinais e sintomas: febre - mesmo que referida -, calafrios ou dor de garganta ou dor de cabeça ou tosse ou coriza ou distúrbios olfativos ou distúrbios gustativos), sendo que 25.906 pessoas já realizaram coleta de exames, 19.881 tiveram resultado negativo para COVID-19, 5.700 apresentaram resultado positivo (esses resultados já estão contabilizados no total de casos). 325 aguardam resultado de exame.

O boletim emitido diariamente pela Vigilância Epidemiológica de São Carlos contabiliza as notificações das unidades de saúde da Prefeitura, Hospital Universitário (HU), Santa Casa, rede particular e planos de saúde.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Com a presença do prefeito Airton Garcia e do vice-prefeito Edson Ferraz, membros do Comitê Emergencial de Combate ao Coronavírus estiveram reunidos na manhã desta segunda-feira (15/02), no Paço Municipal, para reavaliar a atual situação da COVID-19 no município e determinar novas deliberações no cumprimento da fase vermelha do Plano São Paulo.

Durante o encontro o coordenador do Comitê, Mateus de Aquino, solicitou a Secretaria de Saúde um relatório com informações científicas sobre o avanço da doença na cidade, depois que Araraquara constatou a presença de uma nova cepa do coronavírus.  “Além de avaliar o cumprimento da primeira semana da fase vermelha na cidade, precisamos ter um respaldo da Secretaria de Saúde da atual situação da doença em São Carlos para tomarmos próximas decisões”, enfatizou ele.

Segundo o secretário de Saúde, o relatório solicitado será elaborado pela sua equipe e entregue ao comitê o mais rápido possível. “Vamos atualizar todo o quadro da doença, não só em nossa região, como também em nossa cidade, que no momento está um pouco diferente de Araraquara. Nesse relatório, vamos explanar a situação dos grupos de riscos, atualizar a taxa de ocupação dos leitos de UTI e se há comprovação da nova cepa da COVID-19 circulando no município”, explicou Marcos Palermo.

Além do relatório da atual situação do coronavírus na cidade, também foi realizado pelos membros do Comitê uma análise dos ofícios encaminhados pelas associações do comércio sobre a deliberação dos sistemas drive thru e delivery na fase vermelha do Plano SP, com um balanço sobre as fiscalizações realizadas pela força tarefa no último final de semana. “Não é o regramento da fase vermelha que nos dá condições de fazer uma fiscalização mais efetiva. Precisamos melhorar essa situação a partir de decretos e deliberações municipais com parâmetros mais precisos, já que a fase vermelha decretada pelo Estado de São Paulo muda muito, as vezes isso gera confusões jurídicas tanto para os comerciantes quanto para as equipes de fiscalização”, salientou o secretário de Segurança Pública, Samir Gardini

O prefeito Airton Garcia lembrou que São Carlos foi a primeira cidade da região a tomar medidas restritivas contra a doença, e que essa luta irá continuar.  “Fomos a primeira cidade da região a tomar medidas drásticas no enfrentamento a doença. A partir do relatório a ser entregue pela saúde, vamos fazer o que for necessário para controlar a transmissão da doença em São Carlos”, concluiu o prefeito Airton Garcia.

A partir dos dados a serem analisados pelos membros do Comitê, outras reuniões serão realizadas durante a semana para a adoção de novas medidas para o enfrentamento da COVID-19.

Publicado em Coronavírus

Para atender o pedido do Departamento Regional de Saúde III, hospital coloca 7 novos leitos de UTI COVID em operação nesta terça-feira

 

SÃO CARLOS/SP - A Santa Casa de São Carlos, a pedido do Departamento Regional de Saúde III, antecipou a programação e vai colocar 7 novos leitos de UTI COVID em operação nesta terça-feira (16). Outros 5 leitos vão começar a funcionar na quinta-feira (18). Com isso, o hospital passa a ter 30 leitos de UTI COVID Adulto.

Para que isso fosse possível, o Pronto Atendimento do hospital vai ser fechado a partir desta terça-feira (16) e os profissionais serão remanejados para os novos leitos de UTI COVID. Com a mudança, quem antes se dirigia ao Pronto Atendimento, deve procurar pela UPA mais perto de casa.

“Importante ressaltar que, em função da pandemia, a Santa Casa criou mais um serviço e passou a contar com um Pronto Atendimento e um Pronto Socorro, desde agosto do ano passado. O Pronto Atendimento recebia pacientes com sintomas leves e esse serviço é que vai ser suspenso em função da criação dos novos leitos. O nosso Pronto Socorro, que recebe os pacientes de urgência e emergência, encaminhados pelas UPAs e trazidos de ambulância, vai continuar atendendo normalmente”, explica o infectologista e diretor técnico da Santa Casa, Vitor Marim.

Os 12 novos leitos de UTI COVID da Santa Casa vão ser custeados pelo Governo do Estado por 3 meses, período em que o credenciamento junto ao Ministério da Saúde vai ser solicitado. Neste momento, 17 dos 18 leitos de UTI COVID Adulto da Santa Casa estão ocupados.

“No fim de semana, fomos procurados pelo Departamento Regional de Saúde, a pedido da Secretaria Estadual de Saúde, para que viabilizássemos os novos leitos o quanto antes, visto que, em toda a região, faltam leitos. Em um esforço coletivo das equipes de profissionais de saúde, coordenadores e diretoria do hospital, montamos uma força-tarefa e viabilizamos 7 novos leitos antes da data prevista inicialmente. Tudo para não deixar os pacientes desassistidos”, ressalta o Provedor da Santa Casa, Antonio Valério Morillas Júnior.

Publicado em Coronavírus

SÃO CARLOS/SP - Durante a quarentena, pricipalmente quando as restrições aumentam a ponto de fechar lojas e estabelecimentos que não são considerados excenciais,  muitas dúvidas surgem e uma delas é sobre a troca do presentes e/ou produtos adquiridos nas lojas físicas. 

É fato que quando compramos produtos para nós mesmos, nem sempre temos a certeza de que iremos gostar ou nos adaptar. Agora quando damos um presente, a chance do produto não servir ou não agradar o presenteado é muito maior, entre tais motivos estão: não gostou da cor, do modelo ou quem deu o presente não acertou no tamanho.

Que fique claro que a loja/fornecedor não é obrigado a efetuar a troca, a menos que no momento da venda ela tenha se comprometido com o cliente. Por isso, antes de comprar informe-se sobre as condições de troca do estabelecimento, exija que a informação conste na nota fiscal ou de outra forma, por exemplo, carimbo na caixa de sapato ou etiqueta de roupa.

Em relação a produtos com vício e/ou defeito, a loja fornecedora e fabricante têm até 30 dias para solucionar o problema, por isso é essencial que o consumidor tenha um documento com o dia em que a reclamação foi feita, e-mail, protocolo por exemplo.

Ressalto que se o reparo não for realizado em até 30 dias, o consumidor pode optar pela troca do produto, devolução do dinheiro ou abatimento proporcional do preço. 

Importante: Se o produto adquirido for essencial como por exemplo, geladeira, fogão, colchão ou se em virtude da extensão do defeito a substituição das partes danificadas comprometer as características fundamentais do produto ou diminuir-lhe o valor, o prazo de 30 dias não deve ser aplicado. Neste caso, cabe a devolução do valor pago ou troca imediata do produto.

Agora vamos para o que mais interessa neste momento de quarentena. No caso, as condições acima continuam válidas, porém se o estabelecimento estiver fechado por conta de determinação do estado ou município, o prazo ofertado pela empresa para troca, o prazo legal garantido por lei para reparo, troca e devolução da quantia paga ficam suspensos até a reabertura dos estabelecimentos.

É muito importante que o consumidor se atente ao retorno das atividades, evitando perder o prazo estabelecido tanto pela empresa, quanto por Lei.

Em relação as compras realizadas pela internet, catálogo, TV e Telefone, não é comum a suspensão de prazos, por isso o consumidor deve se acautelar e exercer o direito de arrependimento em até sete dias - da data da aquisição ou recebimento do produto. É importante formalizar a desistência por escrito, exemplo: e-mail, carta com aviso de recebimento (AR).

Se já tiver recebido o produto, deverá devolvê-lo tendo direito a receber de volta o valor pago, inclusive frete. A despesa para encaminhar o produto deve ser arcado pela empresa fornecedora, o consumidor não pode ter ônus.

Se a opção for apenas trocar o produto, verifique a política de troca do site.

Por hoje é só, até a próxima.

 

*Dr. Joner Nery é advogado inscrito na OAB/SP sob o n° 263.064, pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho e Especialista em Direito do Consumidor, ex-diretor do Procon São Carlos/SP e ex-representante dos Procons da Região Central do Estado de São Paulo, membro da Comissão Permanente de Defesa do Consumidor da OAB/SP

Publicado em Comércio

SÃO CARLOS/SP - Cinco suspeitos de tráfico de entorpecentes foram detidos pela Polícia Militar neste último domingo (14), na Rua Antônio Busto Alabarca, na região sul de São Carlos.

De acordo com informações, a patrulha era realizada no Cidade Aracy, quando na via citada, os Policiais avistaram dois indivíduos que ao notarem a presença da viatura saíram correndo. Um deles foi abordado e o outro conseguiu adentrar em uma casa.

O primeiro detido estava em posse de 24 pinos de cocaína. Já o outro com ajuda de outra equipe policial conseguiu encontrar o que ele havia arremessado antes de entrar na casa. No interior da residência estava E.S.M, de 23 anos, e mais três ‘companheiros’ com grande quantidade de drogas, dinheiro e 04 aparelhos celulares.

Desta forma, foi dado voz de prisão a todos por tráfico e conduzidos ao Plantão Policial, onde após formalidades E.S.M, permaneceu a disposição da justiça. Drogas, dinheiro e celulares foram apreendidos e os comparsas liberados.

Apreensões: 

428 eppendorfs de cocaína

191 buchas de maconha

195 pedras de crack

R$ 1.502,00 em notas diversas

04 celulares (02 iphone, 01 LG e 01 Samsung)

Publicado em Policial

SÃO CARLOS/SP - Realiza-se entre os dias 8 e 10 de março do corrente ano um minicurso de Espectroscopia de Fotoelétrons Excitados por Raios-X (XPS), organizado pelo Prof. Dr. Renato Vitalino Gonçalves.

O objetivo principal do curso é apresentar os princípios fundamentais da técnica de XPS e da análise de dados. O curso será realizado em modo virtual, utilizando a plataforma de videoconferência Google Meet.

O evento será organizado em palestras, que abordarão os seguintes tópicos:


- Interação da radiação com a matéria;
- Efeito fotoelétrico;
- XPS: Uma abordagem histórica;
- Notação espectroscópica de raios-X;
- Acoplamento spin-órbita;
- Deslocamento químico;
- Tipos de amostras;
- Exemplos de contaminação;
- Overview sobre a calibração pelo carbono adventício;
- Análise de dados;
- Exercícios práticos utilizando o software CasaXPS.


As inscrições são gratuitas e haverá um número limitado de participantes.

A seleção ocorrerá a partir das inscrições feitas por formulário eletrônico, no link:

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfl_mRq2Tj4Xs33wmHkQh1f82_Uzbam3hOu4BMjPkdfZYZrhg/viewform 

Publicado em Educação

Intuito é que compreensão de conceitos esteja vinculada a contextos históricos, econômicos, sociais e éticos

 

SÃO CARLOS/SP - Processos químicos têm papel central no modo de produção e reprodução da vida e, por isso, a busca por uma Química que contribua para um mundo sustentável é cada vez mais presente. Vânia G. Zuin, docente no Departamento de Química (DQ) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) atuante no campo, defende que um passo essencial é possibilitar a formação de profissionais considerando os contextos históricos, econômicos, sociais e éticos no qual estão inseridos.
Na avaliação da docente, os currículos atuais não respondem às demandas de uma formação que associe o conhecimento específico à visão crítica e reflexiva. O foco fica nos conceitos específicos, independentemente dos contextos em que são praticados e sem margem para articulação com outras áreas. "Os tópicos e conceitos de Química que historicamente têm feito parte dos currículos devem ser revisitados para que esses estudos incluam discussões envolvendo alternativas sustentáveis, com base em cada realidade e no contexto sociocultural de determinada região", situa.

A pesquisadora da UFSCar também atua como professora visitante no Centro de Excelência em Química Verde da University of York, no Reino Unido. Sobre a temática, acaba de publicar na Nature o artigo "Towards more sustainable curricula" (https://go.nature.com/36XspQr), junto com Klaus Kümmerer, do Instituto de Química Ambiental e Sustentável da Leuphana Universität Lüneburg, da Alemanha.

Um importante movimento para o desenho e a implementação desses novos currículos está na diferenciação entre Química Verde e Química Sustentável. "A Química Verde se concentra no estudo de materiais e processos menos perigosos ao ambiente e às pessoas, na prevenção da poluição, na minimização do desperdício e da demanda de energia em processos químicos. Já a Química Sustentável tem uma abordagem mais ampla, na tentativa de compreender a realidade, incorporar avanços de outros campos e interagir com as demais ciências, tendo como foco a inclusão de alternativas sustentáveis para produtos, processos e serviços", explica Vânia Zuin. Ambas, no entanto, são importantes elementos na formação de futuros profissionais.

Assim, os debates relacionados à transformação da educação no campo da Química passam pela incorporação de reflexões sociais, filosóficas, culturais e éticas. Na visão da pesquisadora da UFSCar, o currículo precisa ser entendido como uma trajetória, em que os estudantes constroem a compreensão de conceitos a partir de suas experiências, e não como um plano prescritivo, como ocorre com o currículo atual. "Para realmente incorporar a Química Sustentável nos corações e mentes dos estudantes, a importância dos produtos químicos e de suas funções em vários setores da indústria e na sociedade precisa ser definida nos estágios iniciais dos cursos de Química", defende.

Um exemplo prático é o uso da biomassa em diversos setores, como o alimentício, combustíveis e em produtos de higiene pessoal. "Nem sempre um produto verde será mais sustentável. É o caso de produtos feitos a partir de biomassa (ou seja, considerados 'verdes'), mas que são manufaturados de maneira não sustentável - por exemplo, usam uma matéria-prima que não tem reposição fácil ou têm problemas trabalhistas e de direitos humanos, que são questões que extrapolam os conceitos específicos de Química", exemplifica a pesquisadora.

Assim, não basta fazer uso da biomassa, mas é preciso analisar seu ciclo de vida. "O ciclo de vida é uma metodologia que permite avaliar também os impactos gerados por determinado produto ou material, desde a extração da matéria-prima até sua utilização e descarte", relata Vânia Zuin. Ou seja, é preciso conhecer, além dos constituintes e processos, as suas implicações mais amplas, como as ambientais (de onde vem, como é obtido?), sociais, de saúde (causa malefícios às pessoas?), dentre outras, para que o uso de determinado produto se adeque, de fato, a um desenvolvimento sustentável, satisfazendo as necessidades atuais sem comprometer as de gerações futuras. "Esta é a importância de termos uma visão que vai além de conceitos puramente químicos, levando em consideração as variáveis nos mais diversos âmbitos", conclui a pesquisadora.

Publicado em Educação

Seleção é destinada a professores do Ensino Fundamental e Médio na área da Física

 

SOROCABA/SP - Estão abertas as inscrições para o processo seletivo do curso de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física (PROFIS-So) do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). São ofertadas 15 vagas.

O PROFIS-So é desenvolvido no âmbito do Programa Nacional de Mestrado Profissional em Ensino de Física (MNPEF), um programa de pós-graduação de caráter profissional, voltado a professores de Ensino Fundamental e Médio, com ênfase em conteúdos na área de Física. Trata-se de uma iniciativa da Sociedade Brasileira de Física (SBF), cujo objetivo é coordenar diferentes capacidades apresentadas por Instituições de Ensino Superior (IES), distribuídas em todas as regiões do País.

A finalidade do programa é capacitar, em nível de mestrado, professores da Educação Básica quanto ao domínio de conteúdos de Física e de técnicas atuais de ensino para aplicação em sala de aula, como, por exemplo, estratégias que utilizam recursos de mídia eletrônica, tecnológicos e/ou computacionais, para motivação, informação, experimentação e demonstração de diferentes fenômenos físicos.

Todo o processo seletivo será realizado de forma remota e é composto por duas etapas: prova escrita virtual nacional e prova de defesa de memorial virtual. As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de março. Todas as informações devem ser conferidas no edital nacional e no edital complementar, no qual constam procedimentos e datas importantes referentes ao polo do Campus Sorocaba. Os editais e demais informações sobre o PROFIS-So estão disponíveis no site www.mnpefsorocaba.ufscar.br. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone (15) 3229-5954.

Publicado em Outras Cidades

SÃO CARLOS/SP - O vereador Robertinho Mori (PSL) encaminhou ofício à Secretaria Municipal de Fazenda, solicitando a elaboração de um cronograma para a implantação do Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis) referente ao ano de 2021.

Segundo o parlamentar, o objetivo do ofício nº 06/2021, protocolado  na última sexta-feira (12), “é facilitar e incentivar os contribuintes a regularizarem seus débitos junto à Prefeitura, inclusive com a possibilidade de ampliação da quantidade de parcelas para Pessoas Físicas e Jurídicas”.

O Refis funciona como um programa de renegociação de dívidas de contribuintes, que torna possível reduzir multas e juros.

Publicado em Política

SÃO CARLOS/SP - Em atenção aos apelos feitos pelo vereador Bruno Zancheta (PL), a CPFL e a Secretaria Municipal de Serviços Públicos realizaram na última sexta-feira (12) os serviços de manutenção necessários na iluminação pública no Jardim Embaré.  Foram trocadas todas as lâmpadas queimadas e também implantada a iluminação na segunda rotatória que dá acesso ao bairro.

Na última quarta-feira (10), o vereador esteve no  Jardim Embaré analisando e fiscalizando a iluminação da entrada do bairro, que vinha sendo alvo de muitas reclamações dos moradores, e fez um vídeo solicitando a solução do problema “o mais breve possível”. Além disso,  protocolou um requerimento na Câmara cobrando melhorias.

Bruno Zancheta ressaltou a importância da manutenção e agradeceu a CPFL e a Secretaria Municipal de Serviços Públicos pela pronta atenção dedicada à resolução dos problemas. Para o vereador, o atendimento da justa reivindicação foi uma vitória da população e da intermediação feita por seu mandato. 

“Os serviços de infraestrutura são essenciais e sua manutenção deve ser permanente, especialmente no que se refere à iluminação pública, item também relacionado com a segurança pública”, concluiu.

Publicado em Política

Nosso Facebook

Calendário de Notícias

« Fevereiro 2021 »
Seg. Ter Qua Qui Sex Sáb. Dom
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28

Comércio e Serviços em Geral